Por que o cão come grama?

Por que meu cão come grama?

O seu cão come grama sempre que pode? Não se preocupe. Confie no instinto de seu animal.

Essa é uma atitude herdada de seu ancestral, o lobo. Os humanos ainda não foram capazes de chegar a um consenso sobre o que leva os cães a ingerirem grama, porém isso não é motivo para impedir que seu amigo peludo faça isso.

Cães comem grama desde suas origens

Cachorro comendo grama

Embora não se trate de uma ato compulsivo, que possa indicar algum transtorno de comportamento, ou que a ingestão de ervas possa causar vômitos diários, o fato de cães comerem grama deveria ser considerado algo normal.

Talvez os cães façam isso por gostarem, ainda que na mente de alguns humanos essa atitude não pareça muito adequada a animais carnívoros.

Mas existem lobos e outros predadores que, em seu habitat, também comem grama. Então, se é um hábito que os cães incorporaram em um sua memória genética há séculos, por que impedi-los?

O cão come grama desde sempre, assim como seu ancestral, o lobo. É um hábito natural que, dentro de parâmetros normais, não deve ser reprimido.

Comer grama para vomitar

Algumas vezes, você perceberá que seu animal de estimação come um poco de grama e, logo em seguida, vomita.

Nesses casos, a ingestão de plantas pode indicar que ele busca provocar o vômito, expulsando alguma substância ou elemento – um pedaço de algum brinquedo, uma pedra, lixo – que estão causando algum desconforto estomacal.

A grama atua como um irritante da parede do estômago do animal, aumentando a secreção de ácidos e, finalmente, provocando o vômito.

Dessa forma, se o ato de comer grama e vomitar – ou ter ânsias – se prolongar por vários dias, procure um veterinário, pois o seu animal não está dando conta de resolver o problema que o aflige.

Plantas como parte da dieta canina

Mesmo que as plantas que o seu animal de estimação come possam contribuir para adicionar à sua dieta alguns nutrientes e minerais, além de fibras, isso não significa que o seu cão as ingere porque recebe uma alimentação desequilibrada.

Entretanto, não podemos descartar que, instintivamente, o cão está ingerindo substâncias necessárias ao seu organismo e que o ser humano, todavia, ainda não sabe que devem fazer parte de sua dieta regular.

Lembre-se: a natureza é sábia. Os humanos, nem sempre.

Cuidado com as plantas tóxicas

Nunca deixe que seu amigo de quatro patas consuma plantas que são tóxicas para os cães, como tomate, incluindo os frutos verdes. Se ele o fizer, deve ser atendido com urgência por um veterinário.

Lembre dos principais sintomas de intoxicação causada pela ingestão de tomate por cães:

  • Vômitos;
  • Diarreia;
  • Tremores;
  • Convulsões;
  • Dores estomacais;
  • Problemas respiratórios;
  • Dilatação das pupilas;
  • Arritmia cardíacas.

Cuidado com fertilizantes e produtos químicos

Você também deve tomar certas precauções para evitar que seu animal de estimação se intoxique com:

  • Fertilizantes;
  • Pesticidas;
  • Insecticidas;
  • Produtos Químicos.

Tenha em mente que, embora você tenha controle sobre seu jardim, você não pode estar seguro das substâncias que são utilizadas em outros locais, públicos ou privados.

E lembre-se: se seu cão apresentar qualquer tipo de mal estar persistente após ingerir grama, consulte um veterinário imediatamente.

Quando se preocupar com a ingestão de plantas

Cachorro na grama

Quando o seu cão estiver comendo grama de forma compulsiva, você pode desconfiar de que ele esteja apresentando algum transtorno de comportamento.

Vá a um veterinário de confiança e explique a situação. Pode ser que seu animal de estimação esteja estressado ou ansioso, e comer grama obsessivamente é das formas de acabar com seu mal estar.

Não ignore, também, questões relacionadas com a sua dieta, que talvez deva ser revisada por um profissional para atender às necessidades nutricionais de seu cão.

Deixe-o livre

Então, não se preocupe se o seu cachorro come grama dentro do que se considera normal.

Não o reprima ou castigue. É algo que estes animais fazem desde sempre.