A aromaterapia em cães, o que é?

Aromaterapia é uma área com 4500 anos de história, muitas vezes usada como uma prática complementar à medicina convencional. A aromaterapia consiste no uso de óleos essenciais extraídos de plantas, por inalação ou por aplicação direta à pele, para curar diversas doenças, tanto físicas como emocionais.

Nas últimas décadas, o uso foi estendido também para animais de estimação e está se estabelecendo como uma especialidade que promete bem-estar, equilíbrio e cura, especialmente, em casos de medo, nervosismo e alteração.

Além disso, em muitas escolas de veterinária, já é utilizada como especialidade para os animais.

Como utilizar a aromaterapia em cães

aromaterapia para cães

O olfato, esse sentido que nunca descansa, é muito mais desenvolvido em animais do que nos seres humanos. Portanto, devemos ser claros que a aromaterapia em cães não pode ser usada na mesma escala humana.

Tudo deve ser muito mais diluído para não causar nenhum tipo de dano. Seu uso é seguro, desde que sejam seguidas as recomendações do veterinário em relação à frequência e dosagem.

A aromaterapia adaptada às características caninas, pode ser útil para o seu animal de estimação, tanto no nível físico como no emocional.

É considerada de grande utilidade, por exemplo, para promover atitudes positivas em treinamentos, como repelente para parasitas externos ou para inibir comportamentos indesejados, como no caso da ansiedade por separação.

Um estudo recente mostrou que o uso de aromaterapia com lavanda foi eficaz e segura como método de relaxamento em cães com ansiedade por separação de seus donos. Em mais de 70% dos animais, os sintomas de ansiedade desapareceram ou diminuíram significativamente.

Algumas essências benéficas para o seu cão

Cão e criança

Vamos te contar quais são os benefícios que alguns óleos aromatizados podem oferecer para o seu cão:

  • Limão: ideal para se concentrar durante o treinamento, porque vai reforçar a atenção. Além disso, é bom para o sistema circulatório, regenera o tecido conjuntivo e repele insetos;
  • Camomila: é um excelente calmante, mostra-se benéfico em casos de impaciência e irritabilidade. Também alivia as inflamações alérgicas e as dermatites, e cura mais rápido as feridas.
  • Eucalipto: serve para melhorar o humor e pode ser usado como estimulação mental para o seu animal de estimação, porque ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo no cérebro. Também repele insetos;
  • Árvore de Neem: reduz o estresse e a ansiedade nos cães;
  • Hortelã: é excelente para levantar o ânimo;
  • Incenso: indicado para quando tiver que deixar o seu cão sozinho porque reduz o estresse e a depressão;
  • Árvore de Benjoim: Pode ser um bom aliado para animais de estimação temerosos, agressivos ou muito ansiosos, devido ao seu efeito antidepressivo, relaxante e sedativo;
  • Agrimônia: recomendado para reduzir as coceiras causadas pelas pulgas;
  • Aspen: deve ser utilizado caso seu cão tenha fobia de tempestades;
  • Prunus cerasifera: para cães que têm problema ao viajar de carro;
  • Impatiens balsamina (erva mais conhecida como beijo-de-frade) e Lonicera japonica (popularmente conhecida como madresilva): ambas melhoram a capacidade de atenção durante o treinamento;
  • Rosa-de-pedra: auxilia em casos de animais que tenham sofrido algum trauma, aliviando o estresse e aumentando a  coragem e a confiança;
  • Cedro: serve como um bom repelente de insetos, além de fortalecer a pele e melhorar a elasticidade;
  • Laranja: reduz problemas digestivos, nervosismo e estimula o sistema linfático;
  • Estrela-de-Belém: bom para todos os tipos de trauma, inclusive dor.

Conselho final: não é demais enfatizar que, a aromaterapia, seja utilziada tanto para pessoas como para animais, só é segura quando são seguidas as recomendações dos fabricantes e dos especialistas.

Portanto, como o seu cão não pode ler os rótulos e nem as indicações dos veterinários, melhor manter estes produtos bem guardados.

Isso evitará possíveis acidentescaso seu animal decida usar uma embalagem com os produtos como brinquedo ou como um objeto de exploração.

Por sorte, tudo evolui e nós vivemos em um mundo onde as disputas entre a medicina convencional e a alternativa estão sendo transformadas para trazer o bem-estar dos humanos e animais.

No entanto, é importante ressaltar que nenhum tratamento é seguro, por mais inofensivo que possa parecer. Por isso, não arrisque a saúde do seu cão brincando de veterinário.

Para que a aromaterapia se torne uma boa ferramenta para melhorar a qualidade de vida de seu animal, primeiro esteja respaldado por profissionais capacitados e consulte-os sempre que necessário.