A lambida do cão e seus segredos

Os cães se comunicam de diferentes maneiras, dependendo do que eles querem dizer. Para isso, usam o latido, o rosnado, movimentos de cauda, ​​orelhas, e a posição do corpo… além da lambida, é claro. Neste artigo vamos explicar o que significa a lambida de um cão e os seus segredos.

Para que serve a lambida de um cão?

Criança e cão

Para expressar afeto

Através da lambida, os cães expressam seu apreço pelas pessoas. Ou seja, o lamber é equivalente a uma carícia ou um beijo carinhoso.

Além disso, o ato de lamber permite que o cão identifique o estado de espírito de seus donos e reaja adequadamente.

Caso o dono demonstre tristeza, o cão vai reagir com lambidas nas suas mãos e face. Neste caso, as lambidas são um gesto de carinho do cão e solidariedade à dor humana.

Para indicar submissão

Desde que os cães nascem, a mãe se comunica com eles através de lambidas. Assim, estimula a respiração e os limpa, de modo que as lambidas da mãe são importantes para a sobrevivência do filhote.

Como uma forma de correspondência, os cachorros lambem o focinho da mãe como um gesto de submissão ao cão que os protege e, da mesma forma, lambem o focinho do líder da matilha.

Por isso, o cão pode lamber seu dono para indicar submissão, pois, para ele, uma lambida envolve obediência e segue-se acompanhada de outros sinais, como orelhas mexendo e rabo abanando.

Para explorar o ambiente

Como acontece com as crianças, os cães utilizam o paladar como uma ferramenta para explorar o ambiente e interagir com outros seres vivos, então lamber os ajuda a reconhecer.

Em cães domésticos, além de ser um sinal de afeto, isso pode significar que eles gostam do sabor salgado da pele do dono. Além disso, lamber libera endorfinas, que proporcionam uma sensação de conforto e prazer, aliviando o stress.

Propriedades curativas da saliva

Cadela lambendo seus filhotes

A saliva do cão (e de todos os seres vivos) contém um fator (a enzima lisozima) que tem a propriedade de regeneração dos tecidos, promove a coagulação do sangue e previne infecções por ataques de bactérias.

Especificamente a saliva do cão, funciona como um bactericida contra Escherichia coli e Streptococcus canis. Portanto, os cães têm o hábito de lamber suas próprias feridas para acelerar a cicatrização.

Em algumas espécies de animais, há também o hábito de lamber uns aos outros, e isso inclui lamber as feridas uns dos outros, especialmente se elas estão em lugares de difícil acesso.

Este processo também pode envolver a limpeza em ao redor da ferida removendo os pelos em volta dela.

No entanto, lamber em demasia pode ser prejudicial para a saúde do cão, pois pode causar granulomas ou infecções estomacais adquiridas por ingestão de bactérias.

Além disso, a raiva pode ser transmitida por lamber feridas infectadas e, uma vez que o cão a lambe, ele é infectado através da saliva.

Além disso, lamber feridas entre espécies não é recomendado porque as doenças podem ser transmitidas de uma espécie, onde ela não é perigosa, para outra, onde é perigosa.

Por exemplo, um cão lamber as feridas de um ser humano pode causar septicemia (ao humano) ou transmitir raiva. Além disso, pode complicar a cura da ferida.

O que posso fazer se o meu cão lambe compulsivamente?

Às vezes, os cães domésticos lambem compulsivamente os seus donos, eles próprios ou outros objetos.

Lamber constantemente seu dono pode ser um sinal de afeto do cão, mas é inconveniente ter um cachorro te lambendo o tempo todo, de modo que esse comportamento pode ser evitado ignorando as lambidas e saindo do ambiente.

Se você estiver acariciando o cão, ou fazendo mimos, e ele começar a lamber, o dono deve sair imediatamente, interrompendo os mimos e ignorando o cão por um tempo.

Através da repetição, o cão irá entender que sempre que lamber o dono, ficará sozinho, sem a companhia dele, então ele vai parar de fazer isso.

Se ele próprio se lamber compulsivamente, ele pode estar entediado, com alergia de pele, ansioso ou ter dores nas pernas.

Se isso acontecer, é melhor levá-lo ao veterinário para descartar a presença de infecções e alergias, e obter toda a ajuda e orientação que você precisa.