Como ajudar seu cão a superar os medos

Como ajudar um cão a superar seus medos

Se o seu peludo é muito medroso, você deve saber que conta com ferramentas para que, com muita paciência e amor, consiga fazê-lo superar os seus temores. A seguir, contamos o que você pode fazer para ajudar o seu cãozinho a deixar para trás os medos.

Como e por que os cães sentem medo

cachorro com medo

O medo no cão pode ser causado, principalmente, por outros animais, ruídos, objetos ou pessoas. Ele se manifesta de diversas formas, como:

  • O animal se esconde;
  • Late, ou até mesmo ataca;
  • Permanece imóvel;
  • Mostra-se submisso.

Além disso, um cão pode sentir medo por diferentes motivos:

  • Predisposição genética;
  • Problemas de socialização;
  • Experiências traumáticas anteriores;
  • Ter sido separado precocemente da mãe.

Se o seu cão anda muito medroso, você deve saber que conta com diversas ferramentas para ajudá-lo a lidar com os medos.

Conselhos para ajudar seu cão a superar os medos

Lembre-se sempre das dicas a seguir e coloque-as em ação quando o seu animal de estimação for invadido pelo medo.

  • Não faça carinho ou dê abraços. Sei que é difícil não demonstrar uma atitude protetora quando o seu companheiro de quatro patas está amedrontado, mas ao tentar tranquilizá-lo dessa forma você só estará reforçando o comportamento. Você acredita que está ajudando. Pelo contrário, você está apenas piorando a situação.
  • Nada de repreender ou punir o seu pet. A única coisa que você conseguirá é piora ainda mais o problema.
  • Não tente tirá-lo do lugar onde ele se escondeu. Isso aumentará o sofrimento por uma situação que já é estressante.

Como agir ante um cão amedrontado

A melhor coisa que você pode fazer para ajudar o seu amigo peludo a ter menos medo é ignorar a atitude do animal e mostrar tranquilidade. Você deve tentar comunicar ao seu animal de estimação que nada grave está acontecendo. Os cães percebem com facilidade o que sentimos. Dessa forma, você deve permanecer calmo, seguro e confiante.

Tente distrair o animal de seu medo. Um alimento que ele goste às vezes pode fazer milagres. Se você conseguir que ele esqueça um de seus medos quando oferecer uma guloseima, não esqueça de recompensá-lo também com carícias.

Por fim, certifique-se de que a vida do cão tenha uma rotina estabelecida para que ele mantenha o seu equilíbrio emocional. Não tente alterá-la com atividades muito diferentes enquanto não conseguir que ele deixe os temores para trás.

Ajudando seu cão a superar os medos

Existem alguns procedimentos que você pode colocar em prática se quiser ajudar o seu cão a superar medos. Claro, você deverá reservar muito tempo e paciência para obter resultados.

Primeiro, você deve tentar fazer com que seu animal de estimação se acostume com o estímulo que desencadeia o medo. Por exemplo, você pode gravar os sons que o assustam e fazê-lo escutar em um volume mais baixo. Vá aumentando o volume aos poucos e de maneira bem gradual.

Você também pode pedir a um amigo que traga um cachorro tranquilo que colabore para que seu peludo tolere a presença de outro animal. À medida que o medo desaparece, a distância entre os animais pode diminuir.

Quando você tiver absoluta certeza de que o medo de seu cão está desaparecendo, pode tentar fazê-lo associar o estímulo que provocava o temor com algo positivo. Dessa forma, exponha-o ao som ou à situação que o amedrontava e, ao mesmo tempo, dê recompensas como carícias e petiscos.

Peça ajuda profissional caso o medo de seu cão não desapareça

cachorro assustado

Se, apesar de seus esforços, o medo persiste, é hora de o veterinário intervir ou encaminhá-lo à um especialista em comportamento animal.

O tratamento pode incluir a prescrição de algum tipo de medicamento cuja dose deve ser controlada pelo profissional para evitar reações indesejadas. Lembre-se de que você jamais deve medicar seu animal de estimação por conta própria. Você pode expô-lo a danos irreversíveis.

O veterinário também pode recomendar o uso de feromônios, para buscar um efeito tranquilizante como o que as mães exercem sobre os filhotes.

Não perca as esperanças, com paciência e persistência você conseguirá ajudar o seu cachorro a superar os medos. E, mais cedo ou mais tarde, seu animal terá uma vida mais equilibrada, feliz e livre de temores.