O que fazer se seu cão tem medo do veterinário

medo do veterinário

Salvo exceções, ninguém gosta de ir ao médico. Quando crianças até nos dava medo de ter que “enfrentar” o doutor, aquele indivíduo de avental branco que nos auscultava e nos fazia dizer 33. Por isso não é de se estranhar que para os cães também não seja agradável ter que ir a um consultório e que muitos deles diretamente tenham medo do veterinário.

Medo do veterinário, uma fobia habitual nos peludos

medo do veterinário

Este temor que alguns peludos sentem do veterinário é uma das fobias caninas mais habituais. Se analisarmos bem, é muito lógico que isso ocorra.

No consultório, os cães não costumam ter bons momentos. Nós os levamos lá quando estão doentes, feridos e, também, para que sejam vacinados.

De qualquer forma, não se desespere, há opções para tentar fazer com que seu cão perca o medo do veterinário.

Os cães costumam ter medo do veterinário principalmente porque se lembram das agulhadas que eles recebem quando são vacinados. Passaremos algumas dicas para tentar fazer com que o seu peludo perca esse temor.

Crônica de uma consulta anunciada

Os humanos estão acostumados a acreditar que os animais têm um sexto sentido. Mas não devemos nos esquecer que os cães também são muito observadores.

A questão é que por um motivo ou por outro, é certo que o seu peludo percebe com muita antecipação que o que o aguarda é uma visita ao seu médico. O mais provável é que você esteja delatando isso a ele com suas atitudes.

Portanto, é melhor procura modificar suas atitudes para que seu animal de estimação não perceba de antemão a sua jogada e, assim, não seja tão traumático o percurso dele até o consultório.

Como fazer com que o seu peludo perca o medo do veterinário

Um cão com medo do veterinário irá tentar se esconder, latir, grunhir e, até mesmo, poderá fazer suas necessidades na sala de espera ou enquanto estiver sendo atendido. Outros cães, em contrapartida, poderão ficar como petrificados.

Mas como evitar este temor que seu animal de estimação sente todas as vezes que ele visita seu médico? Tente as seguintes opções:

  • Vá com o seu peludo ao consultório só para cumprimentar o veterinário. Assim o bichinho irá se familiarizando com o lugar e não o associará com algo negativo.
  • Premie o seu peludo por seu bom comportamento todas as vezes que for a uma consulta. Também, ignore as más condutas que ele possa ter. O reforço positivo sempre é seu grande aliado, não se esqueça.
  • Faça com que o seu animal de estimação se acostume a ser tocado. Assim, quando o profissional for examiná-lo, não será tão estranha e nem incômoda a situação.
  • Dentro das possibilidades, fique junto com o seu cão enquanto ele for examinado, assim ele se sentirá mais seguro.

Mais dicas para evitar que o seu peludo sinta medo

Outras questões que devem ser levadas em conta para que o seu cão perca o medo do veterinário são:

  • Se se tratar de uma visita de rotina ao profissional, o ideal é que primeiro leve o seu peludo para dar um longo passeio e desfrutar de uma boa sessão de brincadeiras. Assim ele chegará mais cansado ao consultório e apresentará menos resistência.
  • Evite, você, de ficar tensa/o diante do temor e da resistência que o seu animal de estimação apresentará na consulta. Se você estiver relaxado, transmitirá calma ao seu peludo. Do contrário você irá alterá-lo ainda mais.
  • Acaricie-o e lhe faça uma massagem para tranquilizá-lo antes de iniciar o percurso até o consultório.
  • Não o coloque no automóvel só quando for levá-lo ao veterinário, para que assim ele possa percorrer o trajeto até a consulta com um pouco menos de ansiedade.

Paciência e perseverança para conseguir que seu cão perca o medo do veterinário

Veterinária com cachorro

Considere também avaliar uma mudança de veterinário. Possivelmente, começar do zero outra vez e utilizando os truques aqui mencionados fará com que as coisas funcionem melhor.

Além disso, é importante que o profissional e seu animal de estimação tenham empatia um pelo outro. É uma grande maneira de fazer com que as coisas sejam mais fáceis no consultório.

Mas se depois de todos estes passos você não conseguir que o seu peludo comece a perder o medo do veterinário, possivelmente você deva fazer com que o veterinário passe a ir até sua casa para as consultas, pelo menos até que, com paciência e carinho, você possa ir tirando um pouco do medo que o seu animal de estimação tem do veterinário.