O ciclo reprodutivo das cadelas: o que você precisa saber?

O ciclo reprodutivo das cadelas

Dentre todos os detalhes dos cães, o ciclo reprodutivo é um dos mais importantes, já que a partir dele a cadelinha pode ficar prenhaPor isso, é essencial que você o conheça e o entenda.

Caso você não saiba, esse ciclo é composto por 4 fases e nós iremos aprofundá-las a seguir. Elas são as seguintes:

Proestro

Sem dúvida alguma se trata da etapa que se caracteriza por mais exteriorização, se comparada com as outras. Essa fase se produz, na grande maioria dos casos, em um significativo engrandecimento da vulva, também chamada de edematização, na qual a cadela sofre uma espécie de sangramento que pode durar de 9 a 11 dias.

Durante essa fase é bastante comum que as cadelas urinem com muito mais frequência que o habitual, fato que irá atrair os machos, mas elas não permitirão que eles montem nelas.

Uma das maiores peculiaridades que podem ser observadas nessa etapa do ciclo reprodutivo é que se a cadela estiver passando por esse momento junto com outras cadelas, elas irão sincronizar os seus respectivos ciclos por causa dos feromônios. 

Estro

Ecografia em cadela

Essa fase pode durar de 4 a 21 dias, e se caracteriza por ser o período em que a cadela se encontra totalmente no cio, fato que se evidencia na receptividade com relação ao macho, já que esses são os seus dias férteis.

Segundo indicam diversos especialistas, essa etapa se inicia quando a cadela permite que seja montada e termina no momento em que ela recusa a monta. Ela se manifesta no momento em que a cadela recebe o macho, quando ela afasta o seu rabo na hora em que o cão pressiona contra ela o seu dorso.

É importante assinalar que quando se inicia o estro, a ovulação se produz no segundo dia, e a vulva incha ainda mais, pois é reduzida consideravelmente a secreção vaginal. 

Mesmo assim, é preciso destacar que as diversas mudanças que a cadela experimenta nessas etapas do seu ciclo reprodutivo costumam ser um pouco incômodas para os seus donos, já que além de tudo que foi previamente mencionado, ela pode sofrer os seguintes sintomas:

  • Aumento na sua atividade física;
  • Corrimento vaginal;
  • Diminuição de apetite.

Como você já deve ter percebido, essa é a fase que você terá que tomar mais conta da sua cadela. 

Diestro

Essa parte do ciclo reprodutivo se inicia quando a cadela recusa a monta e tem uma duração de 60 a 90 dias. Nela, o corpo da cadela se prepara e experimenta a gestação, enquanto isso, a vulva reduz consideravelmente a sua inflamação, e dessa forma, consegue recuperar o seu estado normal.

Nessa fase, a progesterona é separada do corpo lúteo da cadela, voltando posteriormente os seus níveis basais, que aumentam a produção de prolactinaque é o hormônio responsável de desenvolver as mamas.

É muito importante deixar claro que se a cadela estiver prenha, o corpo lúteo irá manter as suas funções normais durante toda a gestação, mas caso a cadela não esteja grávida, essa estrutura irá se destruindo pouco a pouco durante 70 dias. 

Anestro, a parte final do ciclo reprodutivo

Se trata da fase na qual a cadela não sente nem desperta nenhum tipo de interesse sexual no macho, isso é resultado da inatividade ovariana. 

Essa etapa do ciclo reprodutivo começa uma vez que as cadelas prenhas dão à luz, porém, no caso daquelas que não estão prenhas, fica muito difícil determinar com exatidão o começo do anestro, já que tem uma duração aproximada de 120 dias.

Mesmo assim, é importante destacar que nessa fase as cadelas apresentam uma série de mudanças hormonais, que se manifestam no aumento de estrogênios.

Outras informações interessantes

Filhotes mamando

Autor: barbievoltios

Além das 4 etapas correspondentes ao ciclo reprodutivo, existem outros dados interessantes que você deve saber. Estes são os mais importantes:

  • As cadelas alcançam a sua maturidade sexual entre os 6 aos 18 meses de idade;
  • Os cães pequenos são muito mais precoces do que os grandes;
  • As cadelas podem ficar prenhas em qualquer idade, já que a atividade ovariana e a produção hormonal se mantêm ativas, pois a cadela nunca entra na menopausa;
  • Os rastros do cio costumam ser muito mais intensos na primeira vez do que nas seguintes.

Tenha em consideração que, como dono, você deverá tratar com muito cuidado a sua cadelinha e levá-la ao veterinário em cada uma das etapas.