9 dicas para levar seu cão para passear com facilidade

Passear com cachorro

Desfrutar e compartilhar deveriam ser as palavras que melhor definem a ação de levar seu cão para passear.

Mas, muitas vezes, sair na rua com seu animal de estimação pode se tornar quase um pesadelo. Acontece quando o animal puxa a guia, pula sobre as pessoas que caminham perto ou tenta brigar com os cães que cruza pela rua.

A seguir, vamos falar sobre as medidas que você deve colocar em prática para evitar estes problemas e poder desfrutar do passeio com seu amigo de quatro patas.

Algumas dicas para levar seu cão para passear com facilidade

Se seu cão não se comporta de forma devida na hora de levá-lo para passear, não é culpa dele. Você é responsável pela socialização dele e por ensinar as condutas que ele deve seguir. No momento do passeio, seu animal de estimação deve entender que é você quem dita as regras.

Lembre-se que essa atividade é uma coisa que seu cão precisa, não só para fazer as necessidades fisiológicas, mas também para se exercitar e poder se relacionar com o entorno, longe dos limites de casa.

No entanto, com muita paciência e com normas coerentes e concretas, com certeza, poderão os dois gozar de uma saída desestresante, amena e divertida.

1. Evite a ansiedade

Cachorro passeando

Muitos cães ficam ansiosos quando sabem que se aproxima o momento de sair para passear. Por isso, só coloque a coleira quando ele tiver se acalmado. Procure deixá-lo calmo antes de sair pela porta. Pare de andar se ele demonstrar que está impaciente E você tem que sair primeiro que ele. Deve ficar claro que você guiará o caminho e não ele.

Na rua, se ele demonstrar que pretende correr quase te arrastrando pelo chão e puxando a coleira, você deve interromper a caminhada até que ele se acalme. Você deve fazer o mesmo se ele apresentar agressividade com outros cães ou pessoas na rua durante a caminhada.

Você também deve prestar muita atenção para que o cão não tenha contato com substâncias perigosas ou com animais agressivos, que pode acabar desencadeando uma briga e ferir os animais envolvidos.  Por isso, atenção redobrada!

2. Organize distintas atividades

Se o ambiente permitir, o ideal é alternar a caminhada com momentos de jogos com seu animal de estimação.

E, como o treinamento deve ser uma coisa cotidiana, aproveite a ocasião para reforçar o que já foi aprendido e ensinar ordens novas.

Outra opção é utilizar esse tempo para você se exercitar também e, além de caminhar, escolha correr ou realizar alguma rotina de exercícios em companhia de seu animal.

3. Apenas deixe que ele seja cão

O passeio permite que seu animal de estimação não só queime energia e relaxe, mas permite que ele desenvolva os instintos de cão:

  • Marcar território;
  • Rastrear distintos cheiros;
  • Relacionar-se com outros cães;

Assim, dê tempo para que também ele desenvolva estes “momentos caninos” durante o passeio.

4. Dedique tempo suficiente aos passeios

Dentro de suas possibilidades, o ideal é levar seu animal para passear no mínimo três vezes por dia.

Tenha em mente que um passeio longo antes de você sair para trabalhar pode ser sinônimo de um cão relaxado, que não ficará entediado nem destruirá as coisas da sua casa quando ficar sozinho.

O mais provável é que ele durma durante boa parte do tempo em que você ou sua família não estiverem em casa.

5. Prefira as coleiras não muito longas

Desta forma você poderá controlar melhor as situações imprevistas como enfrentamentos com outros cães ou que ele tente atacar outras pessoas.

6. Mostre-se calmo e seguro

Você deve conseguir que seu animal de estimação compreenda que você está dominando a situação para que ele não decida dominar a situação.

7. Recompense seu cão

Para ressaltar o bom comportamento durante o passeio premie-o com caricias, elogios ou algum petisco.

8.Evite as horas de temperaturas mais extremas

Tanto no verão como no inverno devemos evitar sair nas horas em que o clima for menos favorável.

9. Mantenha os mesmos horários

Isso pode ser aplicado tanto as comidas como para os passeios. Assim você poderá sincronizar as saídas com o momento de fazer as necessidades. Lembre-se também de levar os elementos necessários para poder recolher as fezes.

Mascote e dono felizes na hora do passeio
Utilizando paciência e dedicação, com certeza, você conseguirá desfrutar dos momentos dedicados para levar seu cachorro para passear, o que contribuirá para  que ambos, tanto o dono como a animal, mantenham-se em boa forma, tanto física como mental.