O seu cão sabe o que você está sentindo?

Passamos muitas horas ao lado do nosso animal de estimação e não sabemos realmente o que ele está sentindo e do afeto que ele sente por nós. Frequentemente, percebemos que o nosso cão balança o rabo e pensamos que é um sinal de felicidade, pois toda vez que nos vê, movimenta com força. Porém não conhecemos realmente o seu estado de ânimo e você deve se perguntar se você sabe o que o seu cão está sentindo.

O movimento do rabo, a sua medição

Existe no mercado um aparelho interessante que tem a capacidade de medir o que o nosso cão está sentindoO seu funcionamento é simples, ele é colocado no rabo do nosso amigo para poder medir com que velocidade se move e em que direção. Se o rabo se movimenta para direita as interpretações serão diferentes de quando o rabo se movimentar para esquerda.

Cuidados ao comprar um cão pela internet

Se ele movimenta o rabo para direita de forma rápida e repetidamente, essa velocidade e direção podem ser traduzidas em sentimentos de felicidade, satisfação e carinho… Se ele movimenta o rabo para esquerda, ele está sentindo temor.

Esse aparelho se chama Dubbed TailTalk e ele serve para traduzir a forma e a velocidade na qual o animal move o rabo para poder adivinhar os seus sentimentos. O sistema TailTalk se baseia na troca de dados para um celular através de bluetooth e transmite os dados por meio de radiofrequência para um dispositivo que costuma ser de baixo consumo; esse dispositivo conta com monitores para poder identificar o movimento do rabo do nosso animal de estimação e a velocidade atingida durante movimento.

A ideia principal é gravar a linguagem dos movimentos para serem interpretadas por um sensor que faz parte dessa engenhosa invenção, e que é situado na metade do rabo do animal enrolado em formato de coleira ou de pulseira. Dentre as suas características, o TailTalk é muito leve, o cão não se sentirá incômodo com o aparelho. Além disso, ele não irá danificar se entrar em contato com a água, inclusive se o cão o morder, não irá se deformar. Não irá fazer mal ao nosso amigo, não é prejudicial para ele.

Outros sinais do estado de ânimo do cão

Além desse sistema tecnológico, com o uso da observação, existem outros meios que servem para conhecer o que o nosso bicho de estimação sente. Às vezes, nós vemos que o animal nos encara sem piscar, fixamente, o que é uma forma de expressar o intenso carinho que sente pelo seu dono. Eles também costumam ficar em pé usando as patas traseiras, tocando com as suas patas dianteiras a pessoa cuja presença o inspira essa sensação de alegria, bem-estar e felicidade.

Quando saímos de casa os nossos animais de estimação ficam horas esperando a nossa volta, não só porque somos nós que os alimentamos e atendemos as suas necessidades, mas também porque eles nos consideram parte integrante do seu mundo, para eles somos membros da sua “matilha”. Não podemos esquecer a que os nossos cães descendem dos lobos, e que a sua antiga forma de viver era nessas matilhasQuando vamos voltar para casa, na sua forma de ver as coisas, é como se um membro da sua matilha que se foi, estivesse voltando. A sua manifestação de alegria, como observamos, está mais do que justificada.

Eles nos reconhecem pelo cheiro

border-collie-e-menina

Além de visualmente, os cães nos identificam pelo cheiro que nós transmitimos a eles. Inclusive podem sentir o nosso cheiro a uma grande distância. Em seu código de sinais, lamber o próprio focinho é um indício de que está tudo tranquilo, de que não há nenhum perigo a vista. A boca e os dentes servem para latir ou devorar, mas quando a boca estiver fechada e ele a lambe, é um sinal de tranquilidadePor isso, quando lambem a nossa cara e nós rimos, eles percebem que estamos contentes, que tudo está bem, e se potencializa o vínculo afetivo com o seu dono.

Nosso cão consegue sentir e saber as nossas emoções, por isso, quando estamos tristes, ou estamos chateados, esse sentimento de tristeza também se reflete neles. Eles nos observam constantemente e sabem interpretar qualquer sinal nos nossos rostos. 

Além disso, quando nós estamos doentes, o animal irá notar perfeitamente o nosso estado de ânimo e nos oferecerá mais atenção que habitual, sentiremos que ele está constantemente ao nosso lado para nos proteger, consciente da nossa fraqueza e perceberemos que nos lambe com mais frequência, etc. É a sua forma de ajudar em uma situação que eles acreditam ser de especial vulnerabilidade do seu dono. Além do carinho, é uma espécie de responsabilidade que eles sentem nesses momentos. Assim, você sabe se o seu cão compreende o que você está sentindo.