Arrume sua casa e crie um espaço para seu gato

espaço para seu gato

Para que seu felino seja muito feliz em seu lar, você tem que considerar arrumá-lo e criar um espaço para seu gato onde ele se sinta muito à vontade.

A curiosidade do bichano, um espaço para seu gato

gato-e-surdo

Os gatos, sobretudo quando filhotes, são curiosos por natureza e investigam sempre os objetos que lhes rodeiam. Fazem isso tocando, cheirando e provando.

Se trouxermos um novo gato para casa, devemos levar em conta que ele terá curiosidade por tudo. E, diferente das pessoas, ele não será capaz de discernir entre o que é perigoso e o que não é.

Se você não sabe muito bem como arrumar a casa de modo que ela seja à prova de bichanos, podemos fazer uma lista de coisas que são importantes e que devem ser consideradas. Assim, seu pet estará a todo momento fora de perigo e se encontrará à vontade no espaço reservado para ele.

À primeira vista, pode parecer que ter um gato é mais simples do que ter um cão. Eles são independentes, muito limpos e adequados para lugares pequenos. Além disso, são encantadores e certamente uma das melhores companhias no lar. Mas também são muito curiosos e podem se colocar facilmente em perigo.

Algumas precauções básicas

É importante que se tenha muito cuidado com alguns elementos pontiagudos. É o caso dos cantos das mesas.

Os cabos também são elementos muito perigosos e que exigem cuidado por parte dos donos. Eles têm que estar presos à parede, ou embutidos em um tubo. Dessa forma, evitaremos que o bichano os arranhe, morda e possa levar um choque elétrico.

As cortinas são um elemento atraente para os nossos amigos bichanos. A necessidade de subir pode ser muito grande e a destruição causada com isso também.

A caixa de areia tem uma função muito importante como recipiente para que o gatinho faça suas necessidades. Mas também pode ser uma fonte de sujeira muito grande.

O mais adequado é colocar esta caixa de areia em um cesto. Dessa forma, evitaremos que o conteúdo possa se espalhar com um esperneio de um gato inquieto.

Os conflitos que podem surgir entre felinos e cães pelo prato de comida, ou pelo espaço para seu gato, podem ser evitados colocando o recipiente do alimento do bichano em algum lugar alto. Dessa forma, o cão não poderá ter acesso.

Um espaço para seu gato, adaptando sua casa

Se chegar a hora de banhar o pequeno felino, o melhor é fazê-lo no banheiro. Assim, você evitará que ele se mova muito e que lhe arranhe enquanto você o enxagua.

Em geral, o gato é um animal selvagem, que precisa caçar. Por isso, ele simulará uma caça como uma brincadeira. Mas ele precisa marcar seu território e afiar suas unhas, como quando o fazem nas árvores.

A atividade de nosso amigo costuma ser mais noturna do que diurna. Além disso, ele é intolerante e territorial com outros gatos e sua relação com os humanos pode chegar a ser inexistente, simplesmente de aceitação mútua.

Para uma ideal adaptação do gato em nosso lar, temos que conhecer bem suas necessidades mínimas. Por exemplo, não podemos pretender que o felino seja um animal silencioso que viva em nosso lar e só fica lá parado, sem necessitar de nada.

A chegada do gato

Se acabar de chegar um gato em sua casa pela primeira vez, tenha ele a idade que tiver, devemos acomodá-lo em um único cômodo com a porta fechada. Para o bichano, será muito mais fácil se adaptar assim. Também será muito menos estressante para ele do que se o deixássemos solto pela casa logo de cara.

Se o nosso pequeno amigo se vir sozinho, o mais provável é que ele se esconda no primeiro lugar que encontrar. Além disso, passará vários dias escondido.

Um território próprio

arranhador-gato

Entre as razões que justificam este desejo territorial no gato está a necessidade de desenvolver os feromônios, que dão segurança ao bichano e a sensação de controle.

Passado alguns dias, o gato se adaptará a seu novo lar, tomando-o como referência segura. Se percebermos que ele está tranquilo e com vontade de bisbilhotar, abriremos a porta e o deixaremos sair para explorar o resto da casa.

Um lugar ou espaço seguro é muito importante para o gato, porque, diante de qualquer susto que ele tenha, sempre saberá para onde voltar para se sentir seguro, será seu ponto de partida e retorno.

Se não houver esse espaço seguro para seu gato, se ele se assustar, correrá sem rumo fixo até que encontre um lugar onde se esconder, que pode ser inacessível para nós.