Cães pequenos, mas com grande personalidade

tamanho

Dizem que as aparências enganam, no caso de nossos amigos cães isso é ainda mais certo quando nos referimos a seu tamanho. Já vimos cães com enormes proporções, como o considerado como o maior do mundo, o Dogue alemão, que tem uma personalidade nobre, amigável e tranquila.

Por outro lado, encontramos o Schnauzer, que é de tamanho médio, entretanto, apesar de sua doce e peluda aparência, tem uma personalidade arisca e independente.

Assim, podemos nos atrever a afirmar que os cães de pequeno porte são os que mais personalidade têm. 

Cães com muita personalidade e pouco tamanho

tamanho

Fizemos uma lista dos menores cães e com mais personalidade que se conhece:

Silky Terrier australiano

Da família dos terrier, este cãozinho é conhecido por seu empenho em latir e pela indiferença com aqueles que não conhece. Não será um cão amigável com os estranhos, mas muito carinhoso em seu ambiente familiar.

Bichon frisé

Se algo caracteriza bem este peludo é precisamente isso: seu pelo. Sua história teve extremos, pois ele começou como sendo um cão da nobreza para chegar quase a estar abandonado, o que possivelmente contribuiu para sua personalidade desconfiada. Também, tal e como acontece com o terrier australiano, sua família virá sempre em primeiro lugar, assim se pode esperar 100% desta raça em casa, mas não espere um bom comportamento dele com os estranhos.

Poodle

É provável que ao ler o nome desta raça você tenha pensado em um belo animal de pelos brancos (embora haja de outras cores) e encaracolado, que é o que os caracteriza. É um dos cães de pequeno porte com a pior personalidade que se conhece na hora de lidar com estranhos, é óbvio.

Isto se deve a seu espírito superprotetor, que o fará defender a sua família inclusive quando não está em perigo, portanto ver um estranho ao redor dos que são seus amados não lhe agrada e ele tende a responder de maneira agressiva.

Chihuahua, um cão de pequeno porte cheio de atitude

Seus olhos saltados e seu tamanho anão o fazem um cãozinho muito peculiar. Porém, a maioria deles devem ser ensinados a se socializar desde filhotes ou responderão de forma negativa a estranhos. Em casa se sentirão os reis e, embora amem seus donos incondicionalmente, não se meta em seu território.

Dachshund

Este é um dos cães de pequeno porte que apareceu na Alemanha há vários séculos. Também são conhecidos mais comumente como cão salsicha. São inteligentes e curiosos, possivelmente pelo trabalho que desempenharam procurando tocas.

Têm uma personalidade forte e por isso necessitam de um chefe de matilha que lhes estabeleça os limites e lhes mostre qual é seu lugar. Se isto não for feito ou se não for efetuado de forma correta, o animal poderá se tornar agressivo com os estranhos e inclusive, em muitos casos, com seus próprios donos.

Jack Russell terrier

tamanho

Proveniente da Inglaterra, esta raça de cães de pequeno porte também tem muita personalidade. Dizem que se você lhes der um dedo ele vai querer o braço todo, deixando transparecer assim sua inteligência. Têm grandes e fortes instintos de caça, muito mais que outros cães, portanto é imprescindível um bom treinamento para evitar problemas, como mordidas em outras pessoas ou em outros cães, e inclusive a matança de pequenos animais, como os pássaros.

Por isso, este cão só é recomendado para aquelas pessoas que tenham tempo e que possam educá-lo e adestrá-lo, ou para aqueles que podem pagar um profissional que o adestre.

Papillon

São cães muito ativos e brincalhões, mas muito desconfiados. Embora adorem brincar, não brincarão com qualquer um, portanto, aos estranhos ele olhará de longe para primeiro detectar se estes o agradam ou não.

Esta é uma lista que, como lhe dissemos no início, possui generalizações, pois entendemos que não são todos os cães de cada uma dessas raças que têm esse tipo de personalidade. Muitas vezes tudo depende de uma boa socialização quando são filhotes, para que cresçam como cães amáveis com outras pessoas e também com outros animais.