Alimentação passiva e ativa de cachorros, qual é a diferença?

Uma boa alimentação é a base fundamental não apenas para os humanos, mas também para os nossos animais de estimação. Uma das perguntas que mais são feitas pelos donos de cachorros é sobre qual é a melhor maneira de alimentá-los, a frequência, o tipo de comida etc.

Todavia, neste artigo vamos avançar um pouco mais e faremos uma pergunta: como você alimenta o seu cachorro, de forma ativa ou passiva?

Isso mesmo, se você não sabia, existem estas duas maneiras de alimentar seus animais de estimação, especialmente os cãezinhos. A seguir, vamos explicar em que consiste cada uma delas.

Alimentação ativa e passiva

alimentacaodepastoralemao3

Como regra geral, as pessoas que possuem cachorros em casa alimentam seus animais de estimação de maneira passiva, que consiste em colocar a comida em sua vasilha e permitir que seu bichinho se alimente no momento em que desejar, sem realizar praticamente nenhum esforço.

Essa é a forma de prover alimento ao cão de maneira passiva, assim, sem mais nada.

A alimentação ativa é geralmente usada com os cachorros que estão no processo de adestramento, em terapia ou que precisam realizar um trabalho específico, como é o caso dos cães que atuam na polícia.

Nesse tipo de alimentaçãoo cachorro precisa realizar algum esforço para conseguir seu alimento.

Isso não tem nada de estranho, já que esse seria o tipo de alimentação que ele precisaria para viver em liberdade ou se estivesse na natureza.

Basicamente, o animal deve ganhar sua própria comida, mas não pense que isso é um sofrimento para o cachorro, muito pelo contrário, isso se torna algo divertido para ele.

Um dos benefícios obtidos com esse novo estilo de alimentação é que os vínculos entre o cão e o dono ficam ainda mais fortalecidos.

Se refletirmos um pouco e pensarmos em outros tipos de animais selvagens, como o lobo, que passa a maioria de seu tempo caçando, perseguindo sua presa ou em busca de alimentos, nossos cachorros, que já estão domesticados, apenas precisam pedir comida a seus donos.

Em que consiste a alimentação ativa

cachorrocomendo1br

Talvez você esteja perguntando em que consiste a alimentação ativa e qual a melhor maneira de colocá-la em prática.

Para isso, você só irá precisar de muita paciência, tempo e muito amor por seu animal de estimação. Porém, podemos assegurar que vale a pena pelos menos fazer a tentativa.

A primeira coisa que precisa ser feita é um planejamento sobre onde serão realizadas as horas de trabalho (dentro ou fora de casa) e quantas vezes o cachorro será alimentado.

Também é preciso calcular a quantidade de comida que seu amigo irá receber e dividi-la em várias pequenas porções.

É hora de comer! Dessa forma, é preciso preparar a refeição para que ele seja alimentado depois de realizar os exercícios que foram planejados.

Comece dando ordens que ele já conhece e que apresentam poucas dificuldades, como sentar-se, deitar-se, dar a pata etc. Assim que conseguir que ele obedeça ao comando, dê a porção de ração correspondente.

Um exercício muito útil é esconder as bolinhas da ração ou outro alimento por toda a casa, de tal forma que ele precisará cheirar para procurá-las em diversos lugares. Isso fomentará seu instinto de caçador.

A princípio, comece com apenas um exercício e quando ele tiver terminado, a quantidade de comida que sobrar deve ser colocada em seu prato para que o animal se alimente de forma passiva. Na medida em que o tempo for passado, poderá ir ampliando esse processo.

Benefícios da alimentação ativa

Se tiver tempo, é aconselhável que seu cachorro se alimente de forma ativa, já que isso vai lhe oferecer uma grande quantidade de benefícios.

Como você poderá observar, dessa maneira o seu cachorro não comerá compulsivamente engolindo a comida praticamente sem mastigá-la.

É ainda uma forma de controlar o peso de seu animal de estimação, uma vez que a comida será dividida em várias porções ao longo do dia.

Com esse estilo de alimentação, conseguirá o objetivo de que seu cão não seja um animal sedentário e entediado, evitando problemas de saúde física e mental.

É uma maneira de economizar dinheiro em prêmios e biscoitos, já que a recompensa por seu trabalho será a própria comida.

Alimentando a seu cachorro de maneira ativa, conseguirá ainda desenvolver uma relação muito especial com seu animal de estimação, reforçando o vínculo entre ambos.

Depois de ler esse artigo você se animou a alimentar seu animal de estimação de maneira ativa?