Como branquear as manchas lacrimais de seu cão

manchas lacrimais

Todos os cães, não importa a cor que tenham, apresentam manchas de cor marrom sob os olhos, ou no caso dos cães brancos, de tom avermelhado, sob o saco lacrimal. Por mais que nos esforcemos para limpar diariamente essa área, estas manchas dificilmente conseguem desaparecer. Mas será que há alguma solução para eliminá-las? É possível branquear as manchas lacrimais dos cães?

O que cria as manchas lacrimais marrons dos cães

No caso dos cães brancos e sobretudo de raças pequenas, estas manchas lacrimais são muito mais visíveis do que em cães grandes ou de cores mais escuras. Porém, antes de começarmos a falar delas você deve saber algo: não é nada grave.

Sabendo disto, podemos te dizer que o que causa essas manchas avermelhadas ou marrons são as lágrimas. As lágrimas contêm minerais, como o ferro e o magnésio, que ao entrarem em contato com o ar se oxidam com grande facilidade.

manchas lacrimais

A isto se soma o fato de que, ao molhar o pelo do animal nessa área, devido às lágrimas, os fungos e as bactérias se acomodam nela e favorecem o escurecimento que o óxido dos minerais já tinha criado.

É sempre importante se assegurar de que o cão esteja em perfeito estado de saúde e que não lacrimeja mais do que o necessário. Ter mais lágrimas do que o habitual pode ser sinal de uma alergia, de que este duto esteja obstruído e inclusive pode ser sinal de uma infecção na região ocular.

Normalmente isto é acompanhado de olhos avermelhados, mas até sem estarem avermelhados, o excesso de lágrimas pode estar advertindo sobre algum problema ocular. Observe o seu cão e leve-o ao veterinário se perceber algo estranho.

Como eliminar as manchas lacrimais de seu cão

Agora falemos de como eliminar essas desagradáveis manchas ou, pelo menos, disfarçá-las ao máximo, já que em qualquer um dos casos o desaparecimento completo pode ser impossível.

Um dos melhores métodos para se branquear as manchas do seu cão é atacar a raiz o problema. Por isso siga estes conselhos que podem ser muito úteis:

  • Desobstrução do duto nasolacrimal. Se você levar o seu cão ao veterinário, ele poderá fazer uma limpeza do duto nasolacrimal, já que a obstrução deste é comum, especialmente em cães com o focinho chato. Nesses cães, o duto lacrimal se obstrui com muita facilidade devido à genética.
  • Remova qualquer obstáculo dos olhos de seu animal de estimação. Remelas, pelos ou qualquer outra coisa que atrapalhe seus olhos. Corte os pelinhos que estão ao redor e mantenha sempre limpa a área para evitar lágrimas desnecessárias.
  • Avalie se ele não tem alergias. Há alimentos com aditivos, milho ou soja que causam alergia em muitos cães, por isso fazer um exame em seu animal de estimação para descobrir se este é o caso dele será necessário para descartar quaisquer problemas deste tipo.
  • Dieta rica em proteínas. Não estamos dizemos que seu cão deva se empanturrar de proteínas, mas sim que elas devem estar muito presentes na sua dieta. A comida caseira com fígado pode ser uma boa opção para reduzir o óxido que suas lágrimas criam.

manchas lacrimais

  • Água engarrafada. Se isso não supõe um gasto enorme e você puder bancar os custos, dê ao seu cão água engarrafada. Ela foi refinada e contém menos compostos danosos para a saúde e, portanto, reduzirão as porções  de óxido em suas lágrimas.
  • Vinagre de maçã. Coloque uma colherada deste produto na água do animal, coisa que ele não notará, isso pode, em pouco tempo, melhorar o aspecto das manchas.
  • Vasilhas higiênicas. As mais higiênicas e recomendadas são os de aço inoxidável, pois nelas não se alojam bactérias e nem fungos, isso favorecerá a saúde de seu cão.

E como remédio caseiro lhe propomos limpar a mancha diariamente, duas vezes por dia, com uma gaze embebida em água morna e sal marinho, ou em soro fisiológico ou líquido para lentes de contato.