5 conselhos para controlar um cão hiperativo

cão hiperativo

A um cão hiperativo é óbvio que sobra energia. Por isso, antes de o qualificar como destrutivo, bagunceiro e desobediente, é necessário procurar uma forma de fazê-lo gastar, da maneira mais adequada possível, toda essa energia. Assim, continue lendo este artigo antes que alguém diagnostique o seu cão como doente e tente medicá-lo para mascarar o problema, como alguns pais aceitam que façam com seus filhos hiperativos.

Causas da hiperatividade nos cães

Ainda que qualquer cão possa ser hiperativo, há algumas raças particularmente dotadas com grandes doses de energia. O assunto também envolve o metabolismo dos cães. A maioria são animais que foram utilizados em atividades como:

cão hiperativo

  • Pastoreio de ovelhas;
  • Acompanhamento de carruagens;
  • Caça;
  • Rastreamento;
  • Puxar trenós.

Agora, imagine um destes peludos passando boa parte do dia sozinho, em um pequeno apartamento e esperando com ânsia a hora do passeio e da brincadeira. Não tem uma certa lógica que um cão procure canalizar sua energia com a primeira  coisa que ele encontre no caminho? Seja um sapato ou uma poltrona…

Por isso é importante que antes de decidir incorporar um cão a sua família, escolha um que, literalmente, possa seguir o seu ritmo. Isso evitará surpresas desagradáveis e que passe pela sua cabeça ideias como a dar de presente o seu cão ou, ainda pior, o abandonar.

Se você tem um cão hiperativo, deve procurar alternativas para que ele possa canalizar sua energia excedente. Daremos a você algumas opções.

Raças de cães com mais energia

A responsabilidade é a regra de ouro quando adotamos ou adquirimos um animal de estimação. Por isso, para o nosso bem e do animalzinho, devemos escolher, além de com o coração, pensando na disponibilidade de tempo, espaço e no nível de atividade física que podemos dedicar ao nosso peludo.

Devemos levar em conta então que, entre as raças de cães que têm mais energia, se destacam:

  • Dálmatas;
  • Beagles;
  • Cockers;
  • Border Collies;
  • Jack Russells;
  • Boxers;
  • Retrievers.

Devemos assinalar também que questões como o clima, algumas doenças e os níveis nutricionais podem incidir na hiperatividade de um cão. Assim, consulte um veterinário que mereça a sua confiança para que ele esclareça todas as suas dúvidas sobre o assunto.

O que fazer se você tem um cão hiperativo

Agora, se um cão hiperativo já faz parte de sua vida, mãos à obra para que toda essa energia que o seu cão tem para gastar seja utilizada da melhor maneira possível. Aqui deixaremos a você alguns conselhos:

1-Longas caminhadas

Nada de um passeio rápido para que ele faça suas necessidades e pronto. Um longo percurso deixará dono e cão relaxados e felizes.

2-Brincadeiras e mais brincadeiras

Dentro e fora de casa, que estimulem o olfato, a inteligência ou simplesmente que sejam divertidas para o seu cão como ir pegar uma bola várias vezes.

3-Treine-o para, por exemplo, competições de agility.

É um esporte que lhe permite correr, saltar, escalar, se divertir e, sobretudo, queimar a energia que sobra.

4-Se exercite junto com o seu cão

Saia para correr. Ou o leve a algum parque onde ele possa andar livremente e interagir com seus congêneres.

5-Muitos brinquedos

As opções são diversas e você pode comprá-los ou, até mesmo, fazê-los. Os brinquedos manterão o seu cão distraído e ocupado.

A culpa não é do peludo, o ajude a canalizar sua energia excedente

cão hiperativo

Se falta a você tempo ou forças para acompanhar o seu cão em algumas dessas atividades para que ele gaste sua energia, peça ajuda aos seus familiares ou amigos. Se o seu orçamento permitir, contrate um bom passeador ou o coloque em alguma escola onde o treinem para diferentes competições esportivas para cães.

A verdade é que um peludo que não consegue canalizar devidamente a energia excedente, se entedia. Se você não lhe oferecer o estímulo necessário, começarão os problemas de comportamento.

Mas lembre-se que a culpa não é sua. No mundo moderno, os cães já não puxam mais trenós ou cuidam de rebanhos, portanto procure atividades alternativas para toda essa energia deles que continua ali, intacta.