Bella Burton pode andar graças à ajuda de um cão

Bella Burton

Hoje vamos lhe contar uma nova e comovente história de como um de nossos melhores amigos, um cão, ajudou uma menina de onze anos a fazer com que sua vida se tornasse melhor e mais fácil. Sem dúvida, uma amostra a mais de que os cães são mais do que simples pets, transformaram-se em amigos e seres imprescindíveis em nossas vidas.

A história de Bella Burton

Bella Burton é uma menina de onze anos de idade que vive em Massachusetts, nos Estados Unidos. Infelizmente, nasceu com uma enfermidade congênita chamada síndrome de Morquio ou também conhecida como Mucopolissacaridose. Esta síndrome afeta os ossos e a mobilidade, entre outras coisas.

A vida de Bella não foi fácil. Devido a sua enfermidade, seus ossos não se desenvolveram corretamente, tem problemas em suas costas e também má formações em seu tórax. Tudo isso tem feito com que coisas simples como andar, para ela, seja toda uma odisseia que além de deixá-la fraca, a deixa sem forças.

Caminhar não é uma coisa fácil para Bella

Segundo Bella Burton, ela teve andadores, muletas canadenses, muletas normais e uma inúmera quantidade de aparelhos que a ajudavam a caminhar, embora ainda assim não fosse fácil.

Ter que depender de muletas a fazia ter ambas as mãos ocupadas e isso não lhe permitia fazer outras coisas que ela desejava.

Bela, em muitas ocasiões, se sentia triste e desprezada por esta situação e seus pais não suportavam vê-la assim. Tinham pesquisado milhares de subsídios e ajudas que acreditavam que fariam a vida de sua filha mais amena e feliz, mas a espera foi muito longa. Porém, um dia, eles deram a Bela Burton o melhor presente que ela poderia ganhar: George.

Bella Burton e George

Autor: Bella and George Facebook Profile

A história de Bella Burton e George

George é um cão da raça Gran Danês que foi expressamente treinado para ser um cão de serviço pelo Service Dog Project e adotado pela família Burton recentemente, há pouco mais de um ano.

Bella Burton e George formam um interessante casal, ou uma peculiar equipe melhor dizendo, já que George pesa mais de 60 quilos enquanto que Bella apenas 20.

Quando Bella viu como George podia ajudá-la, deixou de lado as suas muletas e todos outros aparelhos para substitui-los por seu novo amigo. É que apesar de seu grande tamanho, George é um cão muito tranquilo, bem treinado e muito obediente.

A personalidade de George fez com que Bella se sentisse segura desde o primeiro minuto junto a ele. “Uso-o como muleta, ele é minha muleta e meu amigo”, disse Bella a ABC News.

Bella e George, amigos inseparáveis

George se tornou inseparável de Bella desde que se conheceram. Não importa o que Bella lhe peça, George sempre faz. Bella se apoia nele o tempo todo, seja para ir ao colégio, para brincar com seus amigos, ou passear no shopping, em seu jardim ou no interior de sua casa.

Apesar de seu grande tamanho, George dorme na cama com Bella, debaixo dos lençóis! Que história linda essa!

Bella Burton e Georde

Bella e George

No colégio todos conhecem a George e o amam. As crianças adoram brincar com Bella e seu grande amigo. Ele permitiu a Bella ser uma menina mais feliz, que já não pensa tanto em seu problema, já que seu fiel amigo consegui fazer com que ela fosse integrada na sociedade, tanto no colégio, como com seus amigos e demais pessoas.

Esta união também conseguiu proporcionar a Bella uma vida um pouco mais independente e com mais autonomia. Sem dúvidas, há muitas vantagens nesta relação. Este Gran Danês foi um milagre na vida de Bella, uma luz no caminho e um refúgio em sua solidão. Ânimo, Bella!

George foi e é tão especial com Bella que em dezembro vai ser condecorado pelo American Kennel Clube com o Prêmio à Excelência Canina por ter impactado de forma significativa, não só a vida de seus donos, mas também da comunidade, e agora que conhecemos sua história, na de todo o mundo. Felicidades, George!

 

Créditos da imagens: Bella e George Facebook Profile