As melhores coisas que podemos fazer pelo nosso cão que fica sozinho o dia inteiro

Você trabalha muito e passa muitas horas fora de casa? Se sente culpado por deixar seu cãozinho sem companhia, mas não sabe de onde tirar tempo para dar mais atenção pra ele? Partindo do princípio que a qualidade tende a ser melhor que a quantidade, contamos o que você pode fazer pelo seu cão que fica sozinho quase todo o dia.

Como compensar o seu cão que fica sozinho em casa por várias horas

cão-doente2

Tirando os casos que o seu amigo de quatro patas está doente ou deprimido, ele fará uma festa toda vez que você volte pra casa. Apesar de o recomendável ser de não prestar muita atenção até que ele se acalme, mais cedo ou mais tarde você terá que por em prática distintas formas de compensar – de alguma maneira – todo o tempo que ele passou sozinho.

Por isso, tenha em mente que – ainda que o tempo seja curto – você deverá cuidar  do seu amigo peludo diariamente, mesmo que seja por um curto momento. Como?

  • Mimando ele.
  • Propondo diferentes jogos de inteligência.
  • Cozinhando alguma receita especial de vez em quando, ou dando algum docinho adquirido em uma loja para animais.
  • Passeando de maneira relaxada com ele, deixando que ele explore o ambiente como quiser e incentivando o relacionamento com outros cães.
  • Reforçando algumas diretrizes de educação, sobretudo aquelas relacionadas com os objetos domésticos que ele não deve morder.

Se você está muito ocupado e não te sobra tempo, tenha consciência que, de todas as formas, é preciso dedicar um tempo ao seu cãozinho que esteve sozinho durante todo o dia.

Dentro do possível, busque o melhor para o seu peludo

De todas as formas, o ideal é que seu animal de estimação passe a menor quantidade possível de horas sozinho. Você já sabe que o tédio ou a ansiedade podem levar a condutas destrutivas.

Por isso, seria bom que você pudesse contar com a ajuda de algum familiar ou amigo que passasse na sua casa e fizesse um pouco de companhia na sua ausência.

Da mesma maneira, conte ou não com uma pessoa que te auxilie com o seu cão, antes de partir para as suas atividades diárias, é desejável que o animal passeie, brinque e/ou se exercite por um bom período. Isso fará com que ele fique cansado e relaxado, levando-o a dormir boa parte do tempo em que você não estiver em casa.

Além disso, preste atenção para que antes de sair o seu animal tenha à disposição:

  • Alguns brinquedos de seu interesse para que ele se entretenha
  • Espaços cômodos, ventilados e tranquilos para ele brincar e descansar.
  • Bastante água fresca.

O que mais você pode fazer para compensar o seu cão que fica sozinho todo o dia

No entanto, sem dúvidas, o melhor que pode ser feito para que o seu cachorro não se sinta tão solitário é adotar outro cão. Dividir o tempo com um animal da sua mesma espécie permitirá que ele fique mais feliz na sua ausência, e juntos eles serão uma ótima companhia para o outro.

Claro que é uma decisão que você deverá tomar levando em consideração as questões de espaço, orçamento e outros temas particulares, ,mas se está dentro das suas possibilidades, não hesite em fazê-lo.

Ainda que te dê um pouco mais de trabalho em um primeiro momento, o esforço valerá a pena. Mais cedo do que tarde você receberá carinho em dobro e sua consciência estará mais tranquila ao saber que seu peludo tem um companheiro de brincadeiras.

Peça ajuda ao veterinário para adotar outro cão

cãos-que-brincam

Se você tomar a decisão de ter outro animal de estimação, não hesite em consultar um veterinário para que ele possa te recomendar qual animal é mais conveniente escolher de acordo com as características do seu amigo de quatro patas.

Tenha noção de que a ideia é resolver um problema e não gerar mais inconvenientes. Assim, é importante escolher o novo membro da família da maneira correta, para evitar possíveis conflitos entre os cães.

O veterinário certamente saberá te aconselhar da maneira mais adequada as questões como tamanho, raça, caráter e idade do animal.

Com pouco tempo, mas com muita responsabilidade

De todas as formas, o que não deve ser esquecido nunca é que se você decidiu ter um animal de estimação, é preciso ser responsável por ele em diferentes aspectos.

Não basta apenas alimentar, levar ao veterinário e sair 5 minutos para que ele faça suas necessidades.  Mesmo que você tenha pouco tempo, é preciso demonstrar seu carinho e estimulá-lo para que ele brinque e exercite seu corpo e sua mente.

Seu amigo peludo saberá agradecer o pouco ou muito tempo que você possa dedicar a ele, toda vez que demonstre um carinho genuíno e não se esqueça nunca de acariciá-lo.