7 coisas que você pode fazer para que seu gato seja muito feliz

muito feliz

Como donos de animais, queremos que eles se sintam à vontade, que estejam confortáveis e, é óbvio, que sejam felizes. No caso dos felinos, é mais difícil saber como se sentem, porque eles têm uma forma muito característica de se expressar. Por isso, neste artigo, contaremos o que você pode fazer para que seu gato seja muito feliz.

Dicas para que seu gato seja muito feliz em casa

Os cães balançam o rabo e pulam de alegria quando lhe veem chegar. Os gatos já costumam ser mais resistentes às demonstrações de afeto ou as expressam quando têm vontade. Por isso, o nosso papel como donos é o de lhes oferecer todo o necessário para que sejam felizes, embora não demonstrem isso com ardor.

1. Alimentá-lo bem

brincadeira-gato-por-comida

A dieta é fundamental para que um animal esteja saudável e forte. Também para que seu gato seja muito feliz. Mas, cuidado, porque em algumas ocasiões estamos acostumados a confundir demonstração de amor com superalimentação e o bichano começa a sofrer de obesidade. Ofereça uma ração de excelente qualidade e se assegure de que esteja de acordo com a idade dele ou outros requerimentos específicos. Não se esqueça de oferecer as quantidades conforme foram indicadas pelo veterinário.

2. Levá-lo ao veterinário

Ainda que seu animal de estimação passe o dia inteiro dentro de casa, ele poderá vir a adoecer. É importante então que ele seja examinado por um médico pelo menos duas vezes por ano. O gato tem que estar esterilizado para evitar filhotes não desejados e diminuir os riscos de vir a sofrer de HIV felino. Quando o levar para casa, não espere muito para lhe aplicar todas as vacinas e lembre-se de oferecer um tratamento adequado para evitar pulgas e carrapatos.

3. Mantê-lo limpo

Já sabemos que os gatos são os seres mais higiênicos do mundo. Entretanto, há alguns hábitos que os humanos podem desenvolver para ajudá-los a manter seu espaço ainda mais limpo. A caixa de areia ou bandeja sanitária deve permanecer livre de aromas e de dejetos. Os felinos são muito sensíveis aos cheiros e, muitas vezes, por não terem o recipiente em condições adequadas, fazem suas necessidades em qualquer outro lugar. Por isso, é fundamental limpar a areia uma vez por dia e a trocar semanalmente. Isso é importante para que seu gato seja muito feliz.

4. Acariciá-lo

Os gatos gostam muito de interagir com seus donos, mas com a condição que eles decidam o momento adequado. Se ele te procurar para que o acaricie… aproveite a oportunidade! As zonas “permitidas” são atrás das orelhas, debaixo do queixo e nas laterais do nariz. Não toque as patas e nem a cauda, porque isso o incomoda bastante. Se ele confiar muito em você, irá permitir que lhe coce a barriguinha. Lembre-se de que os gatos não gostam que o toquem por muito tempo. Se você vir que ele começa a mover a cauda de um lado para o outro, cesse o movimento.

5. Dê-lhe liberdade

Isto não quer dizer que você deve deixá-lo fazer o que quiser, mas sim que deve levar em conta que os gatos precisam de seu próprio espaço e de suas brincadeiras para serem felizes. Deixe que ele se entretenha sozinho, com algo que encontre, e estimule-o com objetos que você tenha à mão ou que comprou para ele. Com uma caixa de papelão, ele passará algumas horas. Se tiver espaço, você pode preparar para ele uma espécie de circuito, onde ele subirá e descerá por diferentes superfícies. Permita que ele olhe pela janela para observar os pássaros, as pessoas e tudo o que se move.

6. Acompanhá-lo

seu-gato

Embora os felinos tenham uma vida bem mais solitária e noturna, eles sempre procuram ter momentos para receber carinho e o calor de outros animais. Um gato doméstico que passa muitas horas só em casa pode ficar deprimido ou se entediar. Por isso, recomendamos que realize algumas de suas atividades com o seu bichano perto de você. Por exemplo, assistir televisão, ler ou ficar em frente ao computador. Deixe-o em seu colo e o acaricie de vez em quando… Ele se sentirá mais que feliz por esta interação!

7. Deixá-lo sair

No caso de você morar em um apartamento na cidade, possivelmente isto será mais complicado. Você pode permitir que ele saia na sacada ou no terraço, desde que ele não tenha por onde escapar ou pular. Se você possui um jardim ou quintal, isso será mais simples. Os gatos gostam muito de tirar uma soneca ao sol, deitados na grama, assim como também procuram algumas vezes um lugar com sombra e protegido da chuva. Você pode instalar uma porta especial para que ele entre e saia quando quiser.