Coisas estranhas que os gatos fazem e uma possível interpretação

Não nos resta dúvida de que os gatos são animais que têm um comportamento bastante peculiar. Muitas coisas que estes felinos fazem podem ser incompreensíveis para nós.

Qual a explicação para um gato que se lambre o dia todo e, quando você quer banhá-lo, ele foge apavorado? Por que ele se esconde dentro de caixas? Por que “amassa pãozinho”? O que quer dizer esse movimento de patas tão frequente que ele faz sobre o nosso colo e por que ele o faz?

Neste artigo iremos falar sobre essas coisas estranhas que os gatos fazem e que, por mais que procuremos um por quê, não encontramos uma explicação. Preste atenção!

Por que se escondem dentro de caixas?

Ele se aproximou de uma velha caixa que tinha em sua casa e ali o encontrou; dormindo profundamente.

Pois é, os gatos adoram se esconder dentro de caixas. Este comportamento é inexplicável, mas talvez tenha sua origem no fato de os felinos amarem desfrutar da própria intimidade e isso implica em estarem sozinhos, isolados e em um lugar que ninguém os incomode.

Por isso, talvez, as caixas sejam um complemento ideal.

Além disso, as caixas são uma guarita perfeita: eles permanecem protegidos por três lados e ainda podem ver o que está se passando ao redor deles através da abertura.

Lembre-se também que os felinos são caçadores. Assim, quando estão escondidos em uma caixa e veem algo interessante passar, podem saltar e apanhar essa coisa de surpresa. Ainda que seja a sua perna e não um potencial jantar.

Por que os gatos ronronam?

O ronronar dos gatos

Outro comportamento que os gatos costumam ter é o de ronronar durante alguns minutos. Existem muitas teorias sobre o por quê o fazem.

Uma delas é que o ronronar se associa, geralmente, com experiências positivas, como a de ser alimentado ou acariciado, assim poderíamos concluir que o ronronar é o sinal de um gato feliz.

Os gatinhos aprendem a ronronar poucos dias após o nascimento. Pesquisadores afirmam que é uma maneira de dizerem a mamãe gata: “Estou bem”.

Mas os gatos também ronronam quando estão assustados ou feridos, portanto nem sempre é uma maneira de comunicarem alegria.

O ronronar acontece quando o cérebro do gato envia mensagens aos músculos da laringe, os músculos que se localizam ao redor de suas cordas vocais, isto lhes permite contrações de 25 a 150 vezes por segundo.

Algumas pesquisas científicas sugerem que as frequências de som nesta faixa podem ser terapêuticas para o fortalecimento dos ossos e proporcionar alívio da dor.

Por que os gatos “amassam pãozinho”?

Amassar pãozinho

Segundo os cientistas, os comportamentos dos gatos para com os seres humanos são impulsionados ​​principalmente pelo instinto, incluindo o famoso amassar: movimento que os gatinhos fazem no estômago de sua mãe para estimular o fluxo de leite.

Com frequência, pensa-se que os bichanos adultos associam o movimento com a comodidade da mãe e, é claro, com a comida, portanto, o repetem na idade adulta.

Mas isso não é tudo. Os felinos também são conhecidos por amassarem almofadas e outras superfícies.

Nesse sentido, outra explicação é que esse comportamento se deve ao fato de que, em algum momento, os gatos selvagens realizavam este tipo de movimento na folhagem para fazerem suas camas.

Finalmente, uma outra teoria sugere que os gatos, por possuírem glândulas de cheiro em suas patas, talvez quando estão amassando algo, estariam, na realidade, marcando território.

Qual a relação com a erva do gato?

O catnip (Nepeta cataria) é uma espécie de droga para os gatos. Após cheirar a planta, que se relaciona com a menta, costumam ficar eufóricos. No entanto, a erva não tem o mesmo efeito em todos os gatos.

Entre 20% e 30% dos gatos parecem não serem afetados pela dita erva do gato.

Quando os felinos se veem afetados pelo catnip, os cientistas asseguram que o composto que há nela, o chamado nepetalactona, é o culpado, já que este imita um feromônio que os torna eufóricos.

Por que odeiam a água se passam horas se limpando?

Uma das razões é que o pelo do felino demora muito tempo para secar e isso faz com que ele se sinta muito incomodado, ou talvez sua forte aversão natural a se molhar se deva ao cheiro que desprendem após um banho, que é um claro indicativo para a presa.