5 coisas que os cachorros não gostam

Os cães e os homens convivem há muitos séculos. Contudo, não se pode esquecer que somos de espécies distintas. Por esse motivo, se quisermos nos dar bem com eles, temos que tratar de interpretar as diferentes formas que utilizam para se comunicar. Além disso, é preciso aceitar que o que pode ser maravilhoso para nós pode não ser para eles, e vice-versa. Por isso, hoje, vamos contar a você sobre algumas coisas que o cachorro não gosta e sobre as quais, talvez, você não tinha sido advertido.

Aprenda a reconhecer as coisas que o cachorro não gosta

Além das formas sonoras, onde o latido é a mais característica, os bichinhos possuem uma vasta linguagem corporal. Essa está centrada, sobretudo, nos movimentos do rabo e das orelhas.

Decodificar corretamente esses sinais é fundamental para saber o que acontece com o seu cão. Serve para saber se ele tem medo, se está irritado ou feliz, etc.

Consulte o veterinário ou um especialista em comportamento animal para que ele lhe ajude a compreender o que o seu animal de estimação tenta dizer a você. Enquanto isso, iremos detalhar uma série de coisas que os cães não gostam.

Conheça algumas coisas que o seu bichinho detesta e sobre as quais você não havia sido alertado.

1-Os abraços e outras formas que você utiliza para mimá-lo

os-caes-odeiam-os-abracos

Ainda que o abraço seja uma forma que, nós, humanos, escolhemos para demonstrar afeto, seu amigo de quatro patas não acha a mesma coisa. É preciso saber que essa manifestação de carinho o imobiliza. O seu bichinho o considera um ato de dominação.

É muito provável que, se você o observar bem, notará que durante o abraço o animal mostra sinais de incômodo. Por exemplo:

  • Afasta a cabeça.
  • Evita o contato com os seus olhos.
  • Lambe o focinho.
  • Inclina suas orelhas para trás.

Por outro lado, se você se acostuma a dar palmadinhas na cabecinha dele ou a acariciar o rosto dele, com certeza, você terá notado que o seu animal de estimação fecha os olhos e abaixa a cabeça. Esses são sinais de submissão.

2-Carência de regras claras

Toda a boa convivência requer regras básicas de educação e de comportamento. Isso vale tanto para cães quanto para pessoas. Mas, se essas normas não são de todo claras ou, o que é pior, resultam contraditórias, seu cachorro se confundirá e não saberá como se comportar.

Assim, não o culpe se a raiz desse tema está em algum problema de comportamento. Melhor, fique de acordo com você mesmo e com o resto da sua família. Se um dia você permite a ele subir na cama e no outro dia você o proíbe disso, seu animal de estimação ficará, no mínimo, confuso.

3-Que você não o deixe explorar

O momento do passeio é um dos preferidos para os bichinhos. Mas, se você o limita a caminhar só um pouquinho e fazer as necessidades dele, o seu cachorro não estará totalmente feliz. Como você sabe, os cães adoram explorar o entorno. Para isso, uma de suas ferramentas mais valiosas é o olfato.

Então, é muito importante que você permita que ele coloque o nariz em contato com diferentes lugares, ainda que, para você, isso pareça algo feio e que tenha um cheiro horrível. Como dissemos a você: que o ser humano e o cão se deem bem não significa que tenham os mesmos gostos. Sem ir além: um perfume que a você pode parecer excelente, é muito provável que para um cão pareça, honestamente, insuportável.

4-Que não preste atenção suficiente nele

Quando decidimos que um animal de estimação começa a fazer parte de nossas vidas, devemos estar conscientes da responsabilidade que assumimos. Mas, além de comprarmos a melhor comida para ele ou a cama mais confortável, o seu bichinho quer que o mime e que brinque com ele.

Por esse motivo, entre outras coisas que o cachorro não gosta, encontra-se o fato de não prestar a devida atenção nele. Um cão que se entendia pode começar a quebrar diferentes objetos da casa ou a fazer as necessidades dele em diferentes lugares inconvenientes. Se isso acontece, ao invés de desafiá-lo, revise o que é que você está fazendo de errado com o seu animal de estimação.

5-Quando você o trata como um humano

cao-no-inverno

O pior que você pode fazer a seu bichinho é deixar de tratá-lo como ele é: um cachorro. Se você humaniza o seu amigo de quatro patas, pode provocar nele diferentes problemas de comportamento ou de saúde. Por isso, é importante respeitar a natureza do seu cão.

Entre as muitas formas de humanizar os animais de estimação, está a de vesti-los na moda. Inclusive, existe todo um negócio organizado ao redor dessa confusão. Mas, para os cachorros, não interessa exibir designs exclusivos nem carregar acessórios caros. A única coisa que você consegue com isso é incomodá-los ou gerar neles problemas de pele. Lembre-se de que os bichinhos apenas devem usar algum tipo de adereço para que estejam protegidos do frio e da chuva.