A reação de um cachorro vítima de maus-tratos ao receber o primeiro carinho

Já contamos muitas vezes histórias de cachorros maltratados, e o que comerciantes e outras pessoas fazem com os pobres animais. Apesar desses indivíduos gostarem de machucar nossos amigos, eles se desculpam com o argumento de que como os animais não são racionais e não têm sentimentos, eles não irão se traumatizar. Aqui apresentamos uma história de maus-tratos bastante indignante.

Ambas coisas não são verdadeiras. Os cachorros sabem muito bem o que é ser mau tratado e sabem como aproveitar e agradecer um carinho. E isso é demonstrado pelo que vamos contar hoje e pelo vídeo que colocamos aqui.

O efeito do maltrato com animais

Cão de rua

Dependendo do tipo de abuso, essa atitude pode ter várias consequências para o animal. Existe o mau-trato psicológico e físico, mas ambos têm uma sequela em comum: a mudança no comportamento.

Maus-tratos físicos

Ainda que pensemos em golpes e surras, o mau-trato físico pode incluir muitas outras coisas. Não vamos enumerá-las por serem cruéis, mas temos certeza de que você sabe do que estamos falando.  Mas queremos que você saiba que negar água ou comida a um animal é considerado um tipo de mau-trato.

Esse tipo de abuso pode causar grandes danos físicos e inclusive a morte do animal, sem contar o dano psicológico ele que provoca. Um cão que sempre foi maltratado tende a ser agressivo com outros humanos que queiram se aproximar, ou talvez até tentem fugir.

Essa mudança de comportamento demonstra que o mau-trato afeta aos animais, suas emoções, comportamento e sentimentos.

Maus-tratos psicológicos

Essa atitude inclui gritos ou ameaças intimidantes que fazem com que o animal viva cheio de medo e temores. O animal vai se tornar evasivo e evitará estar próximo de humanos por medo que ele grite ou que o faça sentir mal.

Esse tipo de mau-trato altera a vida normal do animal e evita que ele possa ser um cão feliz e carinhoso com outros animais ou outras pessoas.  Ele pode chegar a ter depressão e tristeza, algo difícil de se curar.

Vamos lutar juntos pelo fim dos maus-tratos

Há muitas coisas que todos nós podemos fazer para lutar contra o mau-trato. É certo que sempre haverá pessoas más sem escrúpulos que vão machucar os animais, mas se unirmos forças, conseguiremos que esses indivíduos estejam em um número cada vez menor. Aqui listamos o que você pode fazer:

  • Não compre peles ou objetos de decoração que provenham de alguma parte do animal. Quando extraem as peles ou qualquer outra parte de um animal, o fazem de forma cruel e de maneira ilegal. Não seja cúmplice de algo tão ruim!
  • Não compre animais de estimação. Esses pets são criados em granjas de animais onde as fêmeas são usadas para ficarem grávidas várias vezes e quando já não conseguem mais, são mortas. Os filhotes que não são “perfeitos” são brutalmente assassinados. Sabe quantos animais lindos e carinhosos existem nas associações protetoras de animais esperando para serem adotados por uma pessoa boa e amorosa como você?
  • Evite as atrações e os espetáculos com animais. Entendemos que se você vai ao Marrocos provavelmente vai querer montar num camelo, mas estes, como muitos outros animais usados em atrações, são maltratados e só têm direito a comer e beber quando cumprem ordens. Esqueça os zoológicos e os circos também, são apenas mais do mesmo.
  • Não se cale na frente de nenhum tipo de mau-trato. Se denunciamos todos os casos, podemos terminar com essa praga de agressores.
  • Se encontrar um animal maltratado na rua ou abandonado, ligue para uma entidade protetora, eles vão buscá-lo e dar a atenção necessária até que alguém o adote.

Estas são as formas não apenas de lutar contra o maltrato, mas também de ajudar nossos amiguinhos, esses que tanto amamos e que nos dão tantas alegrias a cada dia.

Esse é o vídeo que  prometemos. Demonstra a triste reação de um animalzinho maltratado, mas também mostra como é possível conseguir grandes coisas com compaixão, paciência e carinho.