4 conselhos para donos de cães idosos

cão idoso

Uma das maiores preocupações de qualquer dono acontece quando seu animal de estimação é um cão idoso, já que nesta etapa de sua vida se requer mais precauções para que o estado de saúde do animal seja o mais adequado possível.

A partir deste fato, compartilharemos no artigo a seguir uma série de conselhos que lhe serão de muita ajuda se você tem um cão idoso ou que já tenha uma idade avançada. Estes são os mais importantes.

É fundamental levar um cão idoso ao veterinário regularmente

cão idoso

Da mesma forma que acontece conosco, um cão idoso também deve visitar o médico para que possa se determinar a forma como ele está envelhecendo, o que é extremamente importante para poder prevenir e combater as enfermidades, já que o estado de saúde dele em uma idade avançada é mais delicado de que quando era jovem.

Uma vez que os cães se encontrem com um especialista, ele realizará uma série de exames para avaliar as funções hepáticas e renais, o pâncreas e o estado hormonal.

Também serão feitos exames de sangue para poder avaliar o número de glóbulos brancos e vermelhos, além de uma radiografia de tórax para se certificar que os pulmões estão livres de massa e que o coração está com o tamanho normal, já que quando o coração aumenta de volume, pode ser extremamente perigoso.

É importante assinalar que os cães grandes se tornam idosos muito mais rápido do que os pequenos, portanto é importante levá-los a um veterinário para que ele te diga como está a saúde de seu animal de estimação durante seu processo de envelhecimento.

Cuide de sua higiene

Embora os cuidados de higiene de nossos pequenos amigos não digam respeito à idade, estes hábitos costumam mudar um pouco quando eles se tornam idosos, ainda que a regularidade e a frequência de muitos hábitos sejam similares. No que diz respeito a temperatura é mais imprescindível do que nunca que você esteja atento para que ele não passe frio, já que quando estão idosos eles são mais suscetíveis às baixas temperaturas.

É por isso que o melhor que você poderá fazer é dar banho nele em dias que haja muito sol e secá-lo imediatamente para prevenir doenças respiratórias, já que quando os cães estão com uma idade avançada, o sistema imunológico deles se encontra mais debilitado do que nunca.

Também, deverá ir a um veterinário para que ele te diga qual é o melhor xampu e pasta dental a usar, já que um cão idoso tende a desenvolver problemas tanto na pele como nos dentes.

Forneça uma boa dieta para o seu cão idoso

Essa é outra das maiores similaridades que existem entre os cães e os humanos, já que assim como nós, os cães quando envelhecem precisam ter uma alimentação saudável para evitar qualquer tipo de complicação.

Para isso, é importante oferecer a um cão idoso uma dieta rica em vitaminas e baixa em calorias, para assim prevenir problemas relacionados com a obesidade, dando ênfase aos alimentos que sejam macios para que os cães os possam mastigar facilmente e para que não machuquem as gengivas ou quebrem os dentes.

É imprescindível que um cão idoso consuma comidas que contenham uma boa quantidade de proteínas, assim como outros suplementos, como a glucosamina, que melhora o estado de suas articulações.

Além de tudo o que foi mencionado, é recomendável ir ao veterinário também para que ele determine a dieta que melhor se adequará às características de seu cão.

O exercício: essencial para os cães idosos

cão idoso

Embora muitos pensem que com o passar do tempo a atividade física se torna menos recomendável, uma das melhores coisas que você poderá fazer para o seu pequeno amigo de quatro patas é estimular o exercício, já que isso trará uma série de benefícios importantes para sua saúde, ainda que seu animal já esteja em uma idade avançada.

Embora o seu cão não possa mais fazer os exercícios com a mesma intensidade de quando ele era jovem, você poderá organizar junto com o seu veterinário um plano diário de exercícios moderados e rápidos, que inclua caminhada ou natação, que são atividades que farão com que o seu animal de estimação desenvolva um bom estado de saúde e se mantenha em boa forma, o que é essencial para que ele possa viver sem problemas durante esta etapa delicada da vida.

Esses são alguns dos benefícios que os exercícios trarão ao seu animal de estimação:

  • Melhorará suas articulações;
  • Fortalecerá os ossos e os músculos;
  • Desenvolverá o potencial do metabolismo aeróbico;
  • Ajudará com que ele adquira agilidade em seus movimentos;
  • Melhorará o estado cardiovascular e pulmonar de seu peludo.

Seguindo cada um destes conselhos, seu pequeno velho amigo viverá esta fase de sua vida quase como se fosse um jovem.