O amor pelos animais começa desde nossa infância

Amor pelos animais

Todas as crianças gostam de animais, é raro encontrar alguma que não goste. O certo é que todos gostam de observar as coisas belas e desfrutar das maravilhas que a vida nos oferece. Os animais, sem dúvida, são parte disso. Por isso, desde pequenos, temos um instinto que nos leva a amá-los.

Também, ainda hoje vemos pessoas que fazem mal aos animais, que se esqueceram dos belos sentimentos que tinham por eles na infância. Não sabemos por que isso acontece com algumas pessoas e com outras não. Seja o que for, o maltrato para com algum animal (para não citar também o contrabando) é um ato cruel que faz com que a pessoa que o realize seja alguém desprezível.

Em muitas ocasiões, as pessoas que maltratam os animais têm algum desequilíbrio mental, embora também possam ser pessoas que quando crianças não foram criadas por quem sentia amor pelos animais.

Mas estes são casos raros, já que a maioria das pessoas, ou ao menos é nisso que queremos acreditar, gostam deles. Vamos nos lembrar de como nasceu o nosso amor pelos animais em nossa infância.

Nasceu o nosso amor pelos animais

Bebê e cachorro

Quando pequenos, mamãe nos comprava lençóis com bichinhos, um parque com bichinhos, um chocalho com bichinhos, e uma infinidade de coisas para bebês com bichinhos. Naquela época ainda não entendíamos sequer o que era um animal, mas em nosso subconsciente já começava a existir as imagens de milhares deles.

Quando começamos a ingerir alimentos que não eram o leite materno, nossos pratos e talheres costumavam ter animais. Mamãe em seu desespero para que falássemos, começava a nomear todos e a cada um dos animais que tínhamos ao redor.

Aprendendo a falar

Logo que começamos a falar, mamãe não só queria que soubéssemos como se chamava cada animal, mas também queria que aprendêssemos os sons que cada um dele emitia. Pouco a pouco, sem nos darmos conta, nosso amor pelos animais nasceu em nosso interior.

Logo nos liam contos onde os protagonistas eram animais, ensinavam-nos os nomes dos passarinhos que víamos pelas ruas, dos cães, dos gatinhos… Todos os pais fazem isso? Eu acredito que sim, lhe parece familiar?

Também na escola

Não demorou muito e já começávamos a ir à escola, e sem saber por que, os professores também estavam empenhados em nos ensinar sobre os animais. Cada vez gostávamos mais, já sabíamos o nome de muitos, embora ainda acreditássemos que eles falassem.

Todas as mães tentam tornar seus filhos responsáveis com um animal; pode ser um cão, um gato, um hamster ou um peixe. Não importa o que é, e nem sequer se há um animal de estimação em casa ou não, o amor pelos animais está semeado em seu coração.

Cresce o nosso amor pelos animais

Menina com coelho

Eles sempre estiveram presentes em sua vida e, por isso, é normal que quando você chegou à adolescência você quisesse um animal de estimação. Possivelmente seus pais tinham algum e isso fez com que o seu amor pelos animais crescesse.

Mas, até se não havia um animal de estimação na casa de seus pais, quando você se torna independente e se vê sozinho em seu novo apartamento, não pode deixar de se perguntar: e se eu tivesse um animal de estimação?

Está claramente comprovado que as pessoas que têm animais de estimação e as que foram criadas por pais que amam os animais, têm um profundo amor pelos animais, não apenas pela espécie que tinham, mas também por todos os animais em geral.

O que ocorre é que desde que somos pequenos, o nosso subconsciente vai se enchendo de imagens, sejam elas reais ou ilustrações, de animais, com seus sons e seus movimentos. Crescemos acreditando que eles falam, que nos ensinam lições e que são nossos amigos incondicionais.

Bom, isso não é totalmente mentira. Os animais falam conosco através de seus gestos, seu carinho e seu coração; também nos ensinam lições, sobre a vida e os bons sentimentos e sempre, sempre nos mostram uma lealdade incondicional, fazendo-se os nossos melhores amigos.

Se você é pai ou mãe, ensine aos seus filhos a amar os animais. Afinal de contas, eles são nossos companheiros de lar, compartilhamos a Terra com eles. Um animal poderá desenvolver muitos bons sentimentos em seu filho, fazendo dele uma pessoa melhor. Não tire os animais de sua vida!