O meu cão lambe em excesso

Uma situação normal quando se fala de cães é que eles nos lambem, seja os seus cuidadores, as pessoas que chegam na sua casa e aqueles com quem eles não estão familiarizados. No entanto, quando isso ocorre em excesso é muito incômodo, por isso, nós falaremos um pouco do por que o seu cão lambe em excesso.

O lamber, na linguagem dos cães, corresponde ao cumprimento aceitado por eles, é uma maneira de demonstrar afeto ou submissão, e é um hábito que eles trazem desde que conviviam com sua mãe no princípio.

Isso acontece porque a mãe, quando leva o alimento, deixa que os filhotes famintos lambam a sua boca, e eles se acostumam a lamber como uma forma de cumprimentar alguém.

Entretanto, dar uma bronca no seu cão por fazer isso pode acabar sendo bastante confuso para eles, além de ser um recurso que funciona pouco porque o cachorro não entende o que está fazendo de errado.

O cão lambe em excesso. Como corrigir isso?

O melhor seria ensiná-lo a realizar outra atividade que seja incompatível com lamber. Para isso, a ação deve se centrar longe do rosto, que é a parte que ele mais gosta de lamber por se localizar perto da boca.

cão-lambe1

Ensine o seu cão a se estabelecer em sua cama a uma distância curta, depois que tenha te cumprimentado pela manhã.  Dessa maneira, você irá desencorajar qualquer tentativa da sua parte de te atacar com lambidas ou atacar as suas visitas.

É também importante proporcionar-lhe algum objeto para morder. Muitas vezes a lambida em excesso acontece em função da ansiedade para morder as coisas. Além disso, ter uma atividade gratificante para fazer o ajudará a distrair a atenção das suas visitas.

Para ter em mente se o cão lambe

Tanto o latido quanto a lambida são ferramentas que possuem várias facetas na vida social dos cães, desempenham muitos papéis no comportamento canino e, como consequência, tendem a muitas interpretações diferentes.

Aqui está uma lista das diferentes formas nas quais as pessoas chegaram a compreender esse modo de comunicação:

  • Primeiramente, a lambida é um instinto natural dos cães. Quando uma mãe lambe as suas crias e os seus filhotes lambem uns aos outros durante curso do asseio e outras interações sociais, estamos observando o comportamento por excelência dos cães. De fato, esse comportamento se mantém e pode servir de base para todas as demais decisões que um cão toma.
  • Lamber pode ser usado na hora de pedir as coisas, isso acontece quando o os filhotes lambem as suas mães como um precursor da alimentação ou quando o lobo de uma categoria hierárquica menor lambe os membros da alcateia, em especial, se são os seus superiores, com a esperança de ser chamado para jantar uma presa que todos estão compartilhando.
  • É só outra ferramenta sensorial, dizem alguns pesquisadores. Lamber (e degustar) é como chegar e tocar alguma coisa – uma espécie de exploração babosa.
  • O comportamento canino, quando está em busca de atençãocom frequência incorpora a língua. Os cães muitas vezes lambem para conseguir a sua atenção ou como um simples cumprimento.
  • Além disso, essa pode ser uma forma de brincar. Isso se apresenta com um fenômeno de inibição da mordida, principalmente quando praticam isso com os seus cuidadores, mas substituem a língua pelos seus dentes durante as diferentes fases das brincadeiras.
  • Em muitos casos, a lambida é um comportamento aprendido. Os cães aprendem que quando lambem os seus proprietários recebem mais atenção, e por isso, acabam incorporando a lambida em mais e mais dos seus comportamentos diários.

Mas o que acontece quando o cão lambe em excesso?

cão-lambe-sua-cara

Quem determina se a lambida é excessiva ou não é o humano. Isso ocorre porque essa é a natureza do cão, eles se lambem. Apesar disso, você pode treinar o seu cão para que faça isso com menor frequência, principalmente quando a atitude se torna compulsiva.

É claro que existem os momentos que o cão lambe e nós entendemos como uma coisa anormal. Os cães que sofrem certos tipos de comportamentos obsessivo-compulsivo podem manifestar as lambidas em excesso. Entretanto, normalmente, os cães afetados por esses transtornos de comportamento transformarão a si mesmos no objeto de sua inclinação desmesurada para lamber.