7 dicas para seu cão não puxar a coleira

Puxar a coleira

Passear com seu cão cotidianamente, além de sua responsabilidade, pode ser uma atividade prazerosa e relaxante, em que seu animal de estimação e você poderão desenvolver uma relação de carinho e confiança. Mas isso também pode se transformar em um verdadeiro pesadelo se o seu peludo não parar de dar puxões na coleira. Hoje vamos lhe falar como você pode fazer para que o seu amigo de quatro patas pare de puxá-la.

Seu cão não nasce sabendo: ele deve aprender a não puxar a coleira

É nítido como muitos donos de cães parecem se acostumar ou assumir que os puxões de coleira são naturais e inevitáveis. Eles preferem conviver com esta estressante situação – tanto para o humano como para o cão – em vez de tentarem solucioná-la.

Entretanto, deveríamos partir do principio de que um cão não nasce sabendo como deve fazer para passear corretamente. Então, este ponto é imprescindível nas regras básicas para sua educação.

E, como em todo treinamento, exige-se paciência, persistência, coerência e grandes doses de carinho. Só assim você fará com que, mais cedo ou mais tarde, seu cão pare de puxar a coleira.

Fazer com que o seu cão pare de puxar a coleira é fundamental para que os passeios com o seu peludo sejam um momento de prazer e não uma situação que se tornará insuportável com o tempo.

Faça com que o seu cão se acostume ao uso da coleira

Homem passeando com cachorro na praia

A primeira coisa que você deverá conseguir é que o seu amigo peludo se relacione bem com a coleira, tente fazer com que ele faça disso uma experiência positiva. Mas como fazer isso? O ideal é que ele se acostume ao uso deste acessório desde filhote. Se você adotou um cão adulto, não se preocupe. Sempre é tempo de aprender algo novo.

Então, comece a fazê-lo a usar a coleira dentro de casa, enquanto brinca com ele, recompense-o e o felicite por seu bom comportamento.

Ainda que o animal já estiver habituado ao uso da coleira, é conveniente que antes de sair à rua com ele, que vocês tenham uma boa seção de brincadeiras. Assim o passeio será mais relaxado, já que ele já terá gastado uma boa dose de energia. Isso certamente irá diminuir bastante a vontade dele de andar dando puxões na coleira.

Se você quer que seu animal de estimação pare de puxar a coleira, também não a puxe

Um tema importante é que você também não deverá cair na tentação de puxá-la. Se os dois quiserem disputar quem puxa mais forte, nunca chegarão a lugar nenhum. Seu peludo poderá se estressar ou se machucar, e essa não é a ideia.

Você deve sair para passear com o seu cão com tranquilidade e segurança. Mostrando ao seu cão que quem leva as rédeas – neste caso a coleira –  literalmente é você.

Quando o cão puxá-la, o melhor é parar de andar até que ele se acalme ou mudar a direção do percurso. Se você conseguir fazer com que ele se acalme, e inclusive que retome a caminhada normalmente, felicite-o por seu comportamento e dê a ele algum prêmio, com alguma guloseima que ele adore.

Lembre-se que o reforço positivo sempre dá bons resultados na hora de educar o seu animal de estimação. Já o contrário, os castigos e as punições, só complicarão mais as coisas.

Mais conselhos para que seu cão pare de puxar a coleira

Mulher passeando com cachorro

Outros pontos a serem considerados para fazer com que o seu peludo pare de puxar a coleira são:

  • Caminhar a um bom ritmo. Como os cães costumam andar mais rápido que as pessoas, se você for muito devagar, possivelmente, ele ficará ansioso e começará com os puxões.
  • Permita que seu peludo faça coisas normais para sua espécie durante o passeio: cheirar, urinar nas árvores e interagir com outros cães.
  • Escolha a coleira adequada. Ou possivelmente o peitoral conveniente. Isso dependerá do tamanho, força e características de personalidade de seu peludo. Nesse caso, peça ajuda profissional para que lhe aconselhem na hora de selecionar o melhor acessório.
  • Jamais saia à rua se notar que o seu peludo está alterado ou ansioso. Melhor esperar até que ele se acalme. Um bom truque é não deixá-lo perceber que a hora do passeio se aproxima. Assim, certamente, conseguirá baixar seus níveis de ansiedade.
  • Trate-o com carinho sem deixar de lado a firmeza. Dessa maneira você conseguirá fazer com que seu cão se sinta seguro junto a você, deixando de lado ansiedades e possíveis medos.