7 acidentes domésticos que podem ser perigosos para um cachorro

Ainda que você pense que o seu lar é o mais seguro para o seu cachorro, se você não tomar as preocupações necessárias, ele pode ficar exposto a diversos tipos de perigos. A seguir, falaremos sobre os acidentes domésticos mais comuns que os animais de estimação sofrem em uma casa.

Proteja seu cachorro dos acidentes domésticos

brincadeira-para-cães

Os amigos peludos, sobretudo quando são filhotes, costumam ser muito curiosos e inquietos e encontram-se sempre ávidos para explorar os segredos escondidos nos diferentes cantos de sua casa.

E embora os acidentes domésticos possam ocorrer em qualquer lugar de sua casa, a cozinha e o jardim parecem ser os espaços mais propensos para que ocorram esses infelizes acontecimentos.

Por isso, é importante que você tente prevenir essas situações, além de tomar o máximo de cuidado possível, já que podem chegar a pôr em risco a vida de seu animal de estimação. Preste muita atenção.

 A sua casa pode ser um lugar onde seu cachorro poderá sofrer diversos tipos de acidentes se você não tomar as precauções necessárias.

1 -Intoxicações

Entre os acidentes domésticos mais comuns e perigosos se destacam as intoxicações, que podem ter diversas origens. Por exemplo:

  • Pela ingestão de determinados alimentos que não formam parte da dieta do cachorro e que acabam provocando neles, geralmente, quadros de gastroenterite. Os cãezinhos são especialistas em revirar cestos de lixo ou armários que não estão bem fechados. Dessa forma, a cozinha se transforma em uma fonte de comida prejudicial para os cachorros. Alguns exemplos: chocolate, cebola, ossos, etc.
  • Pela ingestão de objetos que são fabricados com substâncias nocivas.
  • Pela ingestão de plantas venenosas que podem estar em seu jardim. É o caso da hortênsia, oleandro, o rododendro e a flor bico-de-papagaio, também conhecida como rabo-de-arara.
  • Por pesticidas que são utilizados para manter as pragas afastadas de seu jardim ou de seus vasos de flores.
  • Por produtos de limpeza, como água sanitária ou o sabão.
  • Por anticongelantes para carros. Essa substância chama a atenção dos bichinhos por causa de seu sabor doce e costuma ser letal se os animais intoxicados não forem tratados com bastante urgência.

2 -Ingestão de objetos que causam obstruções

Os cachorros costumam levar diferentes objetos à boca e mastigá-los. Se esses elementos forem pequenos ou se quebrarem com facilidade, os cachorros podem acabar engolindo-os totalmente ou em parte.  Isso acontece com alguns brinquedos, meias, sapatos, chupetas, ossos, pedaços de pau e, inclusive, celulares ou controles remotos. Se alguma dessas peças chegam a seus intestinos, podem gerar obstruções intestinais e até perfurações, se tiverem bordas afiadas.

3 -Asfixia

Esse ponto está relacionado ao anterior. Os mesmos elementos que obstruem os intestinos de seu bichinho também podem ficar entalados em sua garganta, provocando nele a asfixia.

4 -Choques elétricos

Os cachorros levam choques, geralmente, porque abocanham os cabos de eletricidade. Quando isso ocorre eles costumam sofrer graves queimaduras internas.

5 -Quedas

Um cachorro que tem livre acesso à varanda ou a um terraço sem proteção pode cair no vazio e sofrer graves fraturas, ou inclusive morrer por causa do impacto.

6 -Feridas

Um cachorro pode se ferir facilmente com diferentes elementos. Como por exemplo:

  • Tesouras que esquecemos sobre uma mesa.
  • Vidros quebrados que não recolhemos do chão.
  • Ferramentas que esquecemos no jardim.

7 -Queimaduras

Quando você está cozinhando ou preparando alguma comida quente para comer, não é conveniente que o bichinho esteja na cozinha. As substâncias podem se derramar sobre ele e provocar queimaduras bem graves.

Alguns conselhos para evitar que seu cachorro sofra acidentes domésticos

Para fazer com que seu bichinho não sofra acidentes em seu lar, preste atenção nestes conselhos:

Receitas de lanches caseiros para cães

  • Deixe fora do seu alcance alimentos nocivos e objetos que ele possa engolir.
  • Descubra quais plantas são venenosas para os cachorros e tire-as de seu jardim.
  • Feche bem os frascos e recipientes que contenham algum tipo de substância tóxica.
  • Proteja devidamente o terraço e a varanda.
  • Guarde objetos afiados e ferramentas.
  • Coloque os cabos detrás dos móveis, debaixo dos tapetes ou utilize algum tipo de protetor para os mesmos.

Porém, se lamentavelmente você não puder evitar o acidente com o seu cachorro, leve-o ao veterinário para um pronto atendimento. E se você acha que o bichinho se intoxicou com alguma substância, mas não pode determinar qual, recolha uma amostra de seu vômito para que o profissional possa descobrir.