Cinco lições que as crianças podem aprender com os gatos

As crianças podem aprender com os gatos

As crianças podem aprender com os gatos diferentes lições que farão delas pessoas melhores para toda a vida.

Conviver com um gatinho de pouca idade contribui, entre outras coisas, para que as crianças desenvolvam o senso de responsabilidade e para que elas se tornem adultos mais compassivos, sociáveis e comunicativos.

Algumas lições que as crianças podem aprender com os gatos

As crianças que são criadas com um gatinho não só serão mais saudáveis e desenvolverão menos alergias, mas também terão um sistema imunológico mais forte. Além dos benefícios obtidos para a sua saúde, as crianças podem aprender com os gatos alguns valores fundamentais para a convivência, que poderá ser ensinado a medida em que eles crescem.

  1. Respeito por outras formas de vida

Gato e bebê

Desperte nas crianças o amor pelos animais desde o início.

Explique que seu gato é um ser que vivo e que deve ser tratado com amor e respeito. E, embora possa ser um grande companheiro, não é um brinquedo. Portanto, a criança não deve:

  • Puxar o rabo;
  • Persegui-lo;
  • Jogá-lo de maneira brusca.
  1. A responsabilidade

Ter um gatinho em sua casa permitirá que você ensine seu filho a assumir a responsabilidade com o seu animal de estimação. Diga a ele que existem tarefas diárias que não podem ser ignoradas e peça a colaboração dele para:

  • Colocar alimentos;
  • Trocar a água;
  • Limpar a caixa de areia;
  • Escovar os pelos.

Também ensine a criança sobre o quão importante é verificar a saúde do gatinho com visitas regulares ao veterinário, aplicando as vacinas necessárias e desparasitando-o.

Quando você considerar adequado, poderá levar o seu filho para acompanhar uma consulta com o profissional que cuida de seu gatinho, para familiarizá-lo com essa responsabilidade.

Mas o fundamental é transmitir ao seu filho que o compromisso com o animal é para sempre. Não é um objeto descartável que é usado e depois descartado.

  1. Consideração pelos espaços e pelos momentos dos outros

As crianças tendem a ser muito impacientes, portanto elas devem entender que o amigo felino delas nem sempre estará disponível para brincadeiras. Os gatinhos podem ficam estressados se tiverem a sua rotina diária quebrada. Assim, ensine a criança que:

  • Os gatos tendem a dormir grande parte do dia e que o sono deles não deve ser interrompido;
  • Às vezes os gatinhos não querem ser incomodados. Um animal que, por exemplo, abaixa suas orelhas e que abre muito os seus olhos, pode estar com medo ou nervoso e precisa apenas de tempo para se acalmar;
  • Também ensine ao seu pequeno que ele não deve importunar o bichano quando ele estiver comendo ou se limpando.
  1. Higiene

E, como os gatos são extremamente limpos, eles podem ser transformados no exemplo perfeito para ensinar ao seu filho, sem muita resistência, hábitos de higiene pessoal, tal como o banho diário, por exemplo.

Então, como o seu gato se limpa diariamente, encoraje o seu filho para que também adquira este hábito com responsabilidade e alegria.

  1. Cuidados com o meio ambiente

Estes adoráveis animais de estimação também podem ajudar você a explicar ao seu filho sobre a necessidade de cuidar do meio ambiente.

A adoção de um gatinho, além de contribuir para que seu filho seja uma pessoa responsável desde a infância, também é uma boa oportunidade para que ele aprenda a ser um indivíduo que colabora com o cuidado do planeta. Ou seja:

  • Usando areia biodegradável para o animal urinar e defecar;
  • Eliminando os resíduos de forma correta. Por exemplo, substituindo os sacos de plástico, que tanto demoram para se degradar;

Além disso, se a idade do seu filho permitir a ele compreender, explique sobre a importância da esterilização do animal de estimação. Evitar a superpopulação de cães e gatos ajuda a:

  • Reduzir o abandono de animais de estimação;
  • Contribuir para a saúde geral da população. Não havendo tantos animais abandonados, haverá menos fezes em locais público e isso, por si só, diminuirá as chances de se contrair doenças parasitárias e bactérias.

Crianças e gatos felizes

Criança beijando gato

Não há dúvidas de que a relação de seu filho com um único gato trará inúmeros benefícios, isso se você souber aproveitar esta oportunidade corretamente para ensiná-lo.

Isto é feito explicando e lembrando sempre a criança de questões essenciais, da responsabilidade e do respeito para com todos os seres vivos.

Desta forma, o pequeno vai crescer feliz com seu amigo peludo, que certamente irá se tornar um grande aliado em suas brincadeiras.

Brincar com seu animal de estimação, além de ser muito divertido, irá estimular a criatividade de seu filho e contribuir para torná-lo um adulto sensível e comprometido com outras pessoas e animais.