Uma cadela a ponto de ser sacrificada se transforma em terapia para pessoas com transtornos mentais

A ponto de ser sacrificada, cadela ajuda pessoas

Dizem que alguns nascem com sorte… infelizmente muitos animais não a têm, mas hoje lhe trazemos uma comovedora história sobre uma cadelinha que teve muita sorte. Nós adoraríamos ouvir que com todos os animais na mesma situação acontecesse o mesmo, mas quem sabe possivelmente algum dia isso aconteça. Mas, por hora, vamos desfrutar da história de Dama, uma cadela Husky da Romênia. Uma cadela a ponto de ser sacrificada, mas que se transformou em uma inspiração para todos.

Para esta cadelinha brilhou a estrela da sorte no momento mais oportuno, quando ela estava a ponto de ser sacrificada. E não é só isso, mas também sua vida deu um giro total. Contaremos agora a história dela. Não perca!

Dama, a cadela Husky abandonada. Uma cadela a ponto de ser sacrificada

Não é comum ver um cão de raça abandonado, mas Dama, uma bela cadelinha Husky foi. Um canil da Romênia se encarregou de resgatá-la na esperança de que alguém a adotasse. Mas isso parecia nunca acontecer, por isso já era o momento de sacrificá-la e de dar seu lugar para outros cães, triste, mas é o que acontece.

A maioria de pessoas não estão dispostas a adotarem um cão adulto, e isso faz com que os canis sacrifiquem centenas de animais adultos todos os anos. Porém, houve alguém disposto a ajudar: a Fundação Laika.

A Fundação Laika entrou em contato com este canil. Esta fundação centra todos os seus esforços em resgatar cães que foram levados para canis na Romênia, Kosovo, Belize e Tailândia.

A maneira deles de trabalhar e de contatar pessoas que desejem adotar um animal é mediante as redes sociais. Bendita Internet!

O anúncio

Um anúncio desta Fundação no Facebook foi visto por uma mulher com um grande coração e que acreditava que podia contribuir com eu grãozinho de areia, assim rapidamente ela contatou a eles para adotá-la.

Essa mulher, que vive no país de Gales, afirmou que tinha cães e gatos e que sentia a necessidade de fazer algo, embora fosse um cão da Romênia.

Depois de contatar à Fundação, Dama foi enviada a uma casa de acolhimento durante duas semanas, à espera de ser enviada para o seu novo lar. E aconteceu…

Cadelinha

Fonte: http://www.walesonline.co.uk

Dama, a cadela Husky, seu novo lar e seu novo emprego

Dama logo se encontrou com sua nova dona. Ela queria que o animal tivesse uma feliz e nova vida e que se sentisse útil, assim ela treinou Dama para ser uma cadela de terapia ideal.

Agora, Dama a cada semana vai a um centro de doentes mentais para ajudá-los a relaxar e a se sentirem melhor. Como muitos outros cães terapeutas, Dama viu que dar algo aos outros é algo maravilhoso.

Há mais felicidade em dar do que em receber

-A Bíblia-

Dama, a cadela Husky abandonada não só teve a oportunidade de continuar vivendo, mas também de ter uma vida cercada de pessoas que a amam e de encher sua vida de significado, ajudando aos outros. O que mais ela poderia querer?

Hoje são muitos os animais que foram treinados como cães de terapia ou de assistência. São muitos os que trabalham como cães policiais ou como “pesquisadores” na luta contra doenças como o câncer.

Os cães já demonstraram que querem conviver em paz conosco, por mais que continuemos a fazer mal a eles. Desejamos um mundo onde todos sejamos como esta mulher, disposta a sacrificar seus interesses pessoais para ajudar um animal a ter uma vida melhor.

Se você não tem um animal de estimação e deseja ter um, por que não ir a um canil ou à alguma associação protetora e procurar por um para amar, sem se importar com sua beleza, com o seu estado ou com sua idade? Você terá um amor fiel e leal para o resto de sua vida, ou, pelo menos, para o resto da vida dele.

Fonte das imagens: http://www.walesonline.co.uk