Como ajudar abrigos que cuidam de cães e gatos?

ajudar abrigos

Ajudar abrigos que adotam cães e gatos desfavorecidos e que fazem um lindo trabalho, de forma voluntária e sem fins lucrativos, pode ser uma atividade excelente para todos os envolvidos. Neles, os cuidadores investem tempo, esforço, energia e dinheiro. Se você é amante dos animais, é certo de que em mais de uma ocasião já se perguntou como poderia ajudar a estes abrigos.

Para responder a todas as dúvidas sobre como ajudar abrigos, decidimos dedicar este artigo para explicar a você o que você pode fazer se deseja ser um voluntário.

Como funcionam estes abrigos?

ajudar abrigos

Estes abrigos podem ser informados sobre casos de animais abandonados graças à ajuda de moradores da vizinhança. Normalmente, os moradores ligam ou enviam um e-mail à protetora advertindo sobre um cão desaparecido ou abandonado que se encontrar em algum lugar.

Nesses momentos os voluntários dos abrigos se mobilizam e vão procurar o animal perdido ou abandonado. Depois pedem a colaboração dos moradores para que ajudem a colocar cartazes na área onde o animal foi encontrado para ver se os donos aparecem.

Depois, uma vez no abrigo, é feito um exame médico veterinário no animal para se assegurar de que tudo está bem e que o animal não precisa de cuidados especiais.

Porém, os animais recém-chegados passarão um período de entre 12 e 18 dias separados dos demais habitantes caninos do local, enquanto o vacinam, desparasitam e esterilizam. Este período também permite conhecer a personalidade do animal antes de se arriscar a deixá-lo conviver com outros seres, sejam cães ou gatos.

Como você pode ajudar abrigos

Há diferentes maneiras de ajudar abrigos e associações, vamos listá-los:

  • Avisar quando encontrar um animal abandonado. Não importa se ele tem ou não coleira, pois se ele a tem, poderá estar perdido. Tente entretê-lo de alguma maneira para dar tempo aos voluntários de chegarem ao local. Se pedirem a sua colaboração para pendurar cartazes ou colocar avisos em jornais ou rádios, dê uma mão a eles. Isto aliviará o trabalho deles e você estará fazendo um bem com isso.
  • Com comida. São muitos os animais que vivem nestes abrigos e eles têm que ser alimentados. Talvez você não goste de doar dinheiro, mas poderá colaborar comprando sacos de comida para cães ou gatos, podendo escolher entre as variedades, de acordo com a idade, por exemplo. Há rações para filhotes, cães adultos, idosos… nos abrigos há animais de todos os tipos, portanto qualquer tipo será bem-vindo.

ajudar abrigos

  • Dinheiro. Estes abrigos precisam de dinheiro para consultas veterinárias, vacinas, alimentação, brinquedos, mantas, camas, comedouros e uma infinidade de artigos que os animais precisam. Seu dinheiro, por menor que seja a sua contribuição, poderá ajudar muito a estas pessoas de bom coração que dedicam parte de suas vidas para ajudar a estes seres maravilhosos. Se você desejar, poderá acompanhar algum animal ao veterinário ou à uma loja de animais de estimação e pagar as despesas.
  • Tempo. Oferecer-se com voluntário e colaborar com o seu tempo e o seu trabalho nos abrigos é uma excelente forma de ajudar. As pessoas que trabalham nestes tipos de associações protetoras não recebem nenhuma compensação econômica para isso, por isso elas têm que trabalhar em um outro local. Talvez você possa cobri-los no cuidado com os animais nas horas em que eles estão em seus trabalhos profissionais.
  • Companhia. Os animais não só precisam de ajuda econômica, mas também de amor e carinho, especialmente se eles foram maltratados ou abandonados. Apenas ir visitá-los de vez em quando, brincar com eles, mimá-los e lhes dar carinho, inclusive você poderá levá-los para passear, será uma excelente maneira de os fazer se sentirem melhor e de aliviar um pouco a tarefa daqueles que os cuidam.
  • Adotar. Esta é a forma primordial de ajudar. Se você tem possibilidades de ter um animal que queira oferecer amor e carinho, adote em um animal destes abrigos. Os animais o agradecerão e também os voluntários que os cuidam.

Obrigado por sua intenção e sua ajuda.