10 passos para combater a diarreia nos cachorros

A diarreia nos cachorros é um problema bastante comum, apesar dos nossos cuidados. A maioria dos casos dessa doença não é grave e pode ser resolvida com um tratamento adequado em casa.

Adotando as medidas apropriadas, poderemos ajudar a resolver os episódios simples do problema que não apresentem complicações, sem ter que recorrer a uma clínica veterinária.

Se o nosso animal de estimação já tem diarreia, existem algumas regras muito simples que irão nos ajudar:

O jejum

A presença de comida nos intestinos causa contrações na parede intestinal para empurrar o alimento. Porém, se o cachorro tem diarreia, essas contrações poder ser muito fortes e a comida vai sendo empurrada muito rápido, na forma de diarreia.

cão-doente

Um dos primeiros passos é o jejum e não dar comida ao nosso amigo de 12 a 24 horas, para que a parede intestinal, que está muito sensível, se acalme e volte a agir de forma normal.

Água abundante

No período do jejum, é importante permitir que o animal tenha acesso permanente à água fresca e potável. Dessa forma, bebendo a quantidade adequada, o risco de desidratação será menor.

Conselhos de dieta

O período do jejum terminará com os alimentos leves, suaves para o seu estômago e fáceis de serem digeridos. A dieta não deve incluir alimentos gordurosos, nem carne vermelha. Deve contar com frango e arroz branco fervido, massa ou purê de batata. Não é bom dar leite e produtos lácteos ao cachorro, entre outras coisas, porque muitos cães têm intolerância à lactose, o que pode acentuar a sua diarreia.

Indicações do veterinário

Se percebermos que nosso amigo não está tendo uma boa resposta à comida leve que preparamos em casa, o ideal a ser feito será pedir ao veterinário uma comida para cachorros, vendida sob prescrição médica, para curar o estômago. Está comprovado que determinadas dietas aceleram o tempo de recuperação da diarreia.

Porções racionadas

As pequenas porções podem fazer com que os intestinos experimentem uma menor estimulação para provocar espasmos. Quando o nosso cão terminar o seu jejum, lhe daremos a mesma quantidade de comida que consome na sua dieta normal por dia, mas dividida em quatro porções menores. Isso evitará que a diarreia volte a ocorrer.

De volta à normalidade, pouco a pouco

Uma vez que a diarreia de nosso cachorro tenha passado completamente, é preciso voltar à sua dieta normal. Não lhe daremos de imediato a sua comida de costume, já que os intestinos precisam de tempo para se curar. Empregaremos uma dieta leve por pelo menos 48 horas, para nos assegurarmos de que a diarreia tenha passado. Depois iremos combinando a dieta leve com a sua comida habitual.

Probióticos para a diarreia de cachorros

Os probióticos são alimentos repletos de bactérias que ajudam a digestão e aceleram a recuperação depois da diarreia. As bactérias úteis podem ser eliminadas do organismo do cachorro durante a defecação promovida pela doença. Por isso, leva um tempo para que a quantidade dessas bactérias volte a aumentar e para que a digestão alcance sua maior eficiência.

Um suplemento à base de probióticos incrementará a quantidade de bactérias benéficas. No geral, os probióticos devem ser misturados à comida do cachorro uma vez ao dia, a cada cinco dias. Porém, serão os probióticos específicos para eles, não para humanos, pois as bactérias naturais nos intestinos de um cão são diferentes das encontradas nos intestinos humanos.

cão-triste

No geral, devemos evitar os remédios humanos

A diarreia nos cachorros se curará com ingredientes naturais. Administrar um medicamento que reduz o movimento intestinal pode ocultar um problema grave que descobriríamos mais tarde. Caso os sintomas iniciais não desapareçam em dois ou três dias, o melhor a ser feito será procurar um veterinário.

Investigar se comeu algo perigoso

Em muitos casos, a diarreia acontece porque o animal ingeriu algo que não devia, e quando seu corpo o elimina, melhorará. Se descobrirmos que tomou algum tipo de veneno, produto tóxico, de limpeza doméstica, etc., é imprescindível levá-lo ao veterinário.

A diarreia nos cachorros provoca febre em muitas ocasiões

A febre, da mesma forma que acontece nas pessoas, é sintoma de algum tipo de infecção. Para tirar a temperatura de seu animal de estimação, podemos fazer com que alguém o levante colocando seu braço debaixo de seu estômago e colocando as patas traseiras do cachorro contra o seu peito. Depois, poremos a outra mão, com firmeza, debaixo da mandíbula do cachorro.