Cães e gatos também podem doar sangue

Se você tem um cão ou um gato, seu sangue poderia salvar as vidas de outros animais em perigo. Você gostaria de ajudar? Veja como fazer, aonde ir e por que esta causa é tão importante. Acredite ou não, os animais também podem doar sangue e, assim, salvar a vida de outros que estão numa situação difícil.

O sangue pode salvar a vida de um animal

Os animais também podem sofrer acidentes ou padecer de algum tipo de doença que os leva a ter hemorragias e, portanto, precisar de uma transfusão.

doar-sangue-1

Para que os veterinários tenham em mãos o sangue que necessitam em situações de emergência são necessários doadores. Já existem centenas de doadores no mundo que ajudam outros animais que só conseguem continuar a viver através do seu sangue.

Gostaria que o seu animal de estimação fosse um deles? Pois fique atento a este artigo que explicará o que é um banco de sangue e como ele funciona, quais animais podem doar sangue e onde é possível fazê-lo.

O que é um banco de sangue

Um banco de sangue é um local onde se armazena e se conserva o sangue que logo poderá ser utilizado em outros animais de estimação. É essencial que cada animal receba sangue da mesma espécie e do mesmo tipo sanguíneo, por esta razão, estes lugares são organizados de forma muito precisa para evitar erros.

Um gato não pode receber sangue de um cão ou vice-versa, por isso é fundamental não cometer erros. Devido ao grande número de grupos sanguíneos que existem nos animais (por exemplo no caso dos cães existem 8), você precisa de uma grande quantidade de doadores dispostos a doar parte de seu precioso líquido vermelho de maneira humanitária.

Existem clínicas e hospitais veterinários que têm seus próprios doadores voluntários. Além disso, em caso de emergências ou quaisquer outros tipos de problemas, eles não precisam ir para os bancos de sangue, o que facilita as coisas para aqueles que não gozam dos mesmos benefícios que eles.

Quais animais podem doar sangue?

Da mesma maneira que acontece com a gente, o sangue para transfusão em animais devem ser de qualidade e não pode estar contaminado.

Para garantir isso, os animais que querem doar deverão passar por alguns exames médicos mostrando que tudo no seu corpo está funcionando de maneira correta. Todo o resto também deve estar legal. Ou seja, eles devem ter seu chip, ser vacinados e vermifugados. Se algum dos animais que querem doar não cumprir estes requisitos, não poderão contribuir para a causa, a menos que corrija sua situação.

Também é importante a idade e o tamanho do cão, pois um cão de 4 quilos, por exemplo, pode sofrer alguma anomalia se seu sangue for extraído para doação. Por isso, em muitos países, foi estabelecida uma regra de que tais caninos devem pesar pelo menos 20 quilos e serem jovens, para poder doar sangue.

Como saber o tipo sanguíneo e doar sangue

veterinario

Como dissemos anteriormente, os cães têm 8 tipos sanguíneos diferentes em comparação com os gatos, que possuem apenas 3. Recomenda-se não esperar até que seu amigo queira ser um doador ou que algo aconteça com ele para saber seu tipo sanguíneo.

Desde a adoção do seu animal de estimação, é importante saber o seu tipo sanguíneo, para o seu próprio bem, e talvez para o bem de outros também.

Se você acha que seu cão cumpre com os requisitos para ser um doador, você pode pesquisar na Internet pelo banco de sangue animal mais próximo da sua casa, ou se não conseguir informações, basta ir ao seu veterinário para saber como pode você colaborar.

Há uma grande necessidade de animais solidários sem fins lucrativos dispostos a dar um pouco da sua vida para que chegue a um outro animal em necessidade. Portanto, nós encorajamos você a levar o seu cão para doar, pois a satisfação de dar para os outros é inestimável.