Aprenda a tratar de forma justa o seu cão

Como tratar de forma justa seu cão

As pessoas que amam os animais podem cair facilmente na tentação de tratá-los como humanos. Mas isto não é muito benéfico para o animal, porque realmente, embora ele seja melhor do que muitas pessoas, ele não é uma pessoa. Por isso, você terá que aprender a tratá-lo de forma justa. Aprenda neste artigo como tratar de forma justa o seu cão.

Por que não se pode tratar um cão como humano?

Dona abraçando cão

É simples: eles não podem raciocinar. É certo que com um bom treinamento, eles podem entender o que você quer lhes dizer ou lhes ordenar, mas não poderão entender nunca um raciocínio.

Às vezes, é provável que por instinto eles desobedeçam algo que você já lhes tenha ensinado antes, por isso para tratar de forma justa o seu cão, você não pode se zangar ou gritar com ele querendo que ele entenda por que não pode fazer determinada coisa. Esqueça, ele nunca entenderá, porque ele não é uma pessoa.

Se você quer ajudá-lo com seus traumas sem educá-lo, apenas lhe fazendo mimos como se fosse um bebê e você, sua mamãe, (e entendemos que esse pode ser o sentimento de muitos para com os seus animais de estimação), isso poderá influenciar negativamente na personalidade e no comportamento do cão.

Efeitos negativos de tratá-lo como humano

Há muitos aspectos nos quais tratar um cão como humano pode ser prejudicial para o animal.

A comida

É sabido por todos que os animais não podem comer o mesmo que as pessoas, pois seu estômago não está preparado para determinados alimentos. Há alguns alimentos que eles não podem digerir e outros que podem, até mesmo, ocasionar a morte do animal. Se quer tratar de forma justa o seu cão, lhe dê de comer adequadamente.

Os banhos

Muitos acreditam que banhar frequentemente o animal de estimação fará com que ele esteja sempre limpo e feliz. Bom, o certo é que banhar em excesso a um cão poderá ter más consequências para a saúde dele, para seu pelo e para o equilíbrio emocional do animal. Se quer tratar de forma justa o seu cão, siga as indicações do veterinário em relação a frequência dos banhos que o seu cão precisa.

Não lhe ajudar com seus traumas

Se a cada vez que o animal tiver medo de algo, como rojões, tempestades ou algo parecido, você sair correndo para lhe confortar, ele crescerá um cão mentalmente fraco que logo não saberá reagir para se defender, que latirá sem motivos e que poderá se transformar em um cão medroso ou, o que é pior, agressivo. Para tratar de forma justa o seu cão, lhe dê amor, mas com equilíbrio.

Tratar de igual para igual

Este é um grave engano, pois o cão se sentirá totalmente desorientado. Sua descendência dos lobos faz com que, instintivamente, os cães necessitem de um líder. É algo inato, alguém tem que guiá-los. Se você não fizer o papel de líder, isso poderá se inverter. Pode ser que o seu cão queira assumir esse papel fazendo o que quer, sem obedecer a ordens e até se transformando em um cão agressivo.

Não colocar limites

Deixar que o cão faça o que quer, porque você o ama e não se importa em recolher o lixo que ele espalha ou com os sapatos que ele morde, isso vai um pouco de encontro com o ponto anterior. O cão precisa se sentir amado, mas não pode viver em um mundo sem regras, já que poderá transformar seu comportamento negativamente. Para tratar de forma justa o seu cão, diga o que quer dele, ponha regras e limite seus comportamentos.

Como tratar um cão de forma justa e ter um cão feliz

Cão sorrindo

Autor: sciondriver

Para que o seu cão seja feliz e tenha suas necessidades supridas, você deverá seguir três regras:

  • Exercício. Um cão precisa canalizar sua energia e liberar adrenalina. Não há nada melhor para isso que o exercício físico. Não se limite a tirar cinco minutos para que o seu cão faça suas necessidades e realize exercícios.
  • Disciplina. A disciplina ajudará a guiar o seu cão para que ele seja feliz. Você deve estabelecer limites e ajudá-lo a aprender as coisas que quer que ele faça e as quais não permite.
  • Amor. Isto é fundamental para que o seu cão seja feliz. Você deve encontrar o equilíbrio entre o amor e a disciplina; assim você poderá tratar de forma justa o seu cão.

Entendemos que o amor que você sente por seu animal se compara ao de um papai para com um filho, mas não se esqueça que ele não é uma pessoa; é um animal e precisa viver sob certas regras.