As emoções nos cães

As emoções nos cães

O tema das emoções nos cães sempre foi um dilema entre os cientistas e os amantes dos animais de estimação. Existem emoções nos cães? Nós, de “Meus Animais”, como somos amantes dos animais de estimação e especialmente dos cães, vamos responder com um alto e claro SIM!

De fato, quanto mais tempo passarmos com o nosso pet, mais fácil será distinguir o estado de humor ou suas emoções segundo seus gestos, suas atitudes, sua forma de andar e inclusive, os sons que emite. Mas bem, como em tudo, temos que começar desde o início, então vejamos primeiro como são as emoções nos cães.

Como são as emoções os cães?

Cachorro recebendo carinho

As emoções podem ser divididas em 2 grupos: positivas e negativas. Ambas impulsionam o animal (neste caso o seu cão) a reagir de uma maneira ou de outra ante uma situação e agir em consequência.

Por exemplo, quando seu cão te vê chegar em casa, isto faz com que ele sinta uma emoção positiva, pois ele te ama e desejava te ver. Esta emoção leva o seu cão a se sentir feliz e a saltar e a latir ao seu redor, o que demonstra que ele se sente feliz, tranquilo e seguro com sua presença.

Outro exemplo: quando seu cão vê algo do qual tem medo, sente uma emoção negativa, uma emoção de temor. Esta emoção pode levá-lo a ficar nervoso, correr, tremer ou se esconder. Isto o faz se sentir vulnerável e triste, além de assustado.

Portanto, entendemos por emoções aquilo que sente o seu cão e que lhe faz agir de uma maneira ou de outra, para logo então se sentir, de uma maneira ou de outra. Acho que não é tão difícil de entender, não é?

Quais emoções o seu cão pode sentir?

Apesar de que haver muitas pessoas contra a ideia de que um cão possa ter emoções, o certo é que as pessoas que têm ou que já tiveram animais, podem ver claramente como eles podem chegar a sentir da mesma forma que nós. Estas são algumas das emoções que podemos encontrar neles:

  • Excitação. Não se pode negar que os animais têm a capacidade de sentir amor, de se exaltarem ou se emocionarem fortemente quando veem aquela pessoa que amam, quando veem seu amigo cão que vive na casa do lado ou quando você lhe dá para comer seu prato favorito.
  • Timidez. Possivelmente não seja o caso de seu cão, mas há muitos tipos de cães que são tímidos, que não gostam de estar com pessoas que não conhecem e que se escondem atrás de seus donos procurando proteção.

Cão medroso

  • Medo. Quantas vezes você já viu o seu cão se enfiar debaixo da cama ou atrás do sofá quando escutou rojões ou alguma sirene de ambulância? Isso é porque os cães também sentem medo, e isso é uma emoção, uma das emoções negativas.
  • Irritação. Está claro que os cães se zangam. Por exemplo, quando outro cão tenta lhe roubar a comida, ou inclusive quando você quer lhe tirar seu brinquedo preferido da boca. Também demonstram sua irritação quando alguém tenta te agredir, embora seja só de brincadeira. Você ainda tem alguma dúvida de que os cães têm sim emoções?
  • Desagrado. Já reparou na cara de seu cão quando ele está querendo que você lhe dê algo para comer e você dá a ele algo que ele não gosta, como um pedaço de pão? Nesse momento nos lembramos daquela frase que diz: “Se os olhares matassem…” Sim, seu cão teria te matado com seu olhar. Há uma forma mais expressiva de manifestar desagrado?
  • Afeto. Seu cão te busca sempre que pode, deita sobre você, te acaricia com sua cabeça. Ele te dá e te pede afeto.

Sem dúvidas, os cães têm emoções. De fato, isto é algo que os cientistas cada vez mais comprovam. Embora os animais não sejam racionais, eles são sim capazes de sentir e de demonstrar seus sentimentos. Obviamente, não o fazem com palavras como nós, mas sim com seus gestos, com seus olhares e suas atitudes.

Ainda há alguém que se atreva a dizer que os cães não sentem e nem se emocionam?