5 coisas que os cachorros percebem nos humanos

Menino beijando cachorro

Durante várias décadas, os cientistas têm estudado a cognição social nos cães, que procura entender como os cães leem os sinais comportamentais dos humanos. Nós, seres humanos, fazemos isso de forma automática. Basta olhar para uma pessoa e podemos intuir o que é que está acontecendo com ela.

Todos os mamíferos sociais têm evoluído de maneiras muito diferentes na leitura enviada por seus membros do grupo, geralmente da mesma espécie.

No entanto, vários estudos recentes mostram que os cães são surpreendentemente bons na leitura de certos tipos de sinais sociais que os seres humanos emitem.

O que os cães percebem nos humanos?

Mulher dormindo com cão

Solidão: Os cachorros podem sentir quando as pessoas se sentem solitárias. É muito provável que um cão, quando percebe que seu dono esteja com esse estado de ânimo, tente incentivá-lo a sair e se deite sobre os seus pés esperando um carinho, um mimo ou o mínimo de atenção.

Nesse sentido, os pequenos peludos podem ser grandes companheiros para levantar o seu ânimo. Por isso, podem ser muito recomendados como animais de apoio emocional e como uma companhia para os adultos ou crianças.

Ansiedade e estresse: Um cão pode perceber muito bem quando seu dono está ansioso e pode até mesmo entrar nesse estado de espírito. Provavelmente, o cachorro vai latir ou sentir-se inquieto.

Talvez ele queira sair para a rua, corra dentro de casa ou arranhe alguns móveis. Nesses casos, é melhor que o dono e o cão saiam para passear e se distraiam um pouco. Caso contrário, a convivência pode se tornar um pouco difícil.

Doenças: São vários os estudos que têm mostrado que os cães podem detectar certas doenças, até mesmo o câncer.

Como mencionamos, entre cães e donos, pode existir uma ligação muito forte. Por isso, não se surpreenda se esses pequenos alertarem sobre algum problema de saúde, tanto físico quanto emocional.

Cansaço: Nos momentos em que chegamos em casa cansados ou sem vontade para fazer nada. Esta situação de fadiga, que o seu cão vai perceber quando você atravessar a porta de sua casa, será difícil para ele.

Lembre-se que este tipo de animal de estimação precisa da atenção de seus donos. Portanto, se o dono não pode saciar essa ansiedade, especialmente se o animal não tem cumprido com sua rotina de treinos ou de passeios, a situação pode levar a uma série de latidos incontroláveis.

Nesse sentido, o melhor é relaxar, sentar em uma cadeira e, se você tiver espaço em casa, peguar um de seus brinquedos e jogar para que ele possa buscar.

Felicidade: Os cães também podem perceber estados de ânimos positivos, como a alegria de seus donos. Quando isso acontecer, não se esqueça de desfrutar o máximo desse tempo com seu animal de estimação e aproveitar o dia para caminhar ou brincar em família.

Por quê os cães podem perceber o que os humanos sentem?

Idosa e cãosinho

A pergunta que muitas pessoas se fazem é: De onde é que os cães receberam esse dom? A primeira suposição, segundo os pesquisadores, poderia ser que, como os cães são descendentes dos lobos, a capacidade de compreender os sinais sociais evoluiu a medida em que eles iam aprendendo a caçar.

Se assim for, pode-se imaginar que os lobos são melhores em ler os sinais do que os cães. No entanto, alguns estudos indicam o contrário.

A seguinte conjectura poderia ser que os cães aprendem a ler a linguagem corporal humana graças ao tempo que passam com as pessoas.

Isso sugeriria que os filhotes, especialmente aqueles que ainda vivem com seus irmãos e que ainda não foram adotados, devem ser menos capazes em capturar sinais humanos. No entanto, esta hipótese não está correta.

Os filhotes que ainda têm até nove semanas de idade e ainda estão vivendo com suas mães e os irmãos de ninhada, podem entender melhor os sinais do que os lobos e chimpanzés.

Mas, então… De onde vem a capacidade dos cães para ler os sinais dos humanos? Muitas teorias afirmam que é simplesmente um subproduto da domesticação. No entanto, posições sobre o assunto são encontradas e ainda não se tem uma explicação exata sobre o assunto.