Benefícios de usar os cachorros nas terapias assistidas

Ao longo dos anos, os cães foram empregados para diferentes trabalhos como cães de resgate, cães da polícia, cães de assistência e outras finalidades. Hoje falaremos de um trabalho muito digno e útil para outros de nossos amigos, os caninos. Trata-se de usar os cães em terapias assistidas.

Não se deve confundir os cães para terapias assistidas com os cães de assistência. Os cães de assistência são animais que vivem com pessoas que necessitam dele, como, por exemplo, os cães-guias. Contudo, os cachorros usados em terapias assistidas têm um papel diferente. Por isso, antes de conhecer os benefícios, vejamos que papel eles desempenham.

O papel dos cachorros nas terapias assistidas

terapia-canina

Para começar, devemos saber que os animais que participam das terapias assistidas vivem com um dos terapeutas, ou bem no centro em que trabalham. Apenas fazem seu trabalho em horas combinadas, quer dizer, quando há encontros com as pessoas que necessitam de terapia.

Os cachorros não são os únicos usados nas terapias assistidas, já que também se conhecem disciplinas nas que foram usados golfinhos, cavalos e até peixes.

Os cachorros são os mais utilizados por causa da simplicidade para tratá-los e do seu sexto sentido, que lhes permite nos entender melhor. E como as relações humanas são complexas, na maior parte das vezes, é muito difícil nos compreendermos uns aos outros. Isso, contudo, não acontece dessa forma com os cães, já que eles nos transmitem paz e sossego, por isso, são de grande ajuda nas terapias assistidas.

Para que se usam os cachorros?

Os cachorros são empregados com o propósito de melhorar o funcionamento cognitivo, funcional, emocional, físico e social das pessoas. Para isso, são usados como “instrumentos” nas terapias assistidas, conseguindo criar um ambiente de paz e relaxamento que possibilita que o paciente melhore.

Quais são os benefícios dos cachorros nas terapias assistidas?

Os benefícios de usar os cachorros nas terapias assistidas podem ser agrupados em 4 grupos: psicológico, psicomotor, sensorial e educativo. Analisemos cada um deles e conheçamos como os cachorros nos ajudam nisso.

Benefícios psicológicos

  • Melhora o estado de ânimo. Dizem que ter alguém feliz ao nosso redor nos enche de felicidade. Existe alguém mais feliz que um cachorro? Um cachorro brincalhão que nos procura para brincar com ele e que faça o possível para chamar a nossa atenção fará com que nos sintamos especiais, e, portanto, melhorará nosso estado de ânimo.
  • Ajuda a melhorar a atenção. Isso foi constatado, sobretudo, em crianças com TDHA. Ter alguém que queremos que se aproxime de nós, alguém que nós gostemos, atrai nossa atenção e nos faz ficarmos ligados a ele.
  • Diminui a ansiedade e o estresse.
  • Estimula o contato social e físico. É possível que custe a muitas pessoas se relacionarem com outras, mas será muito mais fácil com um cachorro, que facilitará as relações sociais humanas.
  • Favorece a estimulação mental. Pensar em como chamar a sua atenção, em como brincar com ele, nos ajudará a manter ativa a nossa mente.

Benefícios psicomotores

  • Melhora a coordenação.
  • Melhora a força muscular.
  • Favorece a motricidade fina. Isso acontece através de gestos suaves, como acariciar, colocar nele uma coleira ou dar-lhe de comer.

Benefícios sensoriais

  • Favorece a propriocepção. Esse é o sentido que informa sobre a posição dos músculos, no que se pode incluir também o equilíbrio e outras formas de movimentos corporais.
  • Melhora o sistema vestibular.
  • Favorece os sentidos e cria estímulos auditivos, táteis e visuais.

Benefícios educativos

jogos

  • Estimula e melhora as habilidades sociais, estimulando a empatia, a generosidade e outras.
  • Ajuda a dar responsabilidades e levar em consideração a cooperação e o trabalho em equipe.
  • Diminui maus comportamentos.
  • Aprende-se através da brincadeira.

Como você deve ter observado, usar os cachorros em terapias assistidas traz grandes benefícios em todos os sentidos. Esperamos continuar descobrindo muitas mais utilidades de nossos amigos, os cachorros, para que cada vez mais a gente se conscientize da importância de incluí-los na sociedade.