5 segredos que seu cão nunca te dirá sobre sua saúde

A saúde do seu cão

Como seu peludo não fala, ao menos da mesma maneira que os humanos fazem, é bom que você aprenda a detectar de maneira precoce possíveis sinais de doenças.

Também é importante que você saiba alguns detalhes sobre os peludos, para assim evitar inconvenientes devido ao desconhecimento.

Contaremos a seguir alguns segredos que seu cão nunca te dirá sobre sua saúde, mas que com um bom olho e muita atenção, você poderá descobrir.

Os cães e a dor

Os cães têm maior resistência do que as pessoas para a dor. Por isso, quando eles começam a se queixar é porque já estão com muita dor.

Para evitar chegar a este ponto, detalharemos algumas questões que você pode levar em conta para entender o que se passa e correr para o veterinário antes que a situação possa se complicar ainda mais. Dê atenção a:

  • Mudanças em sua rotina. Por exemplo, que ele não vá a te cumprimentar quando você chega em casa;
  • Modificação em seus hábitos de ingestão de comida e de água;
  • Aumento das horas de sono;
  • Que queira permanecer no escuro;
  • Diminuição da atividade;
  • Agressividade.

Ante estas circunstâncias, o ideal é que você apalpe seu cão até encontrar a zona de seu corpo onde poderá chegar a localizar alguma dor.  

Alguns segredos que seu cão nunca te dirá sobre sua saúde

Cachorro comendo

Para cuidar da saúde de seu peludo, considere os seguintes pontos:

Alimentação

Lembre-se de dar ao seu amigo de quatro patas a quantidade de comida específica de acordo com o seu tamanho. Os cães não costumam ter limites na hora de se alimentarem e comerão tudo o que você lhes der. Daí a surgirem certos problemas digestivos, a obesidade e suas consequências, é apenas um passo.

Cansaço

Se seu amigo de quatro patas já não tem tanta vontade de passear e de brincar não pense que é porque ele se está ficando velho ou porque se tornou preguiçoso.

Há muitas patologias que têm o cansaço como sinal. Entre elas:

  • Hipotireoidismo;
  • Doença de Cushing;
  • Diabetes;
  • Desnutrição;
  • Anemia;
  • Artrite óssea;
  • Problemas de coração;
  • Câncer.

Perda de visão e audição

Se se derem de forma gradual, serão difíceis de serem detectados, já que os animais de estimação costumam se adaptar às novas circunstâncias.

Observe com atenção e consulte o veterinário sobre como proceder quando seu cão começar a ter dificuldades visuais e auditivas.

Insolação

Na hora dos passeios e brincadeiras ao ar livre, quando seu peludo ofegar muito e começar a caminhar lentamente, é o momento de parar, procurar uma sombra e hidratá-lo. Ele está a ponto de ter uma insolação, embora ele continuará adiante em seu caminho se você não se der conta de que deve parar.

Leve em conta que os melhores momentos para passear com seu cão são os que não apresentam temperaturas extremas. Além disso, se o deixar em um quintal, jardim ou terraço, se assegure de que tenha lugares tanto de sol como de sombra.

Queimaduras nas almofadinhas das patas

Também, em épocas de elevada temperatura, os cães podem sofrer queimaduras nas almofadinhas de suas patas por caminharem sobre o asfalto ou sobre a calçada quente.

Considere que eles continuarão a caminhada de qualquer forma. Assim, dê a devida atenção para evitar estas lesões, já que elas são muito dolorosas e não se curam com facilidade.

A observação é a melhor aliada para cuidar da saúde de seu pet

Contaremos outros pontos que podem ser checados cotidianamente para confirmar que seu cão está saudável.

Olhos

Os olhos devem estar limpos e brilhantes. Consulte o veterinário se eles lacrimejarem ou apresentarem:

  • Secreções;
  • Manchas;
  • Vermelhidão.

Nariz

Cachorro dormindo

Lembre-se que embora o nariz de um cão já é idealmente úmido, a secura pode ser devido a alguns fatores que não têm a ver com um problema de saúde. Mas dedique atenção se, além disso, o focinho de seu peludo sofre:

  • Despigmentação;
  • Secreções;
  • Rachaduras;
  • Inchaço.

Pele

A pele de um cão saudável é macia, limpa e flexível. Cheque-a cotidianamente para detectar:

  • Desidratação;
  • Alergias e outras manifestações dermatológicas;
  • Presença de parasitas;
  • Nódulos e protuberâncias.

Além disso, um cão saudável tem:

  • O pelo suave e brilhante;
  • Bom hálito;
  • Dentes brancos e limpos;
  • Gengivas rosadas;
  • Orelhas limpas e sem mau cheiro.

Você já conhecia estes segredos? Esperamos que eles lhe sirvam para cuidar e manter saudável o seu melhor amigo.