As doenças de pele mais comuns em cães

Doenças de pele em cães

Muitos donos admiram e cuidam da pelagem de seus cães, sem se darem conta de que a beleza dos pelos depende diretamente do estado de saúde da pele. Portanto, neste artigo, nós abordaremos as doenças de pele mais comuns que acometem os nossos cães.

Parasitas e pragas

Dois dos principais causadores de uma quantidade muito variada de doenças na pele dos cães são as pulgas e os carrapatos. Estes parasitas picam os cães para se alimentarem de seu sangue, produzindo coceira. Isto faz com que o animal se coce de maneira compulsiva.

Geralmente, as picadas de pulgas e carrapatos geram vermelhidão e inflamação na zona, que piora à medida em que o cão se coça.

É importante que se leve em conta que esta classe de problemas deve ser solucionada assim que for detectada, pois além de produzir incômodo e dermatites no animal, pode ser a causa de doenças mais graves, como erlichiose (ou erliquiose) canina ou a anemia, em caso de uma infestação muito severa.

Sarna

A sarna demodécica e a sarna sarcóptica são causadas por dois ácaros que produzem uma inflamação importante na pele. À medida em que a doença progride, o cão começa a perder pelos, além da coceira se tornar aguda de maneira geral, em todo o corpo.

Esta doença requer um tratamento com xampus específicos e sprays, além de medicamentos para controlar a dor e a coceira no animal. Felizmente, quando os cães são tratados, eles têm recuperações quase milagrosas em pouco tempo e, se a doença não avançou muito, não ficarão sequelas da mesma na pele do animal.

Cão doente

A micose

A micose é uma doença altamente contagiosa produzida por um fungo, que pode afetar tanto os cães como os humanos. Caracteriza-se pelo aparecimento de manchas vermelhas na pele e que produz perda de pelos.

Geralmente, começa como uma lesão pequena que vai se estendendo para às zonas próximas ou para outros animais e membros da família. Este fungo deve ser tratado imediatamente, para evitar sua propagação.

Irritação por alergia

Cerca de 10% dos cães sofrem de alguma classe de alergia que produz dermatite atópica. Enquanto a causa principal de alergias vem do consumo de alimentos, elas também podem ser produzidas por outra classe de agentes, como o pólen, os insetos ou os parasitas.

Caracteriza-se por vermelhidão, urticária ou inflamação na pele, pálpebras ou lábios. Normalmente, quando se apresentam afecções na pele, estas costumam ser acompanhadas de coceira, aparecimento de grãos e ressecamento com descamações na pele. Para tratar as alergias, normalmente sugere-se implementar uma dieta de eliminação supervisionada pelo veterinário.

Aparecimento de calosidades

Ainda que as calosidades não sejam uma doença, elas podem sim causar algum incômodo, devido ao seu aparecimento nas articulações do cão.

As calosidades são pontos negros, secos, com crostas e calvos, que se formam devido a constante fricção das articulações sobre superfícies duras. O problema com os calos é que, se não forem cuidados, poderão produzir ulceras ou se romperem, produzindo além de sangramento, muita dor ao animal.

Carícia em cão

Traumatismos na pele

Os acidentes podem deixar sequelas permanentes na pele de nosso animal. Algumas graves, como as cicatrizes provocadas por cirurgias, queimaduras ou pancadas, estas exigirão supervisão e controle para evitar futuros inconvenientes.

Os tratamentos de feridas importantes precisarão de antibióticos, cicatrizantes e antissépticos, da mesma forma, uma ferida mal cicatrizada poderá produzir desde supuração até infecções, portanto é melhor que cuide das cicatrizes deixadas por estas feridas e evite maiores sofrimentos ao seu cão.

Dentro do lar, o lugar mais comum para os cães se ferirem é na cozinha, portanto é melhor não permitir o acesso ou, pelo menos, não enquanto você estiver cozinhando.

Tumores

O aparecimento de tumores e cistos é um fenômeno comum em cães em idades avançadas, ainda que nem todos sejam cancerígenos, requerem controle para evitar que continuem crescendo. Esta classe de problemas precisa de tratamento dependendo do tamanho do tumor ou cistos e da gravidade do mesmo.