As 5 raças de cães mais dramáticas

Raça de cão dramático

Se você ama cães, sabe que cada raça tem um temperamento próprio. Existem exemplos de tranquilos, brincalhões, guardiães, violentos e até mesmo os dramáticos. Sim, dramáticos. Ou seja, muitos animais são,, geralmente um pouco exagerados no comportamento. Neste post, vamos mostrar os 5 cães mais dramáticos que confirmam essa particularidade.

Chihuahuas

Chihuahua

Divertidos, leais e muito, muito pequenos, os cães da raça Chihuahua têm uma grande personalidade. Em muitos casos, estes indivíduos, por causa do temperamento, tendem a ser um pouco exagerados e apresentam comportamentos muito peculiares.

Segundo vários estudos, o mal caráter que determinados animais pertencentes à raça Chihuahua podem demonstrar tem origem na condição genética.

Portanto, além de existir uma socialização precoce dos filhotes, o fato é que o temperamento tem pouca possibilidade de mudar. No entanto, não desista! 

Se você tem em casa este tipo de animal, o melhor é que tente treiná-lo com alguns comandos, de modo que tudo resulte mais harmonioso e que o comportamento do animal não seja tão neurótico.

Por outro lado, muitos cães podem cair nesse tipo de atitudes devido a um mal treinamento por parte dos donos. Alguns donos, talvez, tolerem muitas coisas de seus pequenos peludos.

Nesse sentido, é muito importante que você determine certos limites para não ter que presenciar algumas situações nas quais os animais tornam-se reis do drama.

Dachshunds

Maravilhoso e muito companheiro, os daschshunds têm uma grande personalidade. Por terem sido criados de forma independente e treinados para matar suas presas, esses cães ficaram popularmente conhecidos como salsichas, eles costumam ser animais muito teimosos.

Como resultado de sua natureza teimosa, é muito comum que latam excessivamente e que sejam muito histéricos.

Se você tem em casa um exemplar desta raça, o mais conveniente é que o treine desde de seus primeiros anos de vida para evitar o mau comportamento. O treinamento eficaz é uma necessidade para todos os cães, incluindo os salsichas.

Se você tem filhos, muito cuidado. Os dachshunds, por possuírem fortes instintos de caça, podem olhar para as crianças como presa, especialmente quando eles estão agitando os braços ou estão fazendo ruídos altos.

Por outro lado, a grande coragem que os dachshunds têm pode ser vista como um problema, já que este tipo de raça tende a latir para outros cães e persegui-los. Eles também gostam de cavar e fazer túneis extensos. Por isso, eles podem estar classificados entre as raças mais dramáticas de cães.

Beagles

O temperamento do beagle é muito singular. Leais e companheiros, eles são excelentes cães de companhia, embora em algumas oportunidades possam mostrar seu caráter caprichoso e possessivo, especialmente quando são filhotes. Mas é natural.

Essa raça precisa gastar muito tempo para queimar energia e, se não fizerem isso rigorosamente, talvez afete o comportamento do animal, transformando-se em um cão muito hiperativo e dependente.

O Beagle é muito tentado a perturbar coelhos, hamsters ou qualquer outra criatura que você possa ter como animal de estimação.

Com um faro extraordinário, esta raça de cão passa o dia a farejar odores e não se dá por vencido em sua intenção de realmente se apoderar disso. Se animais de estimação menores forem colocados fora do alcance, isso só vai frustrar o cão, que latirá e uivará sem descanso.

Por isso, para não adicionar pretextos ao seu drama, melhor não compartilhar sua casa com pequenos animais, como ratos, cobaias, furões ou animais similares.

Pugs

Pug

Eles amam a diversão, transbordam de energia e podem ser muito despreocupados. Os pugs são tudo isso e muito mais. No entanto, às vezes, seu temperamento possa ocasionar algumas dores de cabeça.

Embora, no geral, este tipo de cão não seja nada agressivo, podem ser bastante possessivos com os membros da família e é aí que se transforma em um dos cães mais dramáticos que existem.

Devido ao pequeno tamanho, os Pugs requerem uma cota diária de atividade física para manterem-se saudáveis e em forma. Nesse sentido, um passeio diário pelo bairro ou uma brincadeira no quintal pode complementar essa dose diária de atividade física que necessitam.

Bassês

Palhaços, agradáveis ​​e alegres, os cães de raça Bassett geralmente se dão muito bem com todo mundo e são tolerantes com as outras espécies. No entanto, às vezes, viver com eles pode resultar em problemas.

Os cães Bassês estão sempre prontos para obedecer, mas a sua natureza e instinto de caça podem causar algumas dores de cabeça. Quando se encontram ao ar livre, muitas vezes ficam latindo para tudo o que está ao alcance deles.

Eles tendem a ser um pouco teimosos e, em algumas ocasiões, não respondem aos comandos e ordens.