Alimentação especial para filhotes

Alimentação especial para filhotes

Assim como os adultos e os bebês, os filhotes e os cães mais velhos precisam de uma alimentação diferente. Hoje iremos falar um pouco sobre a alimentação especial para filhotes.

Uma das maiores diferenças entre as fórmulas de alimento para filhotes e cães adultos é que os alimentos para filhotes têm uma quantidade maior de calorias.

A medida que crescem, eles requerem mais calorias para que possam se manter em dia com os requerimentos energéticos necessários para manter um crescimento saudável. A maioria dos cães alcança seu tamanho adulto aos 12 meses de idade, por isso é importante proporcionar uma ingestão calórica suficiente dividida em diversas refeições diárias durante o primeiro ano de vida de um cão.

Dependendo das necessidades específicas de um cão em particular, o valor calórico de um alimento pode ser mais adequado para um ou para outro. Os detalhes sobre esta informação calórica podem ser encontrados tanto no site do fabricante quanto na própria embalagem da ração para cães.

Tenha em mente que para a alimentação interferem, além da idade, o tamanho e a raça do cachorro. É por isso é devemos buscar a opção mais adequada para termos uma alimentação mais eficaz para nossos animais.

Alimentação especial para filhotes

Conteúdo dos alimentos

Durante as diferentes etapas da sua vida, os cães terão diferentes necessidades em relação ao conteúdo dos seus alimentos, além das calorias. Estes conteúdos devem ter:

Proteínas

A proteína é essencial para que um cachorro permaneça saudável e possa prosperar. As proteínas proporcionam os aminoácidos essenciais para o funcionamento do seu organismo. 10 dos 22 aminoácidos que os cães requerem devem ser proporcionados apenas pela dieta. Devido à considerável taxa de crescimento e desenvolvimento que os filhotes têm, eles requerem mais destes aminoácidos do que suas contrapartes completamente crescidas.

Um dos papéis mais importantes dos aminoácidos nos filhotes se encontra no desenvolvimento do sistema imunológico.

Gordura

As gorduras são uma importante fonte de energia para os cães. Elas também dão um sabor melhor ao alimento seco. Os cães que têm níveis adequados de gorduras saudáveis em sua dieta têm uma condição melhor de abrigo, uma melhor proporção de gordura corporal, e são mais capazes de realizar qualquer tarefa que envolva os músculos. A gordura é um dos elementos que oferecem calorias nos alimentos para filhotes.

Fibras cruas

A fibra não é considerada um nutriente essencial para os cães. No entanto, devido ao fato de que é um dos ingredientes presentes nas rações, ela sempre está presente nos alimentos. Embora as fibras possam contribuir para a saúde do sistema digestivo, não há nenhum benefício conhecido em dar a filhotes níveis maiores de fibras em suas dietas.

Alimentação especial para filhotes

Ácidos graxos ômega 6

Ácidos graxos ômega 6 também são conhecidos como ácido linoleico ou (LA). O ácido linoleico é crucial em todos os alimentos para cães com o fim de ajudar a manter a pele e os pelos hidratados. Como filhotes têm um processo de crescimento mais acelerado, eles são muito mais sensíveis. Assim, eles requerem na pele níveis mais altos de ácidos graxos e ômega 6 em sua ração.

Ácidos graxos ômega 3

Os ácidos graxos ômega 3 são importantes para o equilíbrio dos ácidos graxos ômega 6 na dieta, para assegurar que não se produza uma inflamação produto da administração dos ácidos graxos ômega 6.

Os filhotes de cachorro podem consumir comida para gatos?

Um erro comum que as pessoas cometem é pensar que os alimentos de cães e gatos são similares em seu conteúdo. Devido a este erro, cuidadores de filhotes de cães as vezes sentem que, no caso de não terem alimentos para cães à mão, podem alimentar seus filhotes com comida para gatos.

Os filhotes de cachorro têm necessidades nutricionais muito diferentes do que a dos gatinhos, e dar a eles alimentos para gatos pode ser prejudicial à saúde.