Por que meu cão se esfrega em lugares sujos?

Cão se esfrega em lugares sujos

Se você tem um amigo de quatro patas, desses que latem, certamente alguma vez já passou por esta situação: ante um descuido, enquanto passeavam por algum espaço verde, de repente o seu peludo aparece imundo e fedorento depois de se esfregar em poças, fezes ou restos de animais mortos. Hoje revelaremos os motivos pelos quais um cão se esfrega em lugares sujos.

Se esfregar em lugares sujos: um comportamento normal dos cães

Carinho em cachorro

A primeira coisa que se deve levar em conta é que esta atitude de seu cão é absolutamente normal e natural para ele. Que pareça nojenta é problema seu e não dele. Portanto, nada de reprimendas e nem de castigos.

Lembre-se sempre que o seu animal de estimação é um cão e não um humano. São duas espécies distintas. Então, não caia na tentação de humanizá-lo e de querer que ele meça as coisas com os seus parâmetros.

Se ele não te rejeita por coisas como o seu perfume, seus cremes de aroma forte e estranho, por que você deveria rejeitá-lo por suas preferências, que são diferentes das tuas?

Se seu cão se esfrega em lugares considerados imundos para a maioria dos humanos, ele está tendo uma atitude absolutamente natural. Assim, ao invés de rejeitá-lo, tente entender os motivos de seu comportamento.

Para entender os cães, teremos que recorrer aos seus ancestrais, os lobos

Segundo os peritos em comportamento animal, podem ser várias as razões pelas quais um cão se esfrega em lugares sujos.

Primeiro e principalmente não podemos nos esquecer que os cães descendem dos lobos. E, embora às vezes não pareça, eles mantêm traços genéticos de seus ancestrais. Por exemplo: o instinto de caça.

É que embora um cão doméstico não precise caçar para procurar alimento, ainda assim ele conserva algumas atitudes relacionadas com esta prática, como perseguir “presas”, seja uma bola, um bichano ou um passarinho.

A herança genética, um dos motivos pelos quais um cão se esfrega em lugares sujos

Também por esse instinto de caça herdado de sua origem é que seu cão se esfrega em lugares cheios de lixo, lama e outras substâncias desagradáveis para a visão e o olfato humano.

É que todo bom caçador deve passar desapercebido. Então, se ele camuflar seu cheiro é menos provável que seja detectado por uma possível presa.

Esta é a melhor maneira que os lobos encontram – e seus descendentes, os nossos queridos animais de estimação –  para assegurarem uma boa caçada, cobrindo-se com cheiros mais fortes.

Além disso, dissimular o cheiro também lhes permite se manter a salvo de possíveis predadores.

Outros motivos pelos quais um cão se esfrega em lugares sujos

Os lobos, do mesmo modo, se esfregam em alguns lugares e substâncias com o objetivo de poderem comunicar algo para o resto do grupo através do cheiro que lhes impregna. Por exemplo:

  • A posição em que se encontra;
  • Uma advertência;
  • Uma descoberta.

Mas se esfregar sobre algo pode ser considerado, além disso, uma questão territorial, já que estes animais possuem glândulas odoríferas. Então não só se impregnam de outros cheiros, mas também deixam impregnados os seus como uma forma de assinalar: “eu vi primeiro”.

E estes comportamentos dos lobos também aparecem nos cães.

Os humanos também são culpados por seus animais de estimação se esfregarem em lugares sujos

Cachorro na praia

Mas além das heranças genéticas, os humanos também podem contribuir para que um peludo se esfregue em lugares fedorentos. O assunto volta a passar por nossa mania de humanizar os animais de estimação.

Certamente se te incomoda que seu cão se suje desta maneira, a irritação se multiplica se parecer que este fato ocorre apenas um momento depois de que seu animal de estimação foi banhado e perfumado com esmero.

Mas, embora seja difícil de assumir, o banho é o principal motivo pelo qual o seu animal de estimação saiu correndo para se esfregar na sujeira. É que os sabões e xampus que utilizamos para higienizar os nossos queridos peludos, embora possam cheirar muito bem para nós, para eles possivelmente são muito desagradáveis.

Assim, paciência! Não se zangue com o seu amigo de quatro patas. Tente entendê-lo e da próxima vez você lhe colocar algum xampu que, pelo menos, esse não seja tão horrível para que ele saia como um louco para procurar melhores cheiros para seu corpo.

 

Autor da imagem principal: Juan Luis Alaranjado