A vida de Leki deu um giro de 180 graus em 45 dias

Em outro artigo de nosso blog tratamos sobre El Refugio, que é uma entidade de Madrid sem fins lucrativos que resgata, cura, ajuda e protege os animais que foram maltratados e/ou abandonados. Esta história, a história de Leki, tem muito a ver com eles. Você gostaria de saber mais? Então leia o resto do artigo!

Além de El Refugio, houve outra pessoa envolvida que conseguiu mostrar que, contribuindo com somente um pequeno grão de areia, podemos ajudar muito a salvar um grande número de animais.

Leki e o seu encontro com alguém

Leki é um cãozinho que foi abandonado cheio de feridas. Não se sabe ao certo se foram os seus antigos donos ou talvez outros cães de rua. O triste é que Leki estava em um estado lamentável e a ponto de partir dessa para melhor.

Por sorte, uma vizinha das redondezas de Riogordo, em Málaga, onde estava Leki, o encontrou e começou a alimentá-lo e a oferecer água para ele todos os dias. No entanto, a moça notou que, um dia, Leki estava muito pior. Mas ela não dispunha dos meios necessários para levá-lo ao veterinário. Não obstante, decidiu levá-lo à sua casa.

Pelo menos lá ele estaria quentinho enquanto ela decidisse o que fazer. A moça se lembrou de que havia visto na televisão falarem sobre El Refugio. Imediatamente, ela chamou a equipe. Eles não hesitaram, ao saber da situação, e rapidamente foram até Málaga para ajudar Leki.

Logo eles começaram o trabalho e o levaram a um veterinário que os recomendou que o cãozinho fosse sacrificado. Ele afirmou que o seu estado era lamentável e que, se ele continuasse vivo, o seu sofrimento só seria prolongado. No entanto, os voluntários de El Refugio não se conformaram com o veredito.

Assim, eles o levaram até o seu centro. Embora não tenha sido uma tarefa fácil, iniciaram os trabalhos.

Leki e a volta ao mundo em 45 dias

O tratamento começou e ainda que os resultados fossem muito lentos, Leki começou logo a caminhar. A princípio, foi difícil, mas a melhora já foi visível. Pouco a pouco o seu pelo foi crescendo e as suas feridas foram cicatrizando. Depois de duas semanas, as mudanças eram visíveis. 

No entanto, ainda faltava um caminho a percorrer, já que eles esperavam a recuperação total de Leki. Pouco a pouco, com muito carinho e paciência, os voluntários do centro ganharam a sua confiança. Com isso, o seu ânimo também melhorou, o que propiciou uma recuperação mais rápida.

Hoje, Leki, graças ao El Refugio e aos voluntários que não seguiram as recomendações do veterinário, tornou-se um cãozinho saudável, belo e feliz. Quarenta e cinco dias depois do seu resgateele já se encontrava completamente saudável e em busca de um novo lar para que o adotassem e lhe dessem o amor e carinho que merece.

Como vocês podem ver, a seguir iremos compartilhar o vídeo que mostra a mudança espetacular que esse lindo cãozinho passou em pouco mais de 45 dias. E pensar que ainda queriam sacrificá-lo.

O que é El Refugio?

O El Refugio foi criado em 1996, sendo uma organização sem fins lucrativos que preza pelo bem-estar dos animais e sai em sua defesa sempre que julga necessário.

Desde então, a entidade já resgatou centenas de animais e conseguiu novos lares para que eles se sentissem amados e felizes. Além disso, oferece a todos aqueles que desejem, a possibilidade de serem sócios por apenas 3 euros ao menos, que são destinados à alimentação, auxilio veterinário e outros gastos que os animais geram enquanto estão no processo de adoção. 

O El Refugio nasceu quando vários membros fundadores da instituição souberam que na comunidade de Madrid, na Espanha, os animais abandonados eram sacrificados legalmente se não fosse encontrado um lar para o animal em até dez dias. Dez dias era muito pouco! Foi assim que nasceu El Refugio, por isso, Leki, muitos outros animais e nós também, que amamos esses seres maravilhosos, temos muito que agradecer.

Fonte da imagem principal: www.elmundo.es