Bradley, o jovem que salvou um cão de morrer enforcado por sua própria correia

salvou um cão

A rápida atuação de um jovem de 13 anos salvou um cão de morrer enforcado por sua própria correia. O fato ocorreu no Reino Unido e, embora os meios de comunicação tenham destacado a atitude heroica do adolescente, é importante alertar sobre os muitos cuidados que devemos ter com um peludo, para evitar que ele sofra algum tipo de acidente.

Saiba como um adolescente salvou um cão de morrer enforcado

Bradley North vive no Prestwich, Manchester, e voltava da escola quando de repente observou que um cão de grande porte se jogava da janela de uma caminhonete que tinha o vidro quebrado.

O animal ficou pendurado por sua correia e teria morrido asfixiado se não fosse a rápida ação do jovem, que conseguiu retirá-lo da coleira e confortá-lo até que seu dono chegasse, 15 minutos depois. O dono se mostrou extremamente grato pela atitude do adolescente.

A louvável atitude de Bradley foi fotografada por uma transeunte que retornava com sua pequena filha do colégio. Foi assim que a história chegou às redes sociais e logo se propagou por diferentes meios jornalísticos.

Um jovem do Reino Unido se transformou em um herói local quando salvou um cão de morrer enforcado por sua própria correia. O fato serve para refletirmos sobre os muitos cuidados que devemos ter para evitar que o nosso animal de estimação se acidente.

Boo, o cão salvo por Bradley, está fora de perigo

O jovem estudante declarou que o que fez é algo que qualquer pessoa que vê um animal em risco de morte faria. Ele declarou que também tem cães e que espera que, se seus animais de estimação correrem algum tipo de perigo, eles sejam ajudados da mesma maneira.

O pai do jovem, Kevin North, se mostrou orgulhoso com a atitude de seu filho e o chamou “meu pequeno herói”.

O cão auxiliado por Bradley se chama Boo e é um Dogue de Bordéus (ou Dogue de Bordeaux) que já está fora de perigo, mas o ocorrido nos convida a refletir sobre os muitos cuidados que devemos ter com os nossos animais de estimação, já que eles podem se acidentar de uma maneira que nem imaginamos e nas situações mais cotidianas.

O que levar em conta para evitar acidentes com os peludos

Sem ir muito longe no assunto, há alguns dias soubemos da notícia de um homem que salvou um cão, cuja correia tinha ficado enganchada em um elevador, evitando que ele morresse enforcado. E, embora pareçam fatos isolados, estes tipos de acidente costumam ser bastante comuns.

Por isso, devemos ter cuidado ao sair de casa com o nosso cão. Não o deixe só, nem amarrado em via pública e muito menos dentro de seu carro. Além do risco de que seja roubado, o animal pode encontrar uma forma de escapar e assim se perder ou ser atropelado.

salvou um cão

Fonte: Facebook do Prestwich People

Além disso, apesar das constantes advertências a respeito, muitas pessoas continuam deixando os peludos dentro de seus carros em épocas de altas temperaturas. Nestes casos, as possibilidades de que os animais morram por causa de uma insolação são muito prováveis.

Também pode acontecer que, por diferentes motivos – medo, estresse, etc. –, o animal queira sair desesperadamente do veículo e se enforque em sua própria correia, correndo o risco de morrer.

Seja um dono responsável

Portanto, aumente os cuidados quando sair com seu cão. Nem todos os cães em risco de morte têm a sorte de cruzar com um jovem como Bradley, disposto a agir de forma rápida e certeira.

Levar um peludo com correia a espaços públicos não é apenas sua responsabilidade, mas também é a melhor forma de controlar a situação e impedir que o animal escape, seja atropelado ou tente brigar com outros cães. Além disso, isso evita que as pessoas se sintam intimidadas com a presença de um cão que esteja solto.

Em todo caso, consulte o seu veterinário sobre qual é o acessório que melhor se adapta a seu amigo de quatro patas para que, apesar de estar usando uma correia, ele possa desfrutar de um passeio confortável. Mais uma vez alertamos para que você não deixe o seu cão sozinho, evitando que ele sofra algum tipo de acidente, que inclusive poderá ser causado pela própria correia.

Fonte das imagens: Facebook de Prestwich People