Cão salva dono de receber uma picada de serpente mortal

cão salva dono

Em uma tranquila tarde, um australiano estava sua casa, sem se dar conta da presença de uma das serpentes mais perigosas do mundo, uma serpente marrom oriental. Mas no quintal também se encontrava seu anjo da guarda. Conheça essa apaixonante história, na qual o cão salva dono de receber uma picada de serpente mortal e não duvida em perseguir o réptil para alertar seu dono.

Um cão salva dono de receber picadas mortais

Sob os pés deste homem estava uma serpente marrom, considerada muito perigosa por sua picada mortal. O homem não se deu conta da presença do réptil até que seu animal de estimação o alertou. Se ele não tivesse sido alertado por seu cão, a história de hoje teria se transformado em uma tragédia. Por causa do ataque do cão, a serpente saiu do local com toda a velocidade.

Valentia e fidelidade

Diferentes estudos foram revelando facetas e aspectos desconhecidos sobre os cães, como a capacidade deles de sentir emoções, e criar laços de verdadeira amizade. Entretanto, os cães nos surpreendem por sua valentia, fidelidade e entrega frente a determinadas situações.

Proteção as crianças

Alguns cães demonstraram ser o melhor guardião para os menores da casa. É muito conhecido o caso do Esther Castanho, atualmente voluntária em centros de atenção animal, ela tinha seis anos quando um cão rottweiler salvou a vida dela. Curiosamente, se trata de uma das raças mais criticadas e associadas a determinados tipos de violência contra as pessoas.

Quando a pequena Esther se aproximou da piscina de sua casa para pegar uma bola que estava na água, ela teve a má sorte de cair dentro da piscina. A menina começou a se bater na água e a pedir ajuda. Um pastor alemão que viu a cena, começou a latir chamando a atenção de Buli, seu companheiro de vigilância da casa, um musculoso rottweiler. Buli não pensou duas vezes e se jogou na piscina. A forma dele de salvar à pequena foi mergulhando e a empurrando com seu corpo a pequena para a superfície, até que a mãe dela chegou ao local alertada pelos latidos do outro cão.

Cão salva dono o arrastando até o telefone

Outro caso que nos conscientiza sobre a atitude dos cães que salvam vidas é o de uma cadela de raça Pitbull, com o nome da Kiowa, que salvou a sua dona a arrastando até o telefone de sua casa, quando ela sofreu um derrame cerebral que a imobilizou no chão. Esta mulher declarou, tempos depois, que a fortaleza física do Pitbull não o faz agressivos, mas que tudo se dá em função do trato e da educação que determinado animal tenha recebido.

Detecção de ataques diabéticos

Tinker, o cão do Paul Jackson, algumas vezes parecia ter ataques de loucura sem uma aparente explicação. Algumas vezes ele começava a chorar, a lamber a cara de seu dono e inclusive a latir. Mas, com o tempo, Paul se deu conta de que o cão tinha essa atitude sempre quando ele ia sofrer um ataque de hipoglicemia, já que é diabético. Por estranho que possa parecer, o animal contava com uma espécie de intuição.

Este caso é complexo de explicar e de entender. De que forma, Tinker podia mesmo diferenciar o aroma do sangue normal do de um com alto ou baixo volume de açúcar. Entre as teorias, o olfato dos cães é quarenta vezes mais efetivo do que o dos humanos, e esta pode ser uma explicação.

Graças aos cães, e utilizando este olfato, os seres humanos puderam caçar no começo da história, já que eles podiam rastrear e perseguir presas ao longo de vários quilômetros de distância.

Do mesmo modo, são famosos os cães policiais, capazes de localizar restos de sangue, fluídos corporais, cadáveres e drogas. No exército também se treina cães para que detectem explosivos e armas.

Cão salva dono graças ao seu grande poderoso olfato para algumas doenças

cão salva dono

Embora o caso do Tinker seja muito conhecido, o diabetes não é a única aplicação médica do olfato dos cães. O câncer, por exemplo, também pode ser detectado desta forma, em casos de câncer de pele, pulmão, mama, ovários, intestino, etc. A expiração é que o ar que os humanos exalam contêm alguns compostos que os cães podem reconhecer.

A habilidade para encontrar outros seres vivos utilizando o olfato canino também foi utilizada com grande êxito. Eles também podem, quando treinados, seguir o rastro de componentes tecnológicos, identificar contrabando, encontrar cartões de memória, discos rígidos, etc.