Bichon maltês ganha o concurso de melhor cão da Espanha

Bichón maltês

Na vida, há quem tenha mais ou menos sorte, e isso serve para humanos e animais. Alguns cães, por exemplo, são abandonados e esperam em um abrigo por um pouco de amor. Outros são treinados como cães de trabalho. Alguns passam seus dias em luxuosos sofás. E também há cães que participam de concursos caninos. Este é o caso de Cinecitta Ian Somerhalder, um Bichon Maltês que foi consagrado como o melhor cão entre 4 mil exemplares de 200 raças, segundo a decisão dos juízes da 80ª Exposição Internacional da Primavera, em Madri.

Detalhes sobre o concurso canino que escolheu um Bichon Maltês como o melhor cão

Bichón maltês

O concurso, organizado pela Real Sociedade Canina da Espanha (R.S.C.E.), foi realizado dentro da Feira “100×100 Mascota”. Cinecitta Ian Somerhalder foi o indiscutível ganhador do troféu de ‘Sua Majestade O Rei’. O bichinho, um macho de dois anos, originário da Itália, foi apresentado pelo treinador Javier González Mendikote.

A dona do animal, Macarena Rueda, uma adolescente de 17 anos, ganhou o Concurso de Jovens Apresentadores (Jóvenes Presentadores) e será a encarregada de representar a R.S.C.E. na “Crufts”, uma das mais importantes exposições do mundo, que ocorre em Birgmingham (no Reino Unido).

Rueda apresentou Hada, uma fêmea da raça Spaniel Bretão, que aos três meses esteve a ponto de ser sacrificada por causa de uma doença, e teve sua vida salva quando a família da jovem decidiu adotá-la.

Algumas pessoas têm animais de estimação para amá-los, cuidar deles e desfrutar de sua boa companhia. Outras criam cães para que participem, e no possível ganhem, concursos de beleza canina, como ocorreu com um Bichon Maltês que foi escolhido como o melhor cão da Espanha.

A mania humana de competir

A obsessão humana de competir em diferentes categorias pode ser analisada por diversos ângulos. Às vezes seus objetivos são bons e outras vezes são apenas negócios. Mas não vamos nos aprofundar aqui sobre esse tema que costuma dar muito “pano pra manga”.

O que parece estar claro é que nem a Cinecitta Ian Somerhalder, nem a Hada e nem a nenhum outro bichinho, importa participar destes concursos, nem serem declarados como melhores ou piores.

Provavelmente eles estariam muito melhores brincando no parque ou procurando uma bola, tomando um pouco de sol no quintal ou se sujando na terra. Mas esses cães devem ter passado boa parte de seu tempo sem nada disso para poderem participar do concurso e, se possível, ganhar.

Todos os cães deveriam ser o melhor cão

Uma pessoa que ama seus animais de estimação certamente não necessita de juízes para considerar que seu peludo é o melhor cão do mundo, embora não cumpra com os requisitos morfológicos, estéticos e de comportamento para ser digno desta qualificação. Ou possivelmente pouco lhe importa que seu cão seja o melhor. Basta amá-lo, cuidá-lo e desfrutar de sua companhia.

Mas claro, quem escolhe ter um cão para participar de concursos de beleza possivelmente está medindo as coisas com parâmetros diferentes, nem tanto pelo carinho que possa ter pelo bichinho.

Quanto a isso, é importante assegurar que os cães que participam deste tipo de concurso não sejam expostos a nenhum tipo de maltrato.

Dados sobre a Real Sociedade Canina da Espanha

A Real Sociedade Canina da Espanha foi fundada em 1911 com o objetivo de conservar, fomentar e melhorar as raças puras de cães de:

filhote-pastor-alemão

  • Pastoreio
  • Guarda
  • Corrida
  • Trabalho
  • Companhia
  • Perseguição
  • Caça

Porém, atualmente este objetivo se estende a todas as raças caninas.

Além disso, trabalha pela ambientação e pelo desenvolvimento em território espanhol de diferentes raças de cães de origem estrangeira, seja por critérios de utilidade ou de beleza.

Seria bom que entre suas premissas se fizesse também menção ao direito de todos os cães de ter uma boa vida, ao invés de os qualificarem ou não para participar dos concursos que costumam ser organizados.

Fonte da imagem principal: Facebook de REAL SOCIEDADE CANINA DA ESPANHA.