5 benefícios de se adestrar um cão

Quando um cão chega às nossas vidas nos sentimos felizes e, em seguida, o aceitamos como mais um membro da família. Mas, igual ao que ocorre com os humanos, a convivência nem sempre é fácil. Como as pessoas, os animais de estimação também devem se adaptar às regras de convivência. Por isso eles devem ser adestrados.

Tenha em mente que adotar um animal implica em uma responsabilidade que você está adquirindo de forma absolutamente voluntária.

Você deverá velar por sua saúde, alimentação, tratá-lo bem e, dentre tantas outras coisas, também pela sua educação.

Você pode contratar os serviços de um adestrador, mas o ideal é que você mesmo faça isso. Assim, você poupará dinheiro e também aprenderá muito sobre seu cão, além de estreitar os laços de afeto entre vocês.

Quais são os 5 benefícios de se adestrar um cão?

O adestramento

Como animais de grupo que são, os cães estão capacitados para reconhecer, aceitar e seguir um líder. O problema surge quando eles não recebem sinais claros dos integrantes humanos de seu clã e ele próprio se elege como chefe.

A primeira coisa que você tem que conseguir – então – é que seu cão reconheça você como líder do grupo.

Isto significa que ele tem que entender que você é o protetor da família e que, portanto, deve respeitar você e obedecer a você.

A partir disso, tudo será mais simples e você começará a notar os benefícios da educação que você está dando a ele. Contaremos a você alguns deles:

  1. Corrigirá seus comportamentos

Constitui-se, obviamente, como o objetivo prioritário e mais urgente. Assim, começarão a desaparecer a desobediência, a agressividade, os maus comportamentos, a ansiedade e o estresse.

Pouco a pouco e, passo a passo, ele aprenderá a responder ao seu chamado e, a parar, sentar, ou saltar quando solicitado e a se comportar como um cavalheiro quando você recebe visitas.

  1. Melhorará o vínculo afetivo

Ao contrário do que muitos pensam, adestrar e pôr limites não distanciará você de seu querido animal.

Pelo contrário: quanto mais ele respeitar você como líder, mais estreitos serão os vínculos emocionais, porque ele terá bem claro que você é quem o garante proteção, alimento e carinho – três coisas que um cão considera fundamentais.

  1. Aprenderá a “ser um cão”

É sempre bom deixar de olhar um pouco para o próprio umbigo e tentar se colocar no lugar dos outros. É a única forma de entender os comportamentos, motivações e pensamentos. Na sua relação com o seu cão, isto não é diferente.

É importante também saber o que é necessário fazer e como lidar com cada uma das atitudes e reações de seu cão.

Isso não significa que você deverá agir como um cachorro, porque isso de nada servirá, mas sim tentar decifrar seus mecanismos de aprendizagem e seus padrões de comportamento para encarar sua educação a partir destes parâmetros.

  1. Ele conseguirá se comunicar com você de forma efetiva

Por uma razão clara, como a diferença de idiomas e de espécies, é muito provável que não entendamos o que nosso cão quer nos dizer. E ele também sente o mesmo em relação a nós.

Ele não consegue decifrar o que estamos pedindo. O adestramento removerá estas diferenças “idiomáticas”.

Além disto, os cães têm uma linguagem corporal – falam muito com a cauda e com as orelhas – seria importante se tentássemos interpretar isso para melhorar ainda mais a nossa comunicação com os os animais de estimação.

  1. Conseguirá que toda a família conviva feliz

O fato de entender seu cão e, ele entender você, resultará em uma relação mais feliz para os dois e também para o grupo familiar. Em síntese, a convivência se tornará mais fluída.

Conselhos para a hora de educar ao seu cão

Como educar um cão

É importante que você considere que nenhum cão nasce treinado e que, por tal motivo, você deverá ter muita paciência com o seu fiel amigo.

Saiba que se você tentar educá-lo com violência, só conseguirá intimidá-lo ou fazer com que ele tenha reações agressivas.

Além disto, cada cão é um mundo, como nós. E isto não tem nada a ver com a raça, mas sim com a personalidade. Por isso, com calma e integridade você poderá adestrar seu cão e fazer dele um cão obediente.

E começarão a desaparecer os rosnados, as fezes fora do lugar e os chinelos comidos, para dar lugar a um animal tranquilo e saudável que não terá perdido nem sua ternura e nem sua vontade de brincar, para a alegria de toda a família.