Cão desnutrido foi resgatado enquanto sua dona estava viajando

Cão desnutrido

Maltratar um cão é um dos crimes mais desumanos que se pode cometer, já que estes são seres inofensivos que não fazem mais que nos oferecer amor e ternura. Quando somos seus donos não somente devemos dar sempre o exemplo, mas também lhes presentear com todo o cuidado possível, já que eles nem sempre eles podem se cuidar por eles mesmos.

O maltrato pode se manifestar de diferentes formas, dentre as quais se encontram o descuido e a falta de atenção. Quando alguém é responsável por um cão, se este sofrer qualquer tipo de dano como consequência de algum destes dois fatos, é o dono quem tem a culpa por não ter estado ali e não ter tomado nenhum tipo de precaução.

Isto foi o que aconteceu em Sevilha, na Espanha, depois que um cão apresentou um severo quadro de desnutrição, fruto da irresponsabilidade de sua dona, que tinha saído de viagem e não tomou as precauções necessárias para evitar que seu pet sofresse qualquer tipo de mal.

Trata-se de um acontecimento que ficou conhecido no mundo todo, dada a delicada condição do cão e o incrível descuido de quem era responsável por dele.

Um cão abandonado e desnutrido

cão-desnutrido

Tudo ocorreu há pouco tempo, quando vizinhos da região do Distrito de Cerro Amate, avisaram por telefone à Polícia Local de Sevilha sobre o preocupante estado de abandono e desnutrição, no qual se encontrava um cão no terraço de uma residência que se localizada nas adjacências da mesma região, conforme foi informado em uma nota escrita.

Os residentes da região asseguraram que o cão estava a ponto de morrer, depois de que sua dona partiu em viajem já fazia uma semana, sem nem sequer lhe deixar água ou qualquer tipo de comida para que ele pudesse se alimentar. O cão se encontrava em um estado no qual podiam notar todos os ossos de seu magro corpo.

No momento que chegaram na residência, os agentes de segurança e os veterinários municipais contaram com a ajuda de um vizinho, que facilitou a entrada deles até o local onde se encontrava o cão.

O que presenciaram quando conseguiram entrar foi atroz, já que o nosso pobre amigo desnutrido de quatro patas sofria de magreza extrema, em meio a um espaço em condições de insalubridade, por estar rodeado de muito lixo e sujeira.

Milagre e recuperação

Quem testemunhou este fato assegura que era impossível acreditar que um animal desnutrido como aquele continuaria vivo, já que em situações deste tipo os cães não costumam sobreviver muito tempo.

Acontece que ao não contar com a presença de sua dona, o cão pode cair em um estado depressivo que debilita todas as suas defesas, as quais não poderão conter o dano que gera a desnutrição, além da contaminação que ocasionam os espaços anti-higiênicos.

Depois de ser recolhido pela polícia, o nosso infeliz amigo foi transportado para o centro de zoonoses municipal para que iniciasse sua recuperação nas mãos dos médicos veterinários da Prefeitura que, até o momento, conseguiram estabilizar o estado de saúde do cão e deixá-lo fora de perigo. Identificaram também que faltava um chip de identificação.

A dona deverá comparecer ante a autoridade judicial, tão logo ela se encontre na capital de  andaluza, para explicar o porquê de suas ações.

Um fato revoltante!

maltrato-animal-2

Cabe assinalar que o rechaço social a estes tipos de atos aumentou significativamente nas últimas décadas, tanto na Espanha como em outros países do mundo. De fato, faz poucos meses que foi preso em Palma de Mallorca, o primeiro condenado por maltrato animal.

Embora se trate de um caso distinto, o dano cometido contra este cão, seja de maneira premeditada ou não, representa um fato que dificilmente poderá ser ignorado pelas autoridades espanholas.

Se não for para amar e ser responsável por seu cão, é preferível que você dê a ele a oportunidade para encontrar tudo isto e mais com outra pessoa. Do contrário, você está apenas lhe causando um grande dano.