A importância de brincar com o seu cão

Se você tem um cão, você tem que ter a certeza de que as necessidades básicas deles estejam garantidas; por exemplo, comida, água, sono, passeios. E você deve estar atento também ao fato de que a brincadeira é uma das necessidades básicas dos cães. É uma atividade que vai ajudar ele a se desenvolver intelectual e emocionalmente e é especialmente importante se o cão passar muito tempo só dentro de casa. Aqui explicamos a você por que é importante brincar com o seu cão.

Para que serve a brincadeira?

Importância de brincar com seu cão

A brincadeira ajuda os cães em seu desenvolvimento intelectual e os estimula a compreender melhor seu ambiente, conhecer o funcionamento das coisas, aprender regras básicas de comportamento, aprender a controlar sua força e a desenvolver habilidades e destrezas, como por exemplo, reagir adequadamente aos estímulos.

Além disso, a brincadeira ajuda na socialização dos cães, tanto se brincarem com outros cães ou com os seres humanos, e eles desenvolvem diferentes habilidades com diferentes companheiros de brincadeiras.

As brincadeiras com cães fazem com que eles desenvolvam a força bruta e o instinto caçador. Nas brincadeiras com seres humanos, eles desenvolvem a cooperação e a inteligência, pois são mais dinâmicas.

Em ambos os casos, os cães aprendem a respeitar os outros, além de liberar energia e relaxar, o que impede a aparição de estresse e ansiedade e faz com que o cão seja menos violento. Além disso, as brincadeiras com seres humanos ajudam a reforçar o vínculo dono-cão.

Como brinco com o meu cão?

Importância de brincar com seu animal

Os cães usam a boca como instrumento principal porque conhecem o mundo através do sentido do paladar e do olfato. Por isso, cheiram tudo e mordem tudo. Não se pode evitar que seu cão mordisque você enquanto brinca, mas você pode educá-lo para que contenha a força das suas dentadas e não o morda de forma descontrolada.

Para ajudar com essa educação, dê mordedores a ele e ensine como usá-los. Use também brinquedos que ele possa morder e dos quais ele possa puxar.

Os momentos das brincadeiras são os que se devem ser aproveitados para educar o cachorrinho, tanto no morder como na obediência e em demonstrar que é o dono quem tem o controle.

Para isso, quando for dar a ele um brinquedo, jogue pra frente, não dê na boca, porque ele vai interpretar que ele próprio jogou o brinquedo e que portanto é ele quem tem controle. Pela mesma razão, nunca vá atrás dele pra tirar um brinquedo, você vai ensinar que é ele quem o traz ou quem persegue você.

Se observar que ele adota uma atitude violenta ou temperamental ou que não quer lhe devolver o brinquedo, interrompa a brincadeira. Ele deve aprender que assim não se brinca e que a brincadeira acaba quando você determina.

Se brincarem de joga e traz, você é quem tem a voz de mando e ganha no jogo, ou ele vai pensar que é mais forte e que domina você.

As brincadeiras podem ser feitas tanto dentro, como fora de casa, mas quanto maior for o espaço, mais energia ele vai liberar, porque vai poder correr mais e praticar brincadeiras de procurar e de perseguição.

Portanto, o lugar ideal é um campo afastado e longe da rua, onde ele possa ficar sem coleira e não tenha perigo. Se ele gostar de uma brincadeira em particular, deixe que ele pratique e se for muito ativo, você pode experimentar com atividades como a agilidade, o cani-cross ou o bikejöring.

Conselhos para brincar com o seu cão

Como já dizemos, a brincadeira é uma faceta muito importante para a socialização e educação do cão, por isso certifique-se de brincar bastante com o seu cão, principalmente, se você passa muito tempo fora de casa e não tem tempo pra fazer longos passeios.

Se você não puder cobrir todo o tempo de brincadeira que ele precisa, peça ajuda a um familiar ou a um amigo.

O adestramento pode ser uma brincadeira, de fato o cão aprende porque acredita que aquilo é realmente uma brincadeira, e porque recebe carinho e prêmios quando consegue alguma coisa. Então aproveite as horas de brincadeira para educar o seu cão e ensinar a ele o treinamento básico ou alguns truques.

Não use objetos ou coisas da casa como brinquedos. Seu cão não sabe distinguir entre o que pode usar e o que não, e ele vai logo atrás dos tênis velhos que  você jogou pra ele, e também pelos sapatos novos que você acabou de comprar.