Babesiose em cães. Melhor prevenir do que remediar!

O período médio de incubação é de duas semanas e, em animais, pode causar anemia e sérias dificuldades em sua qualidade de vida. 

Os cães que passam muito tempo ao ar livre, especialmente em áreas arborizadas, são mais propensos a serem vítimas de carrapatos. Esta probabilidade aumenta ainda mais durante os meses de verão, quando as populações de ácaros são mais abundantes.

A melhor maneira de evitar a Babesiose é a prevenção, então, o Meus Animais irá descrever os sintomas desta doença e uma série de recomendações para que você possa preservar a saúde de seu animal de estimação.

Sintomas e diagnóstico

Sintomas da Babesiose

Existem diferentes sintomas que ajudam a identificar a Babesiose em cães. Um deles é a falta de apetite e a perda de peso. Também é muito provável que a pele do animal fique amarela ou laranja, e as gengivas estarão bastante pálidas.

Se você notar que seu cachorro está se coçando, ou se você ver em qualquer parte do corpo de seu cão, carrapatos, a melhor coisa a fazer é levar seu cachorro ao veterinário.

O profissional, além de remover os parasitas, irá realizar um diagnóstico mais detalhado, que consistirá em um exame físico completo, hemograma e exame de urina.

Contra este tipo de doença, o tratamento consiste na administração de inúmeras drogas, como a Atovaquona e a Azitromicina. Em casos graves, é provável que o animal necessite de transfusões de sangue regulares.

Como evitar a Babesiose em cães?

Saiba como evitar a Babesiose em cães

A prevenção é a melhor maneira de combater a Babesiose em cães. Verifique regularmente se o seu animal de estimação tem carrapatos, não se esqueça de verificar a cabeça, a virilha e as axilas. Caso você note a presença de carrapatos, tente removê-los o mais rapidamente possível.

Se você estiver em contato com um cão com carrapatos, passe um pente de dentes finos em seus cabelos e peça para alguém verificar a sua cabeça. Verifique também a cabeça de seus filhos, especialmente durante os meses de verão.

Para remover carrapatos da roupa, coloque-a sob o sol, pelo menos 15 minutos. O calor pode matar os carrapatos.

Lembre-se que os carrapatos ficam no corpo, nas roupas e, claro, no ambiente. Portanto, é muito importante que sejam eliminados os focos de carrapatos em sua casa, especialmente em lugares abertos, como um jardim. Nesta área, limpe as folhas, as ervas daninhas e a grama alta.

Foi recentemente desenvolvida uma vacina que minimiza a gravidade da infecção. De acordo com vários estudos, ela foi entre 70% e 100% eficaz em reduzir os efeitos patológicos que normalmente são derivados desta doença.

A transfusão de sangue traz sempre um risco significativo para os animais receptores do sangue. É por esta razão que cães doadores, antes da doação, devem fazer um teste para descartar qualquer infecção por Babesiose.

Nesse sentido, o estudo realizado é chamado de esplenectomia e envolve a remoção e análise de uma amostra de sangue do potencial doador.

Se você tiver alguma erupção cutânea, dor de cabeça, febre ou sintomas semelhantes ao da gripe, você pode ter sido mordido por um carrapato. Se você tiver quaisquer destes sinais, contate o seu médico.

Como remover os carrapatos?

Para remover carrapatos, você deve primeiro cobrir seu corpo e a área onde você colocará o seu cão. Use luvas e tenha em mente que é mais fácil detectar carrapatos em cores claras.

Em lojas de animais, você pode comprar um alicate especial para remover carrapatos. O preço é bastante acessível e eles são muito eficazes.

Para remover estes parasitas, agarre-os na parte que você perceber que está mais próxima à pele. Nunca o agarre em torno de sua barriga inchada, pois você pode estourar o carrapato.

Uma vez que você o tenha pegado, delicadamente puxe-o para fora e então coloque-o em um frasco ou em um saquinho tipo ziplock. Você também pode colocá-lo sobre uma superfície e queimá-lo com gasolina.

É muito importante que você lave a área da mordida com sabão e água morna. Finalmente, assim que tiver terminado, não se esqueça de higienizar muito bem as suas mãos.