Coisas que partem o coração do seu cão

Quando temos um animal de estimação em casa, tem determinadas coisas que que não fazem bem a eles, mesmo que a nossa intenção seja a melhor possível. Em muitas ocasiões, estamos brincando com os sentimentos dos nossos amigos, embora sem nos darmos conta. E acabamos decepcionando e partindo o coração do nosso bichinho.

Algumas coisas e ações diárias devem ser suavizadas ou evitadas para não ferir o coração do nosso amigo.

A recompensa quando chamarmos o animal

Muitas vezes chamamos o nosso amigo e ele vai ao nosso encontro no mesmo instante. É importante oferecer para ele uma recompensa quando agir dessa forma. O presente pode ser uma carícia. Essa é a chave, recompensar para não partir o coração do animal. Se o chamarmos e em seguida dermos a recompensa, por exemplo, um banho, sabendo que essa atividade não é muito agradável para ele, o animal irá associar o ato de você chamá-lo com algo que não é do seu agrado. Nunca devemos castigá-lo quando o chamarmos a nosso encontro, em nenhuma circunstância. 

Biscoitos de frango para cães

Gritar

Quando o cão for ainda um filhote é normal que ele se emocione quando chegar uma visita em casa, por isso, é muito comum que ele fique em cima dos nossos convidados. Embora esse comportamento não deva ser tolerado, não é recomendável gritar. O melhor a ser feito é ignorá-lo e pedir para os convidados para seguir o seu exemplo e só dar atenção ao animal quando ele estiver quieto.

Esfregar o seu nariz ou o seu focinho

Alguns donos tem o péssimo costume de esfregar o focinho do seu animal de estimação, do seu cão, quando faz alguma coisa errada. Por exemplo, se faz as suas necessidades no lugar errado. No entanto, com esse tipo de atitudes o cão não irá aprender nunca e ficará tristeExistem muitas outras formas de ensinar-lhes e adestrá-los sobre onde devem fazer as suas necessidades. 

A coleira e os puxões

Você não deve deixar que o cão puxe muito a coleira. Mas você também não deve puxar muito. Se ele puxar, é aconselhável parar e ficar de pé a seu lado. Você deve esperar um pouco até ele olhar para você, e depois seguir caminho. Certamente, fazer esse exercício várias vezes fará ele entender que toda vez que tiver esse comportamento o passeio acabará. 

A reclusão

Quando o nosso amigo cometer um erro, você não deve encarcerá-lo em uma gaiola ou em um local apertado. Isso não leva a lugar algum e não irá fazer com que ele aprenda. O ideal é ensinar e adestrar mediante reforços positivos.

O mais importante é que o animal vá assimilando o que foi ensinado. Com certeza ele não entenderá que a reclusão diz respeito à sua má conduta, e não irá servir para nada.

O passeio diário

Uma das coisas que o nosso animal de estimação mais gosta é o seu passeio diário. Muitos cães ficam o dia inteiro esperando para chegar a hora de sair. Eles precisam liberar energia, por isso, umas das principais atividades que devemos fazer com eles é levá-los para caminhar ou correr. 

Privá-lo do seu passeio, além de ser absurdo, não cumpre nenhum objetivo. Pelo contrário, umas das principais razões pelas quais o nosso amigo tem problemas de comportamento é porque não libera energia. Por isso, é preciso fazer um passeio com ele para ajudar a liberar a sua adrenalina.

Castigo por mastigar

cão morde

Os cães sempre têm o desejo incontrolável de morder, principalmente quando são filhotes. Por isso, nunca devemos castigá-los quando agem assim. Devemos saber que morder é uma necessidade deles. 

A melhor medida a ser tomada é adquirir brinquedos especiais para morder e colocar em locais de difícil acesso os objetos que ele não deve morder. Dessa forma, eles irão centrar a sua atenção nos brinquedos que ele tem ao seu alcance. 

Não cumprir as promessas partem o seu coração

Se queremos que o animal confie plenamente em nós, não podemos quebrar promessas ou não fazer o que falamos. Se falarmos com ele “vamos”, e ele associar a palavra com o seu passeio, não podemos depois suprimir esse passeio. Além da frustração, o nosso cão irá deixar aos poucos de confiar em nós.

Assim como acontece com uma guloseima, também não devemos mostrar uma comida se vamos deixar ele esperando por meia hora. Esse tipo de ação irá tornar no nosso cão cada vez mais desconfiado, reservado e menos sociável.

Devemos estar atentos para cumprirmos o que “prometemos” a ele.