Por que alguns cães se comportam pior quando usam coleira?

Cachorro usando coleira

Você já deve ter percebido que o comportamento dos cães quando estão usando coleira não é o mesmo que eles apresentam em outras circunstâncias. Isso acontece porque quando um cão está preso, ele pode apresentar comportamentos agressivos com outros cães ou outras pessoas. No entanto, o mesmo cão, quando está solto, parece aquele anjo que caiu do céu. Quais são os motivos dessas mudanças de comportamento?

Então, para responder essa pergunta não é preciso pensar muito. Como você se sentiria se você fosse levado numa coleira para todos os cantos?

Como os cães se sentem quando estão usando a coleira

Cachorro puxando coleira

Os seus sentimentos podem ser muito diferentes dependendo da situação. Pode ser que assim que ele sai de casa e você coloca a coleira nele, o cãozinho sinta que você desconfia dele e que é por isso que o prende, que você não gosta dele ou que você não quer deixar ele correr e desfrutar as coisas como ele deseja e necessita.

O sentimento de tristeza devido a essa falta de confiança pode gerar raiva, irritação e fazer com que ele busque alternativas para sair dessa situação de escravidão.

Logo chega o momento em que o animal se encontra com outros cães e cadelas que querem se aproximar dele. Não tem escapatória, apenas cem centímetros. Se o cão quiser fugir de alguma coisa que o desagrada, que faz com que ele se sinta incômodo ou até mesmo que lhe traga medo, mas não tiver como fazer isso, sua reação será óbvia: responderá de forma agressiva para se defender.

É por isso que quando eles passeiam sem coleira, a sua atitude é totalmente diferente. Se eles não gostam de alguma coisa, se eles sentem medo ou algum incômodo, eles podem sair correndo. Além disso, quando eles estão soltos, se sentem mais felizes, eles correm, saltam, pulam e o seu estado de ânimo fica mais receptivo com relação a outros cães ou pessoas.

O que você pode fazer?

Infelizmente, as leis e a nossa própria responsabilidade nos obrigam, em muitas ocasiões, a levar os nossos cães na coleira. Mesmo quando encontramos algum lugar em que podemos soltá-lo para que ele possa correr, na maioria das vezes, temos que levá-lo até lá preso. Se o seu cão se porta de forma estranha ou agressiva quando está preso, você poderá fazer algumas coisas.

Cachorro com coleira

  • Antecipe-se. Se você observar que, normalmente, quando o seu cão está preso ele costuma brigar com outros cães ou pessoas, precipite-se. Você deve estar sempre atento a tudo que acontece ao seu redor. Se um cão vier em sua direção, não deixe que ele alcance o seu animal de estimação. Pegue ele no colo, rapidamente, para poder evitar a disputa. Se alguma pessoa quiser se aproximar ou acariciá-lo, diga a ela para não fazer isso.
  • Não brigue com o animal. Só de ter que sair com uma coleira já deve ser suplício para ele. Por isso, não torne a vida do bicho ainda mais difícil, já que ele estará bastante tenso e pode acabar reagindo de um jeito que você não esperava. O melhor a ser feito é não permitir que ele veja o seu “objetivo”.
  • Fomente a socializaçãoSem dúvida, essa será a melhor maneira de fazer com que o seu cão não se comporte mal quando estiver usando uma coleira. No entanto, será mais difícil, pois ele irá precisar de tempo e de paciência para conseguir alcançar resultados visíveis. Acostume o seu cão a deixar que as pessoas o acariciem, que brinque com outros animais e que se relacione com outros animais de estimação.

Nós sabemos que você não gosta de levar o seu cão na coleira, mas, às vezes, não existem outras opções. Tente fazer com que essa experiência seja a menos sofrível possível, tanto para ele como para você, e sobretudo, aproveite os momentos em que ele pode ficar solto para deixar que ele brinque com outros animais e com outras pessoas. Assim, ele começará a se esquecer dos medos que o afligem e o motivam a fugir quando está preso.

Se você preferir, use uma coleira extensívelmas só se ele não for um cachorro muito grande. Porém você sempre terá que tê-la sob controle e não poderá deixar que ele corra até a máxima extensão da coleira, porque senão ele poderá machucar o pescoço.

Como sempre dizemos aqui, os animais respondem ao amor, à perseverança e à paciência. Não importa o que você queira ensinar ao seu animal de estimação, se você puser em prática essas dicas, você terá um sucesso garantido.