10 dicas para tirar fotos de seu animal de estimação

Quantas vezes seu bichinho de estimação fez alguma coisa que você achou que era tão genial e que merecia ser registrada, mas, na hora de tirar a foto, ele se moveu, o momento foi perdido e aquela atitude acabou não sendo eternizada? Se você quiser obter as melhores imagens de seu cachorro ou de se gato vamos lhe dar dez conselhos indispensáveis para imortalizar seu animal de estimação.

Fique relaxado antes de tirar as fotos de seu animal de estimação

Os animais de estimação costumam ser muito sensíveis. Se percebem que o dono está tenso ou nervoso, certamente reagirão da mesma maneira.

E não apenas será mais difícil que consiga obter a fotografia que está tentando, mas a sua ansiedade será refletida na imagem. Dessa forma, tente relaxar, respire fundo e divirta-se juntamente com o seu amigo.

Livre-se dos elementos extras

cockerspanielbr

Faça uma vistoria no local escolhido para a sessão fotográfica.

Se perceber que existem revistas, xícaras de café, algum papel ou mesmo se estiver no jardim com elementos como mangueiras ou caixotes, veja se eles realmente precisam fazer parte da composição da fotografia.

Caso a resposta seja negativa, é recomendável que antes de você chamar o modelo, deixe a região livre desses objetos.

Se isso não for feito, durante a sessão seu amiguinho pode ficar distraído ou simplesmente ir embora.

Concentre-se em seus olhos e suas expressões

Os olhos são a parte mais expressiva do rosto de um animal.

Ainda que a posição da boca possa acentuar as expressões, é na região dos olhos onde realmente será capturada a essência de seu amigo.

Como você já o conhece há muito tempo, aprenda a perceber quando ele está fazendo uma expressão digna de ser registrada.

Fotografe em seu nível

Apesar de ser possível tirar as fotografias de cima para baixo fazendo com que seu animal de estimação pareça ótimo, não há nada melhor do que fazer as imagens no mesmo nível de seus olhos.

Dessa forma, trate de manter a câmera na altura da cabeça do animal. Evidentemente, o nível dos olhos de um Dogue Alemão não é o mesmo de um Chihuahua ou de um gato Persa em uma árvore. Logo, prepare-se para fazer algum exercício.

Faça aquecimento antes

Para conseguir alguns ângulos incríveis você perceberá que, em muitas ocasiões, precisará deitar no chão, ajoelhar-se, agachar-se ou, até mesmo, rolar.

É por isso que sugerimos que antes de começar a disparar seus cliques, você faça um aquecimento, talvez algumas flexões, para que fique mais fácil atingir a posição desejável no menor tempo possível, uma vez que o modelo normalmente é inquieto e se desespera com facilidade.

Busque os lugares com a melhor iluminação

A iluminação é essencial para a fotografia, especialmente quando se trata de animais.

Não se esqueça de que são os olhos a parte de maior expressão de seu pequeno amigo e capturar luzes piscando dão um toque genial às fotografias.

Tente não fazê-las em locais muito escuros, pois seu animal de estimação perderá todo o encanto diante da lente.

Procure por um lugar onde a luz seja brilhante, porém, que também esteja turva para criar sombras e profundidade no cenário.

Crie um conceito e planeje o que você quer

fotocachorro2

A maioria das fotos com os animais de estimação têm um conceito. Pode ser uma sessão na cozinha, no jardim ou, quem sabe, com motivos natalinos.

Uma vez que tenha escolhido o conceito, planeje o que deseja fazer em sua cabeça e deixe que teu amigo vá guiando.

Pague seu modelo

Para conservar o interesse e a atenção de seu amigo será necessário premiá-lo durante a sessão. Os cachorros podem receber algum brinquedo ou, talvez, alguma carícia.

Para os gatos, quem sabe, uma pena para que brinquem, algo para comer ou mesmo seu pano favorito. Afinal, ninguém conhece seu amigo como você.

Fotografe em silêncio

Se ficar dando ordens, será muito provável que seu cachorro se desoriente e a sessão termine mal.

Os gatos simplesmente podem ficar cansados e irem embora. Assim, trate de fotografar em silêncio.

Use suas mãos ou alguns objetos para atrair a atenção de seu amigo. Se for necessário dar algumas ordens, faça-o de maneira suave e não fique repetindo muitas vezes.

Mova-se lentamente

A menos que esteja fazendo uma foto reportagem para alguma revista sobre fauna selvagem, não será necessário correr ou saltar.

Aprenda a se mover lentamente em torno de seu animal de estimação enquanto o estiver fotografando.

Isso é essencial, sobretudo em relação aos gatos, uma vez que o menor movimento ou um ruído estranho pode mudar radicalmente a posição de suas orelhas ou a direção de seus olhos.

Se você se mover, seguramente seu amigo irá lhe seguir. Caso você não queira que ele mude de posição, mova-se muito lentamente e evite contato com seus olhos.