As mudanças de hora afetam os cachorros?

Em diversos países do mundo, por exemplo, no Brasil, a hora é alterada com a chegada do verão. Essas mudanças nos afetam, impedindo que durmamos o quanto desejamos ou, pelo contrário, faz-nos dormir mais da conta. E nossos cachorros? As mudanças de hora afetam os peludos?

Como em tudo, não se pode generalizar. Há cachorros mais sensíveis e outros que são menos. Ainda que, normalmente, os filhotes e os mais velhos percebam mais as mudanças de hora, também poderiam notar as mudanças de fuso horário devido ao jet lag.

Como a alteração dos horários pode afetar o cachorro?

hormonio-do-amor-nos-caes

Os animais são sensíveis a qualquer mudança que quebre as rotinas habituais deles. Isso se deve ao fato de que, embora não tenham um relógio de pulso ou um celular onde possam olhar a hora, têm um relógio biológico igual ao nosso, mas muito mais sensível.

Assim, qualquer coisa que nos afete, os afetará também. Por exemplo, quando alteram a hora, nossa rotina de sono e alimentação varia, e, portanto, alterará também os horários dos passeios dele, de comida e de sono.

Um cachorro que percebe as mudanças de horário poderia apresentar nervosismo, ficar irritadiço e desorientado. Embora o normal seja que em alguns dias o cachorro se adapte e volte à vida normal dele. Se isso não acontecer, o melhor seria levar o cão ao veterinário. Talvez, os sintomas tenham desaparecido por causa da mudança de hora, mas pode ter sido resultado de outra coisa.

Quais cachorros são mais sensíveis?

Como dissemos antes, os filhotes e os mais velhos são os mais sensíveis a mudanças de hora. Também os cachorros doentes são altamente sensíveis, já que esses têm mais dificuldades para se adaptar às mudanças.

No verão, quando aumenta a incidência da luz do sol, o animal recebe mais luz do que está acostumado, e isso leva a uma série de mudanças que o cachorro percebe. O mesmo acontece quando, no inverno, anoitece uma hora antes.

O jet lag, mudança de fuso horário que também afeta o cachorro

Quando fazemos longas viagens de um continente para o outro, onde há alterações de hora significativas, o cachorro também sofre. Também, somado a isso, as viagens de avião podem provocar fadiga, problemas de digestão, mau humor e alterações no sono.

Para acostumar o cachorro à mudança de horários, o melhor é fazê-lo de maneira gradual. Devemos ir cada dia nos aproximando uns minutos mais do horário que queremos ter com ele. Dessa maneira, ele irá se adaptando antes da mudança completa. Quando isso acontecer, o animal já estará adaptado.

Outras mudanças que podem afetar o cachorro

tekis

O fato de que sejam animais não significa que sejam alheios ao que ocorre ao seu redor. Qualquer mudança que aconteça em seu ritmo de vida e rotina pode levá-los a se sentirem nervosos, ansiosos e inclusive causar sintomas físicos, como vômito e diarreia.

Além de alterações de horário, os animais também são muito sensíveis às mudanças de local. Um cachorro se habitua rapidamente ao seu entorno, mas demora uns dias para conseguir isso. Portanto, quando mudamos de casa, é normal que o animalzinho sinta falta do antigo lar e que demore uns dias para se habituar ao novo. Poderá ficar deprimido e inclusive perder o apetite. Não deixe de mimá-lo nesses momentos.

Uma mudança de família pode ser uma mudança drástica, à qual o cachorro pode demorar muito mais a se habituar. Se a família nova não trata o animal de maneira semelhante à anterior, ele poderá mostrar um quadro de depressão.

É preciso acostumar o animal de maneira gradual a qualquer mudança a que se submeta o cachorro. Dessa maneira, tudo será mais agradável para ele e a convivência conosco muito mais fácil.